Morre o sanfoneiro Duda da Passira

Compositor sofreu uma hemorragia hepática, no Hospital da Restauração, onde estava internado há nove dias


Duda chegou a acompanhar Luiz Gonzaga em turnê. Foto: Blog de Vitória/Divulgação

Morreu na madrugada desta sexta-feira (30), o sanfoneiro Duda da Passira. O artista estava internado há nove dias no Hospital da Restauração, no Derby, Recife, onde faleceu, após complicações causadas por uma hemorragia hepática. O velório de Duda da Passira será em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, cidade onde morava. 


O compositor e cantor de 64 anos dedicou 50 anos ao pé-de-serra, participando, inclusive, da turnê Danando de bom, ao lado de Luiz Gonzaga. Ele tinha músicas gravadas com Jorge de Altinho, Limão com Mel e Novinho da Paraíba. Dizem os amigos que são mais de 200 canções gravadas. 

Duda chegou a ser indicado ao Grammy Latino em 1990. O sanfoneiro também tocou em Berlim, na Casa da Cultura Mundial, em 1993. O último show de Duda de Passira foi em 17 de agosto, uma homenagem ao mestre Dominguinhos. 

No Facebook, amigos como o cantador Xico Bezerra, postou: "uma das grandes expressões do nosso cancioneiro nordestino. exímio instrumentista, tocava xote como poucos, além de ser uma figura humana de excelente caráter. Fará falta ao meio. Desde já, saudades do querido Duda."

Nilton Sal, do Forró do Kilo, escreveu: "as sanfonas choram sentidamente, 'chora sanfoninha chora chora, chora sanfoninha minha dor!' Que Deus o coloque em um bom lugar, e conforte toda família. Descanse em paz amigo...".

Do Diário de Pernambuco
Anterior
Próxima

0 Comentários: