Moda Center Santa Cruz se prepara para a alta temporada

Centro atacadista passa abrir aos domingos a partir de domingo (3/11).


A melhor época do ano para o polo de confecções do Agreste está chegando. Por isso, o Moda Center Santa Cruz vai antecipar a sua abertura e realização de feiras. A partir do dia 3 de novembro (domingo), o maior centro atacadista de confecções do Brasil abre aos domingos e segundas-feiras, das 6h às 18h, para receber clientes de todas as regiões do país que vão a Santa Cruz do Capibaribe adquirir produtos com alta qualidade e preço competitivo a serem comercializados nas últimas semanas do ano.

Quem vier ao Moda Center, vai encontrar as novidades das coleções de verão 2020 das marcas. Na alta temporada, que vai até 30 de dezembro, a expectativa é que haja um aumento de fluxo de clientes de 8% em relação ao mesmo período do ano passado e que o movimento seja maior do que a primeira alta temporada do ano (maio e junho). Isso porque, as áreas de vestuário, acessórios e calçados, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), são historicamente as mais afetadas positivamente pelas vendas natalinas, que costumam subir 90% de novembro para dezembro no setor varejista.

“Nossos clientes compram no atacado para revender no varejo em suas cidades e estabelecimentos. A redução dos juros, a liberação de recursos para consumo, como saques do FGTS e PIS/Pasep fizeram com que as vendas daquele setor tivessem uma modesta expansão no país. Achamos que esse cenário vai continuar e impactar positivamente o movimento no nosso centro atacadista, mesmo com a continuidade no cenário nacional de recessão e de incertezas”, comentou o gerente geral, George Pinto.

GIGANTE - O Moda Center Santa Cruz reúne mais de 10 mil pontos comerciais (9.672 boxes e 707 lojas), entre lojas e boxes, onde é comercializado um mix de produtos variados – roupas e acessórios – com foco no atacado. O local recebe clientes de todo o País, com predominância dos estados do Norte e Nordeste. Nos últimos anos, tem crescido a procura de compradores vindos do Centro-Oeste e, mais ainda, do Sudeste, a exemplo dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

A sua estrutura é composta por seis módulos, que ocupam uma área coberta de 120 mil m², construída num espaço de 32 hectares. O parque disponibiliza seis praças de alimentação com restaurantes e lanchonetes, rede própria de hotéis e dormitórios com mais de dois mil leitos, posto ambulatorial, caixas eletrônicos, banheiros, fraldários, carrinhos de compras, sistema de som e TV e circuito interno de segurança.

Disponibiliza, ainda, o Aplicativo Moda Center que serve como um guia para os frequentadores e uma vitrine virtual para os lojistas. Para utilizar o app, além de fazer o download gratuito em uma app store (Android ou iOS), é necessário preencher um pequeno cadastro com dados simples e número do celular. Entre as suas principais funcionalidades estão a busca de produtos por segmento e por estabelecimentos.


Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: