Magalu

Comissão da Seca na Câmara de Santa Cruz cobra melhorias no abastecimento da cidade


Na manhã desta terça-feira, integrantes da Comissão da Seca na Câmara municipal de Santa Cruz do Capibaribe se reuniram com um representante da Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) para cobrar melhorias no abastecimento de água no município.

A comissão da Seca na Câmara é formada pelos vereadores Deomedes Brito, Klemerson Pipoca, Helinho Aragão, Zé Minhoca, Zezin Buxin e Toinho do Pará. Participaram da reunião de hoje, os vereadores Deomedes Brito, Helinho Aragão, Klemerson Pipoca, Capilé e Carlinhos da Cohab, além de Cássio, representando a Compesa.


De acordo com o vereador Deomedes Brito, o representante da Compesa informou na reunião que a maior esperança é a adutora do Alto Capibaribe, cujas obras estão em ritmo acelerado para trazer água da transposição do Rio São Francisco até Santa Cruz, com captação a partir do Rio Paraíba, passando pelo município paraibano de Barra de São Miguel. O açude Engenheiro Gercino Pontes, localizado em Tabocas, principal manancial que abastece Santa Cruz, continua em Colapso. Já Poço Fundo, acumulou água nas chuvas recentes, chegando a cerca de 15% de sua capacidade, mas o volume é suficiente para abastecer apenas a Vila de Poço Fundo e a cidade de Jataúba. A Compesa hoje envia uma quantidade de água para Santa Cruz vinda através de reversão pela adutora de Tabocas, que corresponde a 160 litros por segundo, porém existem desvios de água e o volume que chega realmente é apenas de cerca de 40 a 60 litros por segundo.

Postar um comentário

0 Comentários