Magalu

Dida de Nan diz que Santa Cruz do Capibaribe nunca teve aterro sanitário e revolta santacruzenses

O atual vice-prefeito e candidato a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dida de Nan (PSDB),  disse durante entrevista na Rádio CBN de Caruaru na quarta-feira, 21 de outubro, que Santa Cruz do Capibaribe nunca teve aterro sanitário.

A declaração do candidato revoltou muitos santacruzenses que conhecem a realidade do município e a história do aterro sanitário e muitas pessoas mostraram sua indignação através das redes sociais, inclusive com publicações de fotos mostrando o aterro sanitário em funcionamento durante a gestão do prefeito Toinho do Pará nos anos de 2011 e 2012.

O aterro sanitário de Santa Cruz do Capibaribe foi implantado em junho de 2007 numa área de 21,5 hectares nas proximidades do Sítio Cacimba de Baixo, possuía três células com capacidade para comportar mais de um milhão de toneladas de resíduos e foi projetado com um sistema de drenagem para evitar que o chorume oriundo da decomposição do lixo contaminasse mananciais de água próximos.

Durante a gestão do prefeito Edson Vieira, de quem Dida de Nan é o vice atualmente, o aterro sanitário deixou de fazer a acomodação correta do lixo, virando lixão a céu aberto e posteriormente a prefeitura resolveu deixar de colocar lixo no local e passou a transportar para Caruaru todo o lixo produzido diariamente em Santa Cruz do Capibaribe.

Veja a seguir, imagens do aterro Sanitário em funcionamento durante a gestão de Toinho do Pará e depois durante a gestão de Edson Vieira que foram postadas em redes sociais mostrando o antes e o depois:

Postar um comentário

0 Comentários