Médico alerta para uso nocivo do álcool, que mata 3 milhões de pessoas por ano no mundo


Em todo o mundo, 3 milhões de mortes por ano resultam do uso nocivo de álcool, representando 5,3% de todas as mortes.

O uso nocivo do álcool é um fator causal em mais de 200 doenças e lesões.

No geral, 5,1% da carga global de doenças e lesões é atribuível ao álcool, conforme medido em anos de vida ajustados por incapacidade.

O consumo de álcool causa morte e invalidez relativamente cedo na vida. Na faixa etária de 20 a 39 anos, aproximadamente 13,5% do total de mortes são atribuíveis ao álcool.

Existe uma relação causal entre o uso nocivo do álcool e uma variedade de transtornos mentais e comportamentais, outras condições não transmissíveis e lesões.

As mais recentes relações causais foram estabelecidas entre o consumo nocivo e a incidência de doenças infecciosas, como tuberculose, bem como o curso do HIV / AIDS.

Além das conseqüências para a saúde, o uso nocivo do álcool traz perdas sociais e econômicas significativas para os indivíduos e a sociedade em geral.

Dr. Sebastião Inácio Filho é procedente do Recife, onde trabalhou no Hospital da Restauração, Hospital Agamenon Magalhães, Central de Transplantes, Hospital das Clínicas, na Clínica de Dor do HARF (onde por 9 anos trabalhou como Chefe do Ambulatório de Acupuntura e Medicina Chinesa), dentre outros. Ele é médico Geriatra e Clínico Geral. Contato: 81 99854-7030.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: