Três fugitivos da penitenciária de Limoeiro são recapturados na zona rural de Caruaru

Material apreendido em Caruaru com fugitivos da Penitenciária de Limoeiro - Foto: Polícia Militar/Divulgação.

Três fugitivos da Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, foram recapturados na zona rural de Caruaru no domingo (2). De acordo com a Polícia Militar, o trio foi encontrado enquanto traficava drogas em Lagoa de Pedra.

Chegando ao local, os policiais visualizaram um fugitivo da penitenciária e ao detê-lo encontraram com ele 1 kg de maconha. Na casa dele, os PMs recapturaram dois outros fugitivos, além de uma balança de precisão, três celulares e R$ 902 em espécie.

Ao realizarem a consulta criminal, os PMs constataram que havia mandados de recaptura para os três indivíduos em decorrência da fuga da Penitenciária Ênio Pessoa Guerra, ocorrida no dia 9 de julho.

O trio juntamente com o entorpecente e materiais apreendidos foram conduzidos à Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Caruaru para adoção das medidas cabíveis.

Fuga da penitenciária

Detentos fugiram da Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, a cerca de 80 quilômetros do Recife, no dia 9 de julho. Segundo a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), ao todo, 27 homens fugiram, por volta das 4h, após explosão de um dos muros da unidade prisional.

Segundo o Sindicato dos Policiais Penais de Pernambuco, entre os fugitivos está um homem suspeito de envolvimento em diversos assaltos a banco e condenado por homicídios, que já fugiu outra vez, além de outros detentos considerados de "alta periculosidade"

"Entre 20 a 30 meliantes explodiram o muro da Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra para resgatar presos que ficavam no Pavilhão de Disciplina. O muro estourado foi perto desse pavilhão. Presos que estavam nessa área tocaram fogo para evitar o acesso de policiais penais e trocaram tiros para fugir", afirmou o presidente do sindicato, João Carvalho.

Com informações do G1

Postar um comentário

0 Comentários