Mãe e Pai de criança assassinada a tiro em Toritama, são apresentados na delegacia de Santa Cruz do Capibaribe


Na noite da quinta-feira (05), policiais do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) juntamente com outros policiais do 24º Batalhão, realizaram diligências no intuito de localizar um casal suspeito de matar a própria filha, uma crianças de apenas 10 meses de vida.

Ágata Barbosa Ferreira foi assassinada com um tiro na cabeça, no loteamento Novo Alvorecer em Toritama, no Agreste de Pernambuco. Segundo informações repassadas por populares, a mãe Priscila Maria Barbosa, de 25 anos, seria a principal suspeita de cometer o crime e teria fugido do imóvel juntamente com o companheiro Wagner Ferreira Costa, de 25 anos.

Na casa onde a criança foi morta, os policiais encontraram uma balança de precisão e duas poções de maconha.

Os policiais das equipes do GATI, ROCAM, GT de Toritama, e BEPI conseguiram localizar o casal em um sítio na Vila do Socorro no município de Taquaritinga do Norte e com eles foi apreendido um revólver calibre 38, com cinco munições intactas do mesmo calibre, três gramas de maconha e 109 pinos de cocaína.

O casal foi conduzido para a Delegacia de Plantão de Santa Cruz do Capibaribe, onde a mulher foi autuada em flagrante pelo crime de morte da criança e o companheiro dela foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: