Compesa anuncia alteração no abastecimento de água de Taquaritinga do Norte

Ação será necessária para preservar volume do manancial Mateus Vieira.

Praça Central de Taquaritinga. Foto: Almir Neves / Blog Merece Destaque.
Com o objetivo de garantir o abastecimento de água até o próximo período de chuvas, tendo em vista que o manancial de Mateus Vieira hoje está com apenas 12,5% de sua capacidade, a Compesa modificará o abastecimento do município de Taquaritinga do Norte. Desta forma, a partir de 1º de novembro, a cidade, que hoje recebe água diariamente, passará a ser atendida com um rodízio de 10 dias com água e 10 dias sem.

“Com o volume atual de Mateus Vieira, é necessário implantar o rodízio em Taquaritinga do Norte para assegurar o abastecimento da população, até meados de maio de 2020. O manancial tem acumulação total de 2,7 milhões metros cúbicos, mas está com apenas 340 mil”, explica o gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Bruno Adelino.

Adutora do Alto Capibaribe - Taquaritinga do Norte será uma das cidades beneficiadas, em meados de 2020, com a entrega da Adutora do Alto Capibaribe que garantirá segurança hídrica para a região. A obra, orçada em R$ 82 milhões, está em curso com mais de 40% dos tubos já assentados ao longo de 28 quilômetros, entre a captação em Barra de São Miguel (Paraíba) e a divisa com o município de Santa Cruz do Capibaribe. A adutora tem 70 quilômetros de extensão e levará água do São Francisco para Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Taquaritinga do Norte e o Distrito de São Domingos, em Brejo da Madre Deus, podendo também beneficiar, de forma emergencial, as cidades de Vertentes, Frei Miguelinho, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: