Motociclista fica gravemente ferido em acidente na PE-160, entre Poço Fundo e Jataúba


Na tarde deste sábado, 30 de maio, um motociclista ficou gravemente ferido após perder o controle da motocicleta na qual trafegava pela PE-160, no trecho que fica entre a Vila de Poço Fundo, no município de Santa Cruz do Capibaribe e a cidade de Jataúba, no agreste de Pernambuco.

Equipes da Guarda Municipal de Jataúba e do Samu foram acionadas e estiveram no local. A guarda municipal controlou o tráfego de veículos no local do acidente, já que a rodovia teve que ficar interditada por vários minutos enquanto a equipe do Samu realizava os primeiros atendimentos e imobilização da vítima, um homem identificado no local apenas como Zé.

A vítima apresentava vários ferimentos, principalmente na cabeça, nos braços e nas pernas e foi levada na ambulância do Samu para uma unidade hospitalar na região.

Ouça o programa Moda Center no Ar desta sexta-feira (29/05)


PARTICIPANTES: José Gomes Filho (síndico) e George Pinto (gerente geral).
APRESENTAÇÃO: Silvio José.


01 – O Moda Center anunciou, na última quarta-feira (27), um guia com recomendações e planejamento para sua reabertura. O documento trata-se de uma proposta que ainda está em elaboração, que será finalizada em conjunto com a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, ASCAP e CDL Santa Cruz para que seja levada ao Governo de Pernambuco. 

02 – O projeto de readequação do sistema elétrico no Moda Center, que visa acabar com as quedas de energia em dias de feira, continua em andamento. Esta semana, chegaram seis novos transformadores que farão a substituição de equipamentos antigos que já não atendiam a demanda exigida pelo centro atacadista. 

03 – O abatimento de 52% nos boletos para pagamento da taxa condominial vencidos em 25 de maio continua em vigor. O condômino que ainda não realizou seu pagamento, pode procurar um dos vários canais de atendimento do Moda Center e solicitar seu boleto.

04 – Os comerciantes que estão entregando, semanalmente, suas mercadorias às transportadoras nos estacionamentos do Moda Center Santa Cruz e Calçadão Miguel Arraes podem emitir em casa a sua Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e). O documento traz segurança jurídica para compradores e clientes do Polo de Confecções, já que eles podem sair com as mercadorias de nosso estado e transitar livremente com os produtos até os seus locais de destino, evitando assim apreensões e multas. 

Para facilitar a emissão do documento, já que os serviços presenciais de emissão estão suspensos devido à pandemia, a Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) elaborou um manual com o passo a passo para essa emissão em casa. Além do site da Sefaz (www.sefaz.pe.gov.br), basta clicar no link https://bit.ly/2BgTbXh e fazer o download.

Se preferir, ouça no Spotify: https://spoti.fi/2TTWHx0

Sobe para 71 o número de casos de Covid-19 em Santa Cruz do Capibaribe

Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe realiza testes rápidos nos profissionais de segurança e saúde pública


A Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe através da Secretaria de Saúde, realizou esta semana testes rápidos, higienização e desinfecção do ambiente de trabalho dos profissionais de segurança pública e servidores da saúde municipal.

Foram contemplados nesta primeira etapa os Guardas Civis Municipais, Agentes de Trânsito, policiais do 24° Batalhão e da 17ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, além de servidores que atuam no Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas).

A ação faz parte de uma série de medidas de enfrentamento à Covid-19, doença causada pelo Novo Coronavírus, e tem como objetivo atender normas sanitárias, e preservar as integridades dos servidores e usuário.

Ficou definido também que a Secretaria de Saúde fará procedimentos de desinfecção dos prédios que comportam os profissionais de segurança pública toda terça-feira, bem como acompanhamento, caso haja emergência sanitária envolvendo contato de algum caso suspeito com as instalações.

Mais de 200 testes rápidos para detectar a presença do vírus foram feitos nos profissionais de saúde e de segurança.

Duas enfermeiras da Secretaria de Saúde foram disponibilizadas para a coleta e análise dos resultados dos testes rápidos. Outros profissionais de segurança pública e da saúde, em especial os que atuam no Hospital de Campanha, que não foram testados nesta primeira etapa, irão receber o atendimento nos próximos dias.

Vale ressaltar que os profissionais de saúde e segurança pública estão entre os critérios que a Secretaria de Saúde considera essencial em sua testagem imediata, além dos pacientes com sintomas relacionados à doença.

Brejo da Madre de Deus chega a 113 casos confirmados de Covid-19

Governo de Pernambuco anuncia plano de reabertura das atividades econômicas

Protocolo prevê uma retomada gradativa e planejada da economia, que deve levar 11 semanas para ser totalmente implantada.


Nos últimos dois meses, o Governo de Pernambuco vem realizando uma série de reuniões com representantes de vários setores produtivos para estabelecer os parâmetros de um plano de convivência das atividades econômicas com a pandemia da Covid-19. O estudo foi conduzido pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, Planejamento e Gestão, da Fazenda, do Trabalho e Qualificação e de Desenvolvimento Urbano. O estudo prevê uma retomada gradativa, respeitando as orientações sanitárias e com um período de 11 semanas para ser totalmente posto em prática.

A data de início da estratégia dependerá de um conjunto de indicadores definidos pelas autoridades sanitárias e científicas que fazem parte do Gabinete de Enfrentamento ao Novo Coronavírus, do governo estadual. O plano também inclui a análise da quantidade de trabalhadores por setor e de que maneira o retorno de cada atividade influenciará em pontos complementares, como o transporte público. A ideia é que os setores adotem horários diferentes de expediente para não saturar o sistema nos horários de pico.

“Sem vacina ou medicamento comprovadamente eficaz contra o novo coronavírus, todos teremos que conviver com a doença. Nosso plano pesa quais atividades têm menos impacto nas curvas de contaminação e a relevância econômica de cada setor para definir o cronograma de liberação”, detalhou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

A epidemia da Covid-19 atingiu de maneira direta a economia mundial, e no Brasil não foi diferente. A estimativa da Secretaria da Fazenda é de que a paralisação das atividades econômicas, por conta das medidas de isolamento social, tenha um reflexo negativo na arrecadação da ordem de 20%, no comparativo com 2019. “A ajuda aos Estados, sancionada nesta quinta-feira pelo Governo Federal, é insuficiente para repor as perdas impostas pela epidemia do novo coronavírus”, destacou o secretário da Fazenda, Décio Padilha.

Fotos: Heudes Regis/SEI

Taquaritinga do Norte tem 6 casos confirmados de Covid-19 e 3 óbitos causados pela doença

Natureza em destaque: Tuim (Forpus xanthopterygius)


O tuim (Forpus xanthopterygius) é a menor ave da família dos papagaios e periquitos no Brasil. Com o corpo todo verde, um pouco mais escuro nas costas mede 12 centímetros de comprimento e pesa em media 26 gramas. O bico é pequeno e cinza claro.

No vídeo a seguir, uma família deste pequeno psitacídeo é mostrada no ninho nas imagens de Almir Neves.


Nidifica em ocos de árvores, ninhos artificiais e cupins. Costuma usar ninhos vazios de joão-de-barro e de pica-paus pequenos. As posturas podem ir de 3 a 8 ovos e são incubados pela fêmea, apesar de o macho também ficar longos períodos dentro do ninho. No habitat natural o período de incubação ronda os 17 dias. As crias têm um desenvolvimento muito rápido e são alimentados pelo macho e pela fêmea em intervalos relativamente regulares. Com 20 dias estão cobertos de penas e deixam o ninho pela quarta ou quinta semana de vida já com a plumagem do sexo correspondente.


Procuram seu alimento tanto nas copas das árvores mais altas, como em certos arbustos frutíferos. Subindo na ramaria utilizam o bico como um terceiro pé; usam as patas para segurar a comida, levando ao bico. Gostam mais das sementes do que da polpa da frutas. São atraídos por árvores frutíferas como mangueiras, jabuticabeira, goiabeiras, laranjeiras e mamoeiros.

Em nota, Paróquias de Santa Cruz do Capibaribe repudiam acusações feitas pelo vereador Joab Gomes

Nota: A Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel conjuntamente com as outras Paróquias da cidade repudiam as acusações do Sr. Joab Gomes com a carta de esclarecimento.




Veículo carregado com tecido é roubado próximo a Barra de São Miguel, na Paraíba


Um veículo Fiorino de placas MNP-0463, carregado com tecidos foi roubado por volta do meio dia desta quinta-feira, 28 de maio, em um lugar conhecido como a cerâmica, onde são fabricados tijolos, próximo à cidade de Barra de São Miguel, na Paraíba.

De acordo com informações o proprietário do veículo seguia em direção a um sítio nas imediações, quando foi surpreendido por dois elementos em motocicleta XRE 300cc que anunciaram o assalto e levaram o carro e os documentos da vítima e fugiram em direção à cidade de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco.

Quem tiver alguma informação que possa ajudar a recuperar o veículo e demais pertences roubados, pode entrar em contato pelo número (81) 99364-9399.

Concursos Nordeste 2020: confira quais são as oportunidades mais bem remuneradas

Há certames abertos em diversos estados e os vencimentos chegam a R$ 30 mil.


Os concurseiros do Nordeste podem se animar, pois a região acumula concursos para 2020 com remunerações altíssimas! Muitos deles para o segundo semestre e outros com as inscrições pausadas por conta do novo coronavírus. Então, ainda há tempo para se planejar e concorrer às oportunidades.

Confira quais oferecem as melhores remunerações.

Bahia

Tribunal de Contas da Bahia
Existem 138 cargos prontos para serem preenchidos de acordo com o portal da transparência do órgão, e o edital publicado em 2014 perdeu a validade. Atualmente, a remuneração inicial para o cargo de Auditor é de R$ 9.546,36, além de benefícios.

Tribunal Regional do Trabalho da Bahia
Para Analista, o salário inicial é de R$ 12.455,30; já o vencimento inicial do Técnico Judiciário chega a R$ 7.591,37. O concurso para ambos os cargos é aguardado para este ano.

Ceará

Secretaria de Fazenda (Sefaz CE)
Foram abertas vagas para todos os cargos do órgão e para Auditor Fiscal e Analista da Secretaria de Fazenda do Ceará. A previsão é de salários de até R$ 23 mil.

Rio Grande do Norte

Polícia Civil
A banca para o novo concurso da Polícia Civil está em processo de escolha, e a expectativa é de que os novos policiais sejam recrutados em 2021. Serão 403 vagas abertas para os cargos de Delegado, Escrivão e Agente. A remuneração para cada um dos cargos deve variar entre R$ 3.755,48 e R$ 15.288,90.

Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte – TCE RN
O TCE do Rio Grande do Norte recebe o valor de R$ 20 mil este ano para a realização de um novo concurso público no órgão, já que o último foi em 2015. O salário de um Auditor chega a R$ 28.947,55 mensais.

Alagoas

Polícia Civil
A previsão é de que o certame ocorra apenas depois que a pandemia por coronavírus já esteja sob controle. O último processo seletivo, de 2012, ofereceu 400 vagas. Dessas, 240 para agentes, 120 para escrivão e 40 para delegados. Os vencimentos podem chegar a até R$ 12 mil.

Pernambuco

TJ PE Juiz Substituto
A Presidência do Tribunal determinou a abertura de concurso PE para Juiz Substituto e apresentou a comissão examinadora do concurso para Juiz Substituto do Tribunal de Justiça. Atualmente, são 29 cargos de juiz substituto e 180 de juiz de direito no TJ PE. A remuneração inicial deve ser de R$ 30.404,42.

OAB-PE e ESA-PE realizam o 1º Energy Talks


A Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB-PE) e a Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE) realizam o 1º Energy Talks nesta sexta-feira (29), às 16h, no formato Webinar, seminário on-line em vídeo. O evento contará com a participação de diversos profissionais e autoridades no setor elétrico, além do presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, e o diretor geral da ESA-PE, Mário Guimarães. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no site da ESA-PE (www.esape.com.br) até o início do evento.

O presidente da Comissão de Direito de Energia da OAB-PE, Fábio Milhomens, foi o organizador do evento e reuniu grandes especialistas para participar do debate: o presidente do Fórum PE Energia, Rodrigo Mello, o secretário nacional de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME), Rodrigo Limp, a presidente da Comissão de Direito de Energia da OAB/SP, Maria João C. P. Rolim, e o secretário nacional de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME, Reive Barros. 

“É muito importante dialogar com esses especialistas sobre energia e enriquecer o nosso conhecimento acerca do assunto. Convido todos a participarem e conferir esse evento planejado com muito carinho para todas as advogadas e advogados pernambucanos, além de outros profissionais interessados”, destaca o diretor geral da ESA-PE, Mário Guimarães.

Serviço
1º Energy Talks

Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA/OAB-PE) - Rua do Imperador Dom Pedro II, nº 346, 3º andar, Santo Antônio, Recife / PE.

Luz no fim do túnel

Paiva Netto.

Seremos sempre responsáveis pelas seguras sendas ou pelos duvidosos atalhos que escolhermos percorrer. Contudo, não andemos em busca de artimanhas, pois, no fim das contas, nos farão andar em círculos de sofrimento. Por mais espinhosa que seja a trajetória terrestre, certamente haverá luz ao término do túnel que nós nos fizemos obrigados a atravessar. Façamo-lo honrosamente e miremos o inabalável horizonte diante de nós: Jesus, a Divina Luz que não cria sombras!


José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor. 
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

 

_____________________________

ServiçoE-book A Esperança não morre nunca (Paiva Netto). Você pode baixar gratuitamente o livro digital e/ou audiolivro acessando www.paivanetto.com/esperanca

Especialista alerta para risco de lesões e fraturas em casa durante a pandemia

Com a intensificação das atividades domésticas durante o recolhimento social, é preciso estar atento às medidas de segurança, alerta ortopedista.


O trabalho doméstico, assim como qualquer outra atividade, exige cuidados específicos para que a segurança não esteja em risco. O alerta, claro, não é novidade, mas se tornou necessário em função da alteração na rotina da maioria das pessoas nos últimos meses. Passando mais tempo dentro de casa, há quem esteja aproveitando o momento para organizações mais intensas e, até mesmo, pequenos reparos. Porém, por mais inofensivas que possam parecer algumas atividades, é preciso adotar medidas específicas para evitar possíveis fraturas e lesões.

“No caso da troca de lâmpadas, por exemplo, deve-se evitar subir em cadeiras ou outros objetos improvisados, já que não são estáveis. E, mesmo se tiver uma escada, não é aconselhável, principalmente, se for idoso, subir em telhados para manutenção ou limpeza de calhas, por exemplo. É importante destacar que existem empresas especializadas e que fazem isso com equipamentos de segurança. Mas, além dessas situações, há outros cuidados que devem ser observados no caso da limpeza doméstica. Ao passar um pano molhado no chão, por exemplo, é preciso manter a postura ereta porque, ao longo de algumas horas ou até dias, a postura errada pode causar o que chamamos de tendinopatias. Esse desconforto muscular pode surgir nas mãos e nos ombros", destaca o ortopedista Paulo Augusto Fontes, coordenador da equipe de ortopedia e traumatologia da RN Saúde, que faz parte do Sistema Hapvida.

O médico destaca ainda que simples atividades, como o levantar de baldes e outros objetos mais pesados, se realizadas de forma incorreta, também podem trazer consequências negativas para a saúde, como as dores musculares. E mesmo adotando todos os cuidados específicos, é possível que aconteça algum imprevisto. Pensando nisso, o especialista também destaca medidas que devem ser tomadas em caso de mal-estar. “No caso de lombalgias mecânicas, causadas por estas atividades que, às vezes, podem estar fora da rotina, as dores geralmente desaparecem em 24h. Se persistir um pouco mais, pode-se colocar uma bolsa de água morna no local a cada duas horas. O repouso também ajuda e, nesse caso, optar por uma cama nem muito dura, nem muito macia. O tronco deve ficar um pouco inclinado, em cerca de 45 graus, colocando ainda dois travesseiros embaixo dos joelhos. Essa posição irá aliviar consideravelmente os sintomas. Já em caso de dores mais intensas, é necessário buscar um atendimento médico e nunca fazer a automedicação", alerta Fontes. 

Crianças. Para além das atividades relacionadas ao trabalho, é preciso também adotar alguns cuidados com o lazer infantil, já que neste período de isolamento as crianças buscam, em casa, diversas formas de diversão. O especialista informa que as quedas por altura são as maiores causadoras de fratura na clavícula e antebraço. Nesse sentido, evitar cadeiras e bancos durante as brincadeiras é o ideal.

“Em resumo, é preciso ter cuidado com toda e qualquer atividade realizada em casa. Ter o cuidado também em atividades mais complexas, de utilizar equipamentos de segurança específicos. Já em caso de acidentes, é necessário procurar uma unidade de saúde mais próxima imediatamente”, finaliza o especialista.

Internet Banda Larga com qualidade em Santa Cruz do Capibaribe é na BestNet


Internet em Banda Larga com qualidade em Santa Cruz do Capibaribe e com diversos planos para você escolher de acordo com sua necessidade é na BestNet.

A REDE BESTNET TELECOM é um provedor de presença e infra-estrutura de Internet e foi fundada com o intuito de oferecer serviços de alta qualidade com eficiência. Pioneira em soluções de Internet Licenciada pela Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel), REDE BESTNET TELECOM possibilita aos seus clientes atingirem com sucesso seus objetivos de negócios em tempo ágil, baseados em qualidade, confiança e sólida aliança.

Para mais informações, ligue 3731-6403 / (81)99486-2404 / (81) 99610-5442.

Mais de dois mil comerciantes informais já receberam apoio assistencial do Estado na Operação Quarentena

Além da orientação para permaneceram em casa, ambulantes recebem cestas básicas.

Foto: Victor Patrício/SDSCJ.

Atuando em diversas frentes de assistência às pessoas em situação de vulnerabilidade social durante o período da pandemia do novo coronavírus, o Governo de Pernambuco, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), concede auxílio a mais um grupo durante a Operação Quarentena. Dessa vez, os beneficiados foram os comerciantes informais, que passaram a ser atendidos durante o período de paralisação das suas atividades.

Em parceria com as equipes de assistência dos municípios envolvidos na operação, a SDSCJ está promovendo, desde o primeiro dia da quarentena mais rígida, ações de conscientização com os ambulantes que não têm ponto fixo, orientando-os sobre a importância de ficarem em casa. Em paralelo, eles são cadastrados pelas equipes de assistência e recebem uma cesta básica. Até o momento, 2.120 famílias receberam os kits de alimentação, contendo feijão carioca, arroz, macarrão, biscoitos, bolachas, proteína de soja, flocos de milho, leite em pó, sardinha em lata e goiabada.

“A distribuição dos kits tem como objetivo amenizar os impactos vividos por essas famílias, que precisaram suspender suas atividades por não pertencerem às categorias de serviços essenciais. Temos realizado parcerias com as prefeituras dos cinco municípios para promover ações sociais de conscientização da importância de manter o isolamento social, levando assistência àqueles que têm sua fonte de renda afetada com a paralisação das suas funções”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes.

A expectativa da SDSCJ para esta semana é somar a concessão de quatro mil cestas em São Lourenço da Mata, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe. Cada cidade recebeu mil cestas básicas. Além das ações sociais, a Operação Quarentena conta ainda com atuações sanitárias e de fiscalização. A SDSCJ atua em conjunto com as secretarias estaduais de Saúde, Defesa Social, Prevenção, Desenvolvimento Urbano, Planejamento e Infraestrutura.

PRÓXIMAS ENTREGAS – Na manhã desta quarta-feira (27), a ação de distribuição aconteceu em Olinda, nos bairros de Rio Doce e Passarinho, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de cada localidade; e também no município de Jaboatão dos Guararapes, no Mercado das Mangueiras, em Prazeres. Haverá também nova entrega em Camaragibe.

Em paralelo às ações com comerciantes informais, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude realizou a entrega de 1.600 kits do programa Compra Local às famílias em situação de vulnerabilidade social nos municípios de Camaragibe, Olinda, São Lourenço e Recife, além de outros 400 que serão entregues em Jaboatão dos Guararapes no próximo dia 28, totalizando dois mil kits. A concessão é feita a pessoas identificadas pelas gestões municipais a partir de critérios elaborados pelo Governo do Estado.

Os alimentos que compõem o kit foram comprados pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), empresa pública ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, diretamente de 23 cooperativas e associações que têm como ponto focal plantações de agricultores familiares de 20 municípios espalhados por todas as regiões de Pernambuco, por meio de chamamento público que selecionou os fornecedores. O Compra Local foi lançado em 14 de abril e está investindo R$ 1 milhão na compra das mercadorias. A Agência tem como meta distribuir, no total, 20 mil kits.

Moda Center Santa Cruz anuncia recomendações e planejamento para reabertura

Guia produzido pelo centro comercial atacadista não define data, mas anuncia mudança nos dias de feira e infraestrutura necessária para retomada das atividades.


A pandemia do novo coronavírus promoveu um grande impacto na indústria confeccionista pernambucana e em vários setores da economia local, nacional e mundial sem precedentes na história recente. A suspensão temporária das atividades no Moda Center Santa Cruz está prevista no Decreto Estadual nº 48.830 de 18/3/2020. Neste período, diversas ações foram realizadas, como a adequação do local para entrega de mercadorias às transportadoras vindas de várias partes do país, o que acontece desde o mês de abril.

“Durante este período de paralisação das atividades, iniciamos a avaliação do que precisa ser adequando em nosso espaço para a retomada do atendimento ao público, por entendermos a necessidade de equilibrar as ações de reabertura do Moda Center e os cuidados com a saúde de nossos colaboradores, condôminos e clientes”, afirma George Pinto, gerente geral do Moda Center Santa Cruz. Algumas adequações de infraestrutura já foram iniciadas, como a instalação de pias para higienização das mãos. O guia descreve as medidas de higiene, limpeza, proteção, organização e novas práticas operacionais que serão adotadas pela administração e comerciantes.

O guia, que pode ser acessado em https://bit.ly/2TI7muA, é dividido em três partes: medidas adotadas pela administração; medidas a serem adoradas pelos comerciantes e ações de comunicação. Entre as principais medidas adotadas pela administração está a mudança nos dias de feira para sexta e sábado.

“Em sondagens com os guias de excursões que vêm ao Moda Center regularmente, detectou-se que esses seriam dias mais adequados, pois o grande atacadista faria suas compras na sexta e o cliente de varejo no sábado. O Moda Center passaria a atender os dois públicos, ampliando o seu fluxo durante o ano todo”, comenta George.

Entre outras ações como:

  • Não haverá restrição de público. Entretanto, recomenda-se que idosos, mulheres grávidas e pessoas com doenças crônicas devem evitar, nesse primeiro momento, a retomada das atividades e a circulação pelo empreendimento;
  • Uso obrigatório de máscaras de proteção por todos (clientes, comerciantes e colaboradores);
  • Instalação, em locais estratégicos, de lavatórios abastecidos de sabão e toalhas de papel para procedimentos de higienização das mãos. Serão 20 pias, sendo 6 nas praças de alimentação e 14 na área externa;
  • Nos locais onde não for possível a lavagem das mãos, será disponibilizado álcool 70% para frequente higienização das mãos;
  • Divisão dos carroceiros e ambulantes por dia de feira com rodízio, por número da jaqueta, conforme determinado pela administração;
  • Atendimento, preferencialmente por trás dos boxes, mantendo um distanciamento mínimo do cliente. Um vendedor por box;
  • Retirada de cadeiras da frente dos boxes, de forma que amplie o espaço de circulação e reduza os pontos de contatos com os clientes;
  • Instalação de marcações no piso em frente aos caixas eletrônicos com o distanciamento exigido pelos órgãos de saúde, que é de 1,5 metro entre uma pessoa e outra nas filas;
  • Manutenção das portas dos WC’s abertas para beneficiar a ventilação;
  • Controle de quantidade de pessoas nos banheiros, respeitando às regras de distanciamento social;
  • Os acessos ao Setor de Atendimento ao Condômino (SAC) e ao Expresso da Moda serão controlados, com um número máximo de pessoas a serem atendidas simultaneamente;
  • Suspensão da comercialização de alimentos no formato self-service. Será permitida a venda de marmitas e lanches;
  • Permissão de uso apenas de talheres, pratos e copos descartáveis na praça de alimentação;
  • Redução de 50% da quantidade de assentos nas mesas das praças de alimentação. Cada mesa permanecerá com apenas dois assentos;
  • Reforço da limpeza de pontos de grande contato, como corrimões, banheiros, maçanetas, mesas, cadeiras, entre outros, além do uso de solução de água com hipoclorito para corredores e áreas comuns.
A administração do Moda Center Santa Cruz também orienta ações para os comerciantes. Confira alguns pontos sugeridos:

  • Implementar um sistema ordenado de comercialização de produtos para evitar a concentração de pessoas;
  • Limpar e desinfetar as superfícies de balcões para a venda de produtos várias vezes ao dia;
  • Manter uma distância mínima segura entre as pessoas e manipular os produtos usando máscaras;
  • Fornecer máscaras aos funcionários, que devem ser usadas inclusive no deslocamento do trabalhador (casa-Moda Center-casa);
  • Disponibilizar álcool em gel para uso dos funcionários e clientes;
  • Se possível, implantar a medição de temperatura de funcionários;
  • Utilização de canais on-line para continuar atendendo clientes que ainda tenham movimentação restringida;
  • Suspensão de ações promocionais e campanhas que promovam a aglomeração de pessoas ou distribuição de material que possa ser vetor de contaminação do novo coronavírus (inclusive panfletos);
  • Se algum trabalhador apresentar sintomas de gripe, febre, tosse, coriza ou dor no corpo, é recomendável que fiquem em casa.

“Todos nós devemos contribuir e continuar tendo consciência do nosso papel para a contenção um novo avanço da Covid-19. É preciso que cada um assuma o compromisso com as ações previstas nesse documento. Juntos, envidaremos esforços para a proteção da saúde das pessoas e recuperação da nossa economia”, completa George.

As medidas previstas podem ser complementadas e/ou alteradas, a qualquer momento se houverem novas orientações dos órgãos competentes.

CDL de Santa Cruz do Capibaribe lança campanha "Compre roupas feitas no Brasil"


O momento é de multiplicar esforços, e nisso somos bons, pois nossa força sempre veio da diversidade e da união de milhares de produtores que fazem do Polo de Confecções de Pernambuco um dos melhores ambientes de negócios da moda no Brasil.

Quando produzimos roupas, estamos produzindo empregos e combatendo a pobreza. Quando produzimos roupas, estamos promovendo a geração e distribuição de renda. Estamos viabilizando sonhos e esperança de uma vida melhor para milhares de famílias. Somos bem mais do que bons produtores de roupas.

Foi pensando em fortalecer essa dinâmica que a CDL Santa Cruz do Capibaribe, o Moda Center Santa Cruz e a Ascap criaram a campanha “Compre roupas feitas no Brasil”. Quando alguém compra uma roupa feita no Brasil, ela passa a ser a energia transformadora que faz toda essa dinâmica acontecer.

Vamos em frente... Contamos com a colaboração de todos no compartilhamento dessa campanha. Que Deus nos abençoe!

Informações da Assessoria

Sua clínica está preparada para a pós-pandemia?

Por Márcia Wirth*

Blog Merece Destaque

Em 2013, escrevi um artigo dizendo que o paciente havia saído de cena. E no lugar dele, havia surgido a tríade: e-paciente, cliente, consumidor. Como o paciente está sempre muito à frente do médico, em 2013, ele já havia assumido um novo papel social: o e-paciente. Sete anos depois, com a regulamentação da telemedicina em meio à pandemia do coronavírus, enfim o e-paciente e o e-médico se encontraram.

Esse encontro ocorreu num momento muito difícil, onde a população mundial se depara com a incerteza e o medo causado pela pandemia do Covid-19, que transformou profundamente e rapidamente o mundo.

Isolamento social, quarentena, lockdown, álcool em gel, máscaras faciais, etiqueta respiratória, respiradores, e-commerce, home-office, telemedicina, live, delivery, cursos on-line, angústia, depressão, desemprego, falência, novas formas de higienizar os alimentos, novas formas de velar e enterrar os mortos, de celebrar casamentos e de comemorar aniversários... 

Num primeiro momento, mergulhamos num luto profundo pelo que perdemos e tentamos criar um repertório para lidar com as privações e a desconexão social. Em seguida, criamos uma mentalidade de confinamento, definindo uma rotina e encontrando formas de reconexão através de novas ferramentas.

Nada será como antes

Com o relaxamento do confinamento, tentaremos voltar, ávidos, à vida como ela era antes de tudo acontecer. Mas a euforia inicial da liberdade de movimento e de consumo dará lugar à percepção de que nada será como antes e que precisaremos nos adaptar, novamente.

Sairemos da pandemia sim, mas não seremos mais os mesmos. Precisaremos assimilar o que ficará do que vivemos no confinamento e da crise, e o que abandonaremos. Será preciso definir novas regras, novas rotinas, novos valores. E, obviamente, uma nova forma de consumir. O e-paciente será diferente, terá uma nova mentalidade para consumir os serviços médicos. O médico precisará ser rápido para reconhecer e afirmar novas normas sociais e novos formatos de consumo de seus serviços.

Nem mesmo com o surgimento de uma vacina, teremos “o mundo de antes”, de volta, pois, agora, temos a memória da pandemia gravada na mente. Assim é preciso lidar com o fato que o coronavírus acelerou as mudanças sociais, econômicas, políticas, culturais que ocorreriam em anos...

O mundo pós-covid19

A crise de saúde pública atual está criando oportunidades para acelerar a implementação da nova economia digital (a partir da digitalização). A pandemia não impactou apenas empresas e marcas, mas profundamente as preferências e os comportamentos das pessoas. O e-paciente sairá da pandemia buscando segurança, esperança e conforto.

Empresas e marcas precisam trabalhar para amenizar a ansiedade, investindo em estratégias que criem uma sensação de segurança. O setor hoteleiro no Brasil já se organizou para atender esta demanda, criando o Selo Ambiente Limpo e Seguro. A certificação contemplará empresas que assegurarem o cumprimento de requisitos de higiene, limpeza e todos os cuidados necessários que garantam a segurança do consumidor. 

As clínicas precisarão oferecer muito mais do que os antigos serviços pré-pandemia. Precisarão agir de maneira a entregar um valor real aos e-pacientes, reafirmando seus propósitos, transformando seus valores em ações efetivas e oferecendo uma perspectiva positiva para o futuro, num ambiente limpo e seguro.

Apesar da desaceleração econômica, os gastos em saúde e bem-estar deverão crescer muito neste ano por conta da crise do coronavírus, segundo a pesquisa 2020 Chinese Consumer, da consultoria McKinsey. A saúde e o bem-estar foram lançados para o topo da lista de prioridades do público, influenciando em muito o consumo pós-coronavírus.

O que o paciente deseja encontrar nas clínicas?

Listei, a seguir, ações que serão bem recebidas pelo e-paciente na atual fase em que vivemos: o momento de encararmos o que vem por aí. Nesta fase, a tendência é que as pessoas falem sobre a vontade de voltar ao “novo normal”, de sair, de reabrir, de reencontrar... Portanto, prepare-se para reformular o seu negócio e encontrar o novo e-paciente!

01) Foco no compromisso e no cuidado

Nestes tempos de incerteza, ninguém espera que as coisas funcionem como sempre funcionaram. Mais do que nunca, é fundamental compreender o momento, se comunicar, ir além quando necessário e demonstrar compaixão por aqueles que estão sofrendo. É fundamental manter-se fiel ao propósito e valores da sua marca;
  • A comunicação precisa levar positividade e conforto, reconhecendo que estamos vivendo um período inusitado. Isso exige novas estratégias, implementadas em nome do bem comum. Portanto, nenhuma das medidas de segurança proposta irá causar estranheza ao e-paciente;
  • É bom destacar também que o e-paciente está atento ao papel desempenhado pela clínica e pelo seu médico na ajuda do coletivo durante a pandemia. O consumo será orientado também pelo papel que cada profissional, marca e instituição teve em mostrar seu propósito de existência, não pensando apenas no seu negócio, mas no coletivo.

02) Ofereça segurança

Novo agendamento

  • É preciso oferecer segurança ao e-paciente, no atendimento presencial e on-line. Assim, desde o momento do agendamento da consulta, que ocorrerá com um intervalo de tempo muito maior entre um paciente e outro, ele precisa ter a sensação de estar seguro, como estava em casa, durante a quarentena;
  • A orientação aos pacientes com sintomas de resfriado, gripe e alergia para que fiquem em casa permanecerá válida, sendo-lhes oferecida a opção da teleconsulta. A limitação de apenas um acompanhante para cada paciente se manterá relevante;
  • Mais do que nunca é preciso assegurar atendimento preferencial e especial a idosos, hipertensos, diabéticos e gestantes. Se necessário, defina dias e horários destinados a esses grupos.

Nova abordagem na chegada do paciente

  • Se a clínica está localizada num prédio comercial, cobre da administradora que o condomínio adote regras de segurança e distanciamento social, tais como porteiros e manobristas vacinados contra a gripe, uso de máscaras de proteção, delimitação do número de pessoas nos elevadores, maior higienização e desinfecção das áreas comuns;
  • Ao chegar para uma consulta presencial, o e-paciente espera se deparar com toda a equipe utilizando máscara de proteção facial: do manobrista ao médico;
  • Em seguida, ao entrar na clínica, ele terá sua temperatura aferida pela enfermeira ou recepcionista (que deverá ser treinada para esta ação) com um termômetro digital de laser infravermelho. Só então ele receberá máscara facial, álcool em gel, touca, propé (todos com a logomarca da clínica);
  • Em seguida, o paciente será orientado a lavar as mãos imediatamente após a chegada, a higienizar o celular e os óculos e a usar máscara durante todo o tempo em que estiver na clínica.

A nova recepção

  • A recepção será diferente. Se há lugar para mais de duas funcionárias, elas deverão estar pelo menos a dois metros de distância, sem manterem contato direto entre si ou com o paciente. Uso de cabelo preso ou touca descartável e unhas cortadas serão parte permanente do dress code. Quanto aos adornos pessoais: permitido uso de brincos pequenos. Não usar: anéis, brincos, pulseiras, gargantilhas, relógios, colares;
  • Poderão ser instalados protetores de acrílico para que o atendimento seja feito com segurança (restaurantes e salões de beleza já adotaram a prática no exterior). Deve-se evitar o compartilhamento de objetos entre funcionários, como calculadoras, computadores, bancadas, canetas, blocos de anotação, entre outros.

A sala de espera mudou

  • A sala de espera também precisará ser reconfigurada para transmitir segurança. Assim, recomendamos manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar-condicionado limpos e manter pelo menos uma janela ou portão abertos;
  • O distanciamento entre os assentos é definitivo. Nada de revistas, jornais, tablets e livros de manuseio comum. O entretenimento será feito apenas com o uso do wi-fi destinado aos pacientes. Portanto, vale a pena investir na criação de uma lista de reprodução relaxante especial para a clínica destinada à espera do paciente, que por mais breve que seja, deve ser muito agradável;
  • Bebidas quentes, como cafés, chás e infusões devem ser evitadas, bem como lanches. A água deve ser servida somente em copinhos ou garrafinhas descartáveis fechados, que serão abertos pelo próprio paciente.

Fim do espaço kids

  • O antigo espaço kids deverá ser desativado, pois os livros infantis e o material para colorir tinham uso comum. O entretenimento dos pequenos pacientes deverá ser feito com brinquedos de uso único: avião de papelão para montagem ou origamis com instruções para que a criança possa se divertir sozinha são algumas opções.

Higienização e desinfecção

  • A higienização da clínica deve ser redobrada. O e-paciente deve perceber a limpeza, a desinfecção e os cuidados o tempo todo;
  • Nos banheiros, torneiras e descargas que se ligam e desligam sozinhas precisarão ser instaladas, bem como lixeiras automáticas, pois o e-paciente não desejará tocar nessas superfícies durante um bom tempo. Na bancada da pia, sabonete líquido, álcool em gel, hidratante e papel toalha devem estar disponíveis. É preciso limpar e desinfetar todas as superfícies do banheiro, incluindo pisos, pias e vasos sanitários. Recomenda-se o uso de assento descartáveis nos vasos sanitários;
  • É preciso aumentar a frequência de higienização de puxadores, maçanetas, interruptores, corrimões e espelhos utilizando solução adequada: água com água sanitária e manter a frequência de higienização de canetas e outros materiais de escritório, teclado, mouse, monitor e telefones.

O pagamento será diferente

  • Invista nas novas tecnologias de pagamento, que diminuem o contato direto com o e-paciente: aproximação do celular, aplicativos de fintechs (como a PicPay);
  • E quanto aos meios tradicionais: higienize a máquina pagadora após cada uso, permitindo que o paciente manuseie seu próprio cartão;
  • Pagamentos em espécie (cheques e dinheiro) pedem atenção redobrada com a higienização das mãos.

Cuidados redobrados com a biossegurança

  • Durante a pandemia COVID19, devido ao risco da presença de agente biológico, todos os EPIs e papéis toalha usados para higienização de superfícies devem ser destinados de acordo com as normas da vigilância sanitária local;
  • É importante remover o lixo diariamente ou tantas vezes quantas forem necessárias durante o dia. Distribua mais lixeiras, dentro das normas da vigilância sanitária, em todos os setores da clínica para evitar o transporte do lixo possivelmente contaminado pelo estabelecimento. Quando removido dos setores, o lixo deve ser armazenado em recipientes apropriados com tampa. O profissional responsável pelo recolhimento deve estar paramentado com luvas e máscara reutilizável.

E-paciente de olho na sua equipe

  • A pandemia trouxe também uma cobrança da sociedade sobre a valorização e a segurança dos colaboradores das empresas. Os colaboradores precisam cada vez mais de reconhecimento e de um status de embaixadores da marca. Portanto, teste seus funcionários para covid-19, vacine-os contra gripe, dê atenção redobrada aos que integram os grupos de risco, orientando-os a manter as doenças crônicas controladas.

03) Go digital

Comunicação digital

  • As expectativas em relação aos serviços digitais serão ampliadas, já que o isolamento mostrou ao público os diversos benefícios do e-commerce. Assim sendo, marque sua presença virtual, investindo em ferramentas de infraestrutura, segurança e colaboração. O virtual está aqui para ficar, mas atenção ao fato de que a pandemia trouxe o medo de uma cyberpandemia também (vazamento de dados, prontuários);
  • É preciso inovar nas soluções digitais para que o e-paciente possa acionar sua marca na segurança do lar. Com a pandemia, a clínica definitivamente deixou de existir apenas no mundo real;
  • Mais do que nunca é preciso investir em comunicação digital. Lives, podcasts, workshops, aulas remotas, dicas úteis etc. Lembre-se de investir em curadoria e qualidade já que há uma enorme disponibilidade de conteúdo para o e-paciente escolher;
  • Não priorize um meio em detrimento de outros. O Instagram não é a chave para aumentar as vendas da clínica. Ele compõe um mix de marketing digital, portanto, não coloque todas as suas fichas exclusivamente nele;
  • Marca, site e redes sociais precisam de aconselhamento apropriado. O “faça você mesmo” não trará resultados. Contrate uma consultoria de marketing digital especializada em saúde. Comunicação é uma ciência, deve ser elaborada e executada por especialistas.

A telemedicina veio para ficar

  • A telemedicina será regulamentada após a pandemia. E será mais um serviço que a clínica deverá oferecer permanentemente. Esqueça a premissa de que “na minha especialidade, ela não ajuda muito”. O e-paciente é a mesma pessoa que enfrentou o home-office, fez cursos on-line e foi a um casamento virtual durante a pandemia, portanto, para ele, a teleconsulta é um serviço digital como outro qualquer. Quem tem dificuldades com o digital é o médico, não o e-paciente;
  • A clínica deve optar por uma boa plataforma que ofereça o serviço, com navegação amigável, onde o e-paciente possa compreender facilmente como agendar, pagar e se preparar para a teleconsulta. As informações sobre duração da consulta, retorno, envio de receitas e atestados devem estar muito claras;
  • A qualidade impressa no atendimento presencial deve ser transposta para a Internet. Não há perda de qualidade quando a relação médico-paciente é calcada na ética;
  • É preciso estar atento ao fato de que já existe normatização ética sobre a prática (Resolução 10/2020, publicada pelo Cremers). Segundo a norma, os atendimentos médicos por meios remotos prestados diretamente a pacientes localizados em outro estado ou país, só poderão ser realizados caso o médico possua inscrição no Conselho Regional de Medicina do estado em que se localizar o paciente, ou se o mesmo estiver autorizado a exercer a Medicina no país em que estiver o paciente, como forma de garantir a continuidade do atendimento de forma presencial.

Vá além da telemedicina

  • Clínicas, especialmente as dirigidas por profissionais com doutorado e com livros e artigos científicos publicados, devem pensar em ampliar sua atuação on-line para além da telemedicina. O ensino à distância é uma oportunidade real de negócios. A oferta de cursos on-line (somente para médicos) deve ser considerada como uma forma de reaquecimento do faturamento.

Planejar o retorno do e-paciente, pensar em novas formas de atendimento podem colocar a clínica em uma posição de vantagem quando o mercado “voltar ao normal”. Por isso, nada de braços cruzados. É hora de trabalhar! Embora seja impossível prever o impacto e a duração da crise no Brasil, a experiência da China e da Europa nos traz pensamentos otimistas. Adiante!
 
*Márcia Wirth é jornalista, palestrante, consultora de Health Care, especialista em Gestão de Mídias Digitais. Desenvolve projetos de comunicação empresarial exclusivamente para o setor de Saúde. Possui também certificação, pelo IBRC (Instituto Ibero-Brasileiro de Relacionamento com o Cliente) em Gestão e Implantação de Ouvidorias.

Antes de pegar um empréstimo, avalie a real necessidade




Muita gente precisa de financiamento para enfrentar a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus que atingiu todos os setores da economia. Mas antes de tomar essa decisão, é importante avaliar se você de fato precisa de crédito nesse momento.

Se já tiver uma dívida, tente renegociar valores e prazos. Busque reduzir a taxa de juros. Faça a projeção do seu fluxo de caixa para poder ter um plano de pagamento. Veja se existem outros recursos que possam ajudar a pagar parte da dívida (desfazer-se de equipamentos, vender um veículo, queimar o estoque...).

Se tiver mais de uma dívida, o ideal é organizar as prioridades com base na situação geral da empresa. Se for realmente necessário partir para o empréstimo, verifique:

- Se o valor total vai ser menor que o da dívida atual;
- Se prazo é maior e vai dar a possibilidade de refazer o caixa depois da crise.

Busque informações sobre as melhores linhas de crédito e taxas de juros diferenciadas e mapeie garantias que podem ser apresentadas caso o empréstimo seja aprovado (imóveis, investimentos, veículos, etc.).

Confira outros detalhes no vídeo do Sebrae: https://youtu.be/qoFAZDs_iBI

Ministério Público de Pernambuco irá cobrar esclarecimentos do vereador Joab após acusação contra entidades religiosas


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) por meio da Promotoria do município de Santa Cruz do Capibaribe irá apurar as denúncias levantadas pelo vereador Joab do Oscarzão em entrevista a uma emissora de rádio. A informação foi concedida a nossa reportagem por meio do promotor Dr. Iron Miranda dos Anjos. O mesmo destacou que o órgão deve buscar esclarecimentos para com as declarações do parlamentar que não apresentou provas mediante ao tema.

Joab disse ao programa Agreste em Destaque, apresentado pelo comunicador Cilas Tenório, que levantaria dados para apresentar em uma outra oportunidade dando conta que igrejas evangélicas e católicas do município seriam responsáveis por gastarem por ano mais de cinco milhões de reais com eventos e outras atividades. As falas do político geraram revolta na classe religiosa do município que se posicionaram sobre o caso.

O padre Erasmo, da Paróquia de Santo Agostinho ressaltou:

“Esse vereador deveria mostrar provas. Ele é um desse povo que fala do que não tem em mãos, ele difamou o Padre kennedy e está enrolando nas respostas. O vereador é leviano. Nós queremos esclarecimentos do que ele falou. Somos homens honestos.”

Já o pastor Bruno César da 1ª Igreja Congregacional Vale da Benção em Santa Cruz do Capibaribe emitiu uma nota lamentando as falas do parlamentar e afirmando que o mesmo deve prestar esclarecimento para que o município tome conhecimento do real teor de suas abordagens que se referiu às igrejas.

“Fazemos saber ainda, que o ministério público será por nós provocado a fim de que, o citado vereador preste contas de sua fala. Solicitamos por tanto que, o vereador seja específico sobre quais igrejas ele acusa de consumir dinheiro público, que apresente as provas, já que ele diz que as possui, e identifique quais comunidades acham-se nessa prática, ou, se retrate, publicamente, por tal infelicidade”, diz um trecho da nota que pode ser lida na íntegra  a seguir.



Do Blog do Bruno Muniz

Seu cliente sabe que a sua confecção está funcionando?


O mercado de consumo de moda, assim como outros setores, mudou com a pandemia do novo coronavírus. As pessoas não estão comprando no mesmo volume e nem da mesma forma. Mas precisam continuar consumindo. Por isso perguntamos: o seu cliente sabe que você está produzindo e vendendo?

Se ele não sabe, precisa ficar sabendo. Use o telefone, WhatsApp ou as redes sociais para isso. Informe como você se adaptou e as medidas de segurança que está tomando nesse momento. Estabeleça formas competitivas e ágeis para realizar a venda e a entrega da mercadoria. Negocie e indique se há condições especiais de pagamento.

Prefeito de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo, testa positivo para Covid-19


O prefeito do município de Brejo da Madre de Deus, Pernambuco, Hilário Paulo, testou positivo para Covid-19. O prefeito Hilário havia o primeiro teste rápido na semana passada e o resultado deu negativo para infecção por coronavírus, mas ele continuou com sintomas e, nesta segunda-feira, 25 de maio realizou um exame de contra prova e este deu positivo para Covid-19.

Segundo informações, o estado de saúde do prefeito inspira cuidados, pois o mesmo é do grupo de risco, sua taxa de glicose estava bastante elevada, ele apresenta tosse e sente dores, além de outros desconfortos.

Hilário estava em casa, mas seria levado para uma unidade hospitalar para ficar sob cuidados médicos.

A Assessoria de Imprensa da Prefeitura do Brejo da Madre de Deus informou que nesta terça-feira (26), dia do aniversário de fundação do Brejo da Madre de Deus, foram canceladas as entregas das viaturas para a GCM e canceladas também a entrega da Academia de Saúde no Distrito de Barra de Farias e entrega simbólica da Praça do Bom Conselho. Toda agenda será transferida para o aniversário de emancipação política no próximo mês.

Antecipação de feriado | PTM em Caruaru não terá expediente amanhã (27)


Devido à antecipação do feriado municipal de São Pedro, celebrado em 29 de junho, não haverá expediente na Procuradoria do Trabalho no Município (PTM) em Caruaru nesta quarta-feira (27), que irá atuar em regime de plantão. A retomada das atividades do órgão ministerial no modelo teletrabalho, em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), será quinta-feira (28). 

A antecipação do feriado foi sancionada pela prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, após a aprovação do projeto de lei 8522/2020 pela Câmara dos Vereadores de Caruaru. A iniciativa é mais uma medida para aumentar o isolamento social na cidade e, consequentemente, diminuir a chance de propagação da Covid-19 no município.

Dengue: nova tecnologia suprime rapidamente 95% do mosquito Aedes aegypti

Mini-cápsulas do Aedes do Bem™ foram projetadas para equipar governos e comunidades de todos os tamanhos com uma solução para controle do Aedes aegypti altamente eficaz e economicamente sustentável.


A Oxitec Ltd., líder no desenvolvimento de soluções biológicas seguras e direcionadas para controlar insetos que transmitem doenças e destroem plantações, anuncia os resultados preliminares de um teste bem-sucedido da sua nova tecnologia de mini-cápsulas do Aedes do Bem™. Realizado em estreita colaboração com a cidade de Indaiatuba, no Brasil, o método de mini-cápsulas do Aedes do Bem™ suprimiu, após apenas 13 semanas de tratamento, 95%* da população do Aedes aegypti, em comparação com as áreas de controle não tratadas na mesma cidade.

O tratamento envolveu a colocação de mini-cápsulas do Aedes do Bem™ em propriedades residenciais uma vez por semana, sem ferramentas ou manuseio especiais. O esforço gerou rápida supressão do mosquito em uma área onde moram aproximadamente 1.000 pessoas, e demonstrou 100% de eficácia da tecnologia na eliminação de larvas fêmeas, validando completamente a biossegurança do produto.

Este ensaio de campo para desenvolvimento do produto de mini-cápsulas do Aedes do Bem™ representa um grande avanço na tecnologia de controle vetorial direcionada e segura. Embora as tecnologias baseadas em insetos tenham demonstrado efeitos promissores de supressão nas últimas décadas, esta é a primeira solução baseada em insetos criada especificamente para fornecer uma supressão direcionada com simplicidade, escalabilidade e sustentabilidade econômica, tornando acessível para governos, comunidades e usuários finais de todos os tipos e níveis de renda os benefícios das soluções biológicas de saúde pública. 

A tecnologia de mini-cápsulas usa o sistema proprietário da Oxitec para encapsular ovos da linhagem de 2ª geração do Aedes do Bem™ e, quando colocadas em uma pequena caixa com água, produzem e liberam apenas machos do Aedes do Bem, que são seguros, auto-limitantes e não picam. Esses machos, ao saírem da caixa, se dispersam no ambiente para acasalar com fêmeas Aedes aegypti selvagens em uma área de até 8 mil metros quadrados. Esse produto está sendo desenvolvido para ser a primeira tecnologia de controle do Aedes aegypti baseada em insetos que pode ser fabricada em instalações centralizadas, ser estavelmente armazenada e implantada sob demanda em qualquer lugar do mundo, sem equipe especializada ou equipamento especial.

Para acompanhar o estudo, a Oxitec encomendou uma pesquisa independente que mostrou que o apoio da comunidade local ao estudo foi alto, com 94% dos 1.200 residentes pesquisados a favor da tecnologia do Aedes do Bem™ e seu uso nos bairros da cidade.

"Temos enfrentado epidemias devastadoras de dengue no Brasil e novas ferramentas de controle de vetores são desesperadamente necessárias para auxiliar nossas cidades e comunidades. É por isso que o produto de mini-cápsulas do Aedes do Bem™ será tão impactante - ele pode fornecer um controle superior e seguro do Aedes aegypti por meio da fácil implantação de minúsculas cápsulas de ovos em caixas que não exigem infraestrutura dispendiosa ou operações complexas. Estamos tornando o controle do Aedes aegypti simples, sustentável e escalável - em outras palavras, é exatamente o que as cidades e comunidades do Brasil precisam neste momento crítico", afirma Natalia Ferreira, diretora geral da Oxitec do Brasil.

De acordo com Grey Frandsen, CEO da Oxitec, o ensaio de campo foi inovador. "É a primeira vez que uma tecnologia de controle biológico de vetores é compactada em uma solução pequena, que pode ser transportada, armazenada, segurada na mão e implantada para trazer supressão de mosquitos em várias gerações e sem liberação de fêmeas. Para começar a combater a expansão das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, precisamos de uma geração totalmente nova de ferramentas de controle de vetores que sejam acessíveis e economicamente viáveis - e que possam capacitar uma coalizão mais ampla a participar desta batalha. Como demonstramos com sucesso neste ensaio, nossa abordagem com mini-cápsulas do Aedes do Bem™ é exatamente isso. Esse teste excedeu nossas expectativas de desempenho e, agora, estamos nos preparando para testes de campo maiores".

No início deste mês, a Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA) concedeu à Oxitec uma Permissão de Uso Experimental (EUP) para testes de campo dessa mesma tecnologia nos Estados Unidos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 390 milhões de pessoas são acometidas pela dengue todos os anos, com aproximadamente metade da população mundial em risco. O número de casos de dengue relatados à OMS aumentou mais de 15 vezes nas últimas duas décadas. O Aedes aegypti, um mosquito invasor encontrado em todo o mundo, também transmite zika, chikungunya e febre amarela.

A diretora da Oxitec, Natália Ferreira, fala sobre a nova tecnologia em live promovida pelo Colégio Positivo na próxima terça-feira, dia 26, às 17h. Aberta à comunidade, a live pode ser acessada pelo Facebook do Colégio Positivo (facebook.com/ColegioPositivo.Oficial/).

* 95% foi a média móvel mais alta em janelas de duas semanas; a média semanal individual mais alta foi de 98%; a média móvel mais alta em janelas de quatro semanas foi de 92%.

Sobre a Oxitec

A Oxitec é pioneira no uso da engenharia genética para controlar com segurança e sustentabilidade insetos e pragas que espalham doenças e danificam plantações. A Oxitec foi fundada em 2002 como uma spinout da Universidade de Oxford (Reino Unido) e é composta por uma equipe diversa e apaixonada, composta por 15 nacionalidades.

FONTE: Oxitec

Dia Nacional de Combate ao Glaucoma: Casos de cegueira pela doença avançam no Brasil

No País, os casos de cegueira provocados pelo desenvolvimento do glaucoma afeta cerca de 3% da população acima dos 40 anos.


Uma doença silenciosa que pode levar a consequências graves. A frase anterior serve para a pandemia do Novo Coronavírus, mas também se encaixa ao glaucoma, doença nos olhos que tem seu dia de conscientização lembrado nesta terça-feira, 26 de maio. O problema teve um crescimento expressivo nos últimos anos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010 eram 900 mil casos no Brasil, contra 2,5 milhões em 2018 (último levantamento divulgado). Os casos de cegueira provocados pelo desenvolvimento do glaucoma afeta cerca de 3% da população acima dos 40 anos.

Outra semelhança com o Novo Coronavírus é que o glaucoma tem também o seu 'grupo de risco'. "Por não possuir sintomas, a doença só é diagnosticada em consultas oftalmológicas, como o chamado 'exame de fundo de olho', utilizado para aferir a pressão ocular. Pacientes negros, acima de 40 anos, ou os que têm outras patologias como diabetes ou miopia muito altas formam o grupo de risco", disse a oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura, Catarina Ventura. 

O Dia Nacional de Combate ao Glaucoma tem o objetivo de conscientizar a população para a existência da doença e principalmente reforçar a importância para a realização dos exames rotineiros para fazer um diagnóstico precoce. De acordo com a médica, ainda não existe cura para a doença, porém ela pode ser tratada com uso de colírios. 

"O glaucoma pode ser causado por várias causas, a mais frequente é a pressão ocular alta, que vai danificando as fibras do nervo óptico, causando uma cegueira irreversível. Você não sente a pressão, a não ser que ela esteja muito elevada e aí vai dar um borramento de visão, um olho vermelho", acrescentou a médica.

Gameleira é cortada, no centro de Santa Cruz do Capibaribe e responsáveis serão punidos


Na manhã desta segunda-feira, 25 de maio, uma árvore gameleira (Ficus adhatodifolia) foi cortada de forma ilegal por trás da Igreja Matriz, no centro de Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com informações, um morador das imediações solicitou a um homem que trabalha com poda de árvores de forma autônoma que fizesse uma poda na Gameleira, porém o mesmo fez um corte de forma exagerada, decepando toda a árvore.

A equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Município foi acionada por outros moradores revoltados com a situação e imediatamente se dirigiu ao local para averiguar a situação, conseguiu identificar os responsáveis pelo corte da árvore e informaram que tomarão as providências cabíveis.

A Lei Municipal N° 2.603/2017 Determina que seja tombado como patrimônio histórico e ambiental o conjunto de árvores denominadas “Gameleiras” localizadas na Avenida Padre Zuzinha, em Santa Cruz do Capibaribe. Esta Lei regulamenta em seu Art. 4º que "As árvores tombadas por esta lei ficam imunes a corte, remoção, replantio, queima, poda abusiva e todo e qualquer dano que possa acarretar sua morte ou prejudicar seu estado fitossanitário".

Existe ainda a Lei Municipal Nº 1.643/2007 que regulamenta a derrubada, o corte ou a poda de árvores e sua reposição no município de Santa Cruz do Capibaribe e diz em seu Art. 1º que "A derrubada, o corte ou a poda de árvores, existentes no Município de Santa Cruz do Capibaribe, ficam sujeitos a autorização, previamente, expedida pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e pelo CONDEMA, de conformidade com o procedimento estabelecido nesta Lei", de forma que "as atividades de derrubada, corte ou poda de árvores, que não atenderem as determinações contidas no caput deste artigo, estarão sujeitas a multas que variam de 02 (dois) à 20 (vinte) UFMs, a serem estipuladas mediante laudo de constatação da gravidade das perdas ambientais, ou ainda, a obrigatoriedade de reposição do dobro do número de espécies abatidas sem autorização, ou pertencentes à(s) espécie(s) de árvore(s) nativa(s) determinada(s) pelo CONDEMA".