5 de julho de 2018

Portaria do Ministério da Saúde descredencia 5 equipes de Saúde da Família em Santa Cruz do Capibaribe


A Portaria nº 1.717, de 12 de junho de 2018 descredencia Equipes de Saúde da Família (ESF) por não cumprimento de prazo estabelecido na Política Nacional de Atenção Básica. Em Santa Cruz do Capibaribe, aparecem cinco ESF na lista de descredenciados. "Ficam descredenciadas as Equipes de Saúde da Família (ESF) dos Municípios descritos nos anexos, em razão dos descumprimento do prazo estabelecido na Portaria de Consolidação nº 2/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, para cadastramento no Sistema Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (SCNES)", diz um trecho do documento.

De acordo com informações recebidas da Secretaria de Saúde, isso não significa que unidades de saúde serão fechadas, mas que o descredenciamento seria para novas unidades de saúde e que as já existentes continuarão funcionando.

A equipe do Blog Merece Destaque fez uma pesquisa e encontrou dados que ajudam a entender o descredenciamento. Constatamos que até janeiro de 2018 Santa Cruz tinha 23 equipes de saúde da família credenciadas pelo ministério da saúde, sendo que apenas 18 estavam cadastradas no sistema e implantadas no município. A partir de fevereiro de 2018 cinco destas equipes foram descredenciadas, restando 18 equipes credenciadas, que são as 18 que estão cadastradas no sistema e implantadas no município, confira os dados abaixo:


Estes dados nos leva à conclusão de que não serão fechadas unidades de saúde no município, mas que o descredenciamento impossibilita o município de implantar novas equipes de saúde da família. O blog entrou em contato com o secretário de saúde Dr. Nanau, mas o mesmo estava em reunião com a equipe da 4ª Gerência Regional de Saúde e não pode se pronunciar sobre o caso. Tentaremos contato posteriormente com o secretário e traremos mais informações.

Por Almir Neves / Blog Merece Destaque

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Traduzir / Translate