Papai cientista faz experimento com filha para mostrar importância de lavar as mãos


O cientista baiano Daniel Filho começou uma corrente nas redes sociais para mostrar que a ciência e o raciocínio crítico começam em casa e são essenciais para o aprendizado a longo prazo.

Em um post no Facebook, ele desafia seus amigos a fazer algum experimento científico em casa com seus filhos ou parentes, discutindo os resultados evidenciados.

No dia 25 de dezembro passado, Daniel fez um experimento com a filha, Maya, visando demonstrar para ela a importância de lavar as mãos. Os resultados não poderiam ser mais visíveis.

“Maya não para de perguntar o nível de sujeira das coisas agora”, brincou o papai coruja.

Para realizar o experimento, Daniel separou quatro fatias de pão integral e quatro sacos com vedação ziplock. Ao longo do dia, sua filha pegou em dezenas de lápis para colorir, brincou no chão e se alimentou, tudo sem lavar as mãos, por duas horas. Em seguida, com a mão suja, Maya tocou em uma fatia.

A mão direita foi lavada com água e sabão, e a esquerda higienizada com álcool gel. Em cada caso, ela tocou em uma fatia. Por fim, uma quarta fatia, chamada ‘Controle’ não foi tocada por ninguém, apenas separada para comparação de resultados.

Dezoito dias depois, no dia 12 de janeiro, ‘saíram’ os resultados preliminares: bem visível a olho nu surgiu uma enorme colônia de micro-organismos prosperando na fatia “Mão Suja”. As demais fatias estavam intactas.

Que método poderia ser mais divertido para Maya aprender que a mão suja pode causar doenças do que esse?


“Próximo passo: esperar chegar um microscópio que pedimos pra ver o que cresceu no pão”, comentou Daniel no post.

“Eis a diversão da ciência. E uma de suas maiores premissas é a replicação. […] #CiênciaComeçaEmCasa”, concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários