Magalu

Pacientes com suspeita de Covid-19 são internados em salas divididas por madeirites, em Santa Cruz do Capibaribe


Pacientes com casos suspeitos de Covid-19 que precisam de tratamento em Santa Cruz do Capibaribe estão sendo internados no Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão em salas improvisadas e inadequadas, divididas apenas por tábuas em madeirite, pregadas em escoras de madeira.

O Hospital de campanha que havia sido montado no município para atender estes casos, foi fechado desde o dia 26 de outubro e os pacientes que precisam de internamento passaram a ser atendidos no Hospital Raymundo Francelino Aragão, porém os pacientes estão reclamando das condições do local onde ficam internados.


Segundo informações, uma senhora de mais de 80 anos foi colocada em uma ala destinada para pessoas com Covid-19, mesmo tendo testado negativo para a doença. Na manhã do sábado, 5 de dezembro, familiares tentaram conseguir a transferência dela para outra área, mas foram informados que naquele momento não havia médico no local.

As informações foram divulgadas neste domingo, 6 de dezembro, pelo Blog do Bruno Muniz.

Postar um comentário

0 Comentários