Atualizações por E-mail

Pesquisar neste blog

8 de maio de 2018

Ministério Público de Pernambuco dá prazo de 20 dias para recuperação emergencial da PE-160

Situação da rodovia em Santa Cruz é crítica. Foto: Almir Neves/Blog Merece destaque.
Na manhã da segunda-feira (07) o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), atendendo ao ofício 070/2018 da 2ª Promotoria de Justiça Cível de Santa Cruz do Capibaribe, recomendou ao Governo do Estado de Pernambuco, que seja feita a recuperação da rodovia PE-160, no perímetro urbano de Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com a decisão, deverá ser realizada manutenção emergencial em um prazo de 20 dias, devendo serem tapados todos os buracos de forma ininterrupta até a sua conclusão e ser feita a sinalização da rodovia; como também deverá ser realizado em 60 dias a reforma completa com os serviços essenciais; e por último, um outro prazo de 12 meses, após as obras emergenciais concluídas, para a reconstrução total da pista, incluindo acostamento e renovação da sinalização horizontal e vertical.

A recomendação foi endereçada ao governador Paulo Câmara (PSB), o secretário de Transportes de Pernambuco, Antônio Ferreira Cavalcanti Junior, e o Diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Carlos Augusto Barros Estima.

O promotor da Justiça Cível, Carlos Eugênio do Rego Barros Quintas Lopes, faz as seguintes considerações:
“O precário estado da Rodovia PE-160, especialmente no trecho que corta a cidade de Santa Cruz do Capibaribe/PE, repleto de buracos que se assemelham a verdadeiras crateras, os quais causam prejuízos incomensuráveis ao patrimônio de todos aqueles que nela transitam cotidianamente”.

AddToAny

Traduzir / Translate