Magalu

Semana do Meio Ambiente une sustentabilidade e ressocialização em Caruaru


Na Semana do Meio Ambiente, de 1° a 5 de junho, o trabalho dos reeducandos do regime aberto ganha destaque em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Doze apenados trabalham para arborizar o Via Parque, no bairro Maurício de Nassau. O trabalho é executado graças a uma parceria entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) e a gestão municipal. O intuito é diminuir as ondas de calor e aumentar as áreas de verdes na cidade.

Para evitar aglomeração e uma possível contaminação pela covid-19, o serviço é realizado em três etapas, dividindo as equipes. Ao todo são 58 mudas plantadas, no cultivo composto por árvores nativas da Mata Atlântica: ipê-rosa, pau-Formiga e flamboyanzinho.

O Patronato Penitenciário, órgão da SJDH acompanha os trabalho em conjunto com a supervisão de uma equipe técnica especializada da Secretaria Executiva de Sustentabilidade de Caruaru. O uso de EPIs é obrigatório. “Estamos ampliado as atividades essenciais que promovam a ressocialização no interior e na Região Metropolita através de parcerias que possam viabilizar vagas de trabalho aos reeducandos. Neste caso, não é só a sociedade que ganha, mas o meio ambiente também”, afirma o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

As mudas são procedentes da sementeira localizada na Serra dos Cavalos. O expediente dos egressos é de segunda a sexta-feira, com remuneração de um salário mínimo (R$ 1.045). Só este ano, mais de 100 novas árvores foram plantadas na capital do Forró.

Postar um comentário

0 Comentários