Estudo para criação de unidade de conservação na Serra do Pará está sendo realizado

Oficina de Diagnóstico Participativo será realizado no próximo dia 30 na Vila do Pará.


O Projeto de Sustentabilidade Hídrica de Pernambuco – PSHPE é um projeto do Governo do Estado, em parte financiado pelo Banco Mundial – BIRD, com execução através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de Pernambuco – SDEC / Secretaria Executiva de Recursos Hídricos – SERH e da Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe.

Como um dos objetivos do PSHPE, está a proposição da criação de Unidades de Conservação e de Corredores Ecológicos visando à proteção e/ou interligação dos principais fragmentos florestais dos biomas Caatinga e Mata Atlântica na Bacia Hidrográfica do Rio Capibaribe e conservação dos recursos hídricos, solo e biodiversidade ali existentes.

Para tanto, a Agência Estadual de Meio Ambiente do Estado de Pernambuco - CPRH, por meio da empresa contratada Ambiental Consulting, está elaborando estudos ambientais, socioeconômicos e mapeamento de áreas prioritárias para criação dessas Unidades de Conservação e corredores ecológicos. 

Uma das áreas prioritárias selecionadas é a Serra do Pará, no município de Santa Cruz do Capibaribe, que além de apresentar um remanescente bem conservado de caatinga arbórea, com rica fauna e flora, possui um importante sítio arqueológico com cavernas que abrigam mais de 100 pinturas rupestres e grande beleza cênica.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: