Adolfo Das Neves Adolfo Das Neves Author
Title: Jogador do Central afirma que os jogadores da equipe caruaruense enfrentaram o Náutico com fome na noite da última quarta 05/04/2017
Author: Adolfo Das Neves
Rating 5 of 5 Des:
A crise do Central parece não ter fim. Dívidas trabalhistas, más condições do gramado e da estrutura do estádio Lacerdão, salários atra...

A crise do Central parece não ter fim. Dívidas trabalhistas, más condições do gramado e da estrutura do estádio Lacerdão, salários atrasados e péssima campanha no Estadual. Mas, para piorar ainda mais a situação, o zagueiro Sanny Rodrigues afirmou nesta quarta-feira à noite, após a oitava derrota no hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano, que o time jogou com fome contra o Náutico, na Arena de Pernambuco.

- Tem muitas coisa erradas aí, é difícil falar. Nós almoçamos era meio-dia e depois não teve mais nada. Nem lanche, nem nada. É complicado demais. Conseguimos até onde deu, depois as pernas pesaram. Isso fez a diferença, mas vamos batalhar. Só almoçamos para o jogo.De acordo com Sanny, um dos jogadores passou mal e teve dor de cabeça porque estava sem comer desde as 12h.

Adversário do Central na noite desta quarta-feira, o técnico Milton Cruz, do Náutico, também se pronunciou sobre os problemas relatados pelos jogadores da Patativa. E agravou ainda mais o problema para a equipe de Caruaru. 

- Isso que aconteceu hoje é uma coisa que nos deixa tristes. Até no intervalo ali eles (os jogadores do Central) pediram água para nós... É muito triste. Mesmo assim, quero parabenizá-los por terem jogado com honra, levaram cinco gols e não apelaram, não deram pontapés e se portaram muito bem dentro de campo. Merecem os parabéns por tudo o que suportaram hoje, que não foi fácil.

Fonte: Globoesporte.com

Anuncie Aqui

Postar um comentário

Ao enviar um comentário, aguarde até que nossa equipe o analise e o publique. Isso é necessário para evitarmos que comentários impróprios sejam mostrados. Comentários com agressões, palavrões ou qualquer tipo de ofensas não são aceitos.

 
Topo