Magalu

Moda Center solicita a autoridades e DER permanência do retorno da PE-160, em frente ao centro de compras


Por meio de ofício enviado para cinco deputados estaduais e dois representantes do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Pernambuco (DER-PE), a diretoria do Moda Center Santa Cruz solicitou um posicionamento favorável das autoridades para a preservação do retorno na PE-160, localizado na altura do km 12 da PE-160, em frente ao centro de compras.

As obras para a transferência do retorno para um ponto distante 500 metros do atual já estão acontecendo. A diretoria do Moda Center justifica que essa transferência é prejudicial ao comércio no centro de compras, já que tal mudança atrapalharia não apenas a logística para a chegada e retirada de mercadorias no interior do parque, mas aumentaria a dificuldade já existente no fluxo de veículos, especialmente em dias de feira.

“Entendemos que tal intervenção só traria prejuízos ao Moda Center Santa Cruz e demais centros de compras localizados no entorno. Contudo, se existe realmente a necessidade de construção de um retorno a quinhentos metros do atual, a nossa reivindicação é que seja mantido o já existente para que, como mencionado acima, não sejam prejudicados milhares de trabalhadores de diversas classes”, afirma trecho do documento assinado pelo síndico do Moda Center, José Gomes Filho.

Outro ponto que deve ser levado em consideração para a manutenção do retorno são as ocorrências com vítimas seja no Moda Center ou em outros pontos do município. A retirada do retorno aumentaria em até um quilômetro o trajeto a ser percorrido por ambulâncias até a UPA 24 horas, o que poderia ser fatal em casos com maior gravidade, quando a rapidez no atendimento pode significar uma ou mais vidas. 

Em dias comuns de feira, o Moda Center chega a receber mais de 200 ônibus, dezenas de vans e milhares de carros de passeio; veículos que dependem diretamente desse retorno para agilizar o tráfego. Confira o ofício na íntegra:


Postar um comentário

1 Comentários

Anônimo disse…
Os comerciantes deveriam sim era exigir a conclusão da duplicação da BR 104 entre Toritama e Pão de Açúcar... uma verdadeira vergonha e descaso com os clientes que toda semana vêm pra Santa Cruz.