Magalu

Ações corroboram crescimento de 5,01% do Beauty Business


Responsabilidade Ambiental é uma tendência cada vez mais em voga nos dias de hoje e junto com ela cresce progressivamente o nicho da cosmética natural, que se torna uma proposição indispensável para o público contemporâneo. Conquistando mais adeptos em um mercado em ascensão, este movimento deve atingir o valor de 48 bilhões de dólares até 2025, um aumento de 5,01% em comparação a 2019, conforme dados de um estudo da Grand View Research. De acordo com o levantamento, esse incremento se deve a uma preocupação atual, especialmente das novas gerações, que apostam que os produtos consumidos devem ser elaborados com matérias primas naturais e com pouco impacto ao meio ambiente. Com a demanda desse setor, nascem novas iniciativas para suprir a expectativa de crescimento do mercado de cosméticos naturais. “Cada marca e profissional atua numa área, porém, o novo conceito do mercado utiliza alguns ativos para personalizar o tratamento especifico para o cabelo de clientes, de acordo com diagnósticos apropriados. Com isso, o atendimento torna-se mais humanizado, respeitando a saúde e integridade dos fios capilares”, diz a executiva de marketing Poliana Lopes da consultoria PL Beauty Business, especializada no mercado de beleza.

De acordo com uma pesquisa do laboratório de química da Universidade Estadual Paulista (UNESP), o mercado mundial de produtos de beleza feitos com matéria-prima natural cresce entre 8% e 25% ao ano. E esse nicho engloba vários públicos, com um recorte amplo de perfil (diferentes idades e formações), porém, com a mesma visão consciente quanto ao consumo de produtos naturais, elaborados de forma ecologicamente correta, inclusive no mercado de beleza. Por isso, no levantamento entre participantes, constata-se que 48% dos consumidores brasileiros ficam mais atraídos por um produto que possui ingredientes naturais e 21% valorizam o cosmético com menos aditivos químicos, além disso, 45% acreditam que os orgânicos são a solução para uma vida saudável e sustentável, mesmo que nunca tenha experimentado. “No caso da mulher moderna, por exemplo, ela vive num ritmo frenético e precisa se sentir bem consigo mesma. Por isso, cada vez mais ela adota pequenos hábitos na sua rotina de beleza como tirar um momento para colocar uma máscara no cabelo, fazer a sobrancelha e passar uma maquiagem. Ao renovar o visual, ela está alimentando sua auto estima, seu humor e consequentemente sua auto confiança. E isso reflete nas suas atitudes e seus resultados”, comenta.

Diante desta vertente, a nova perspectiva de marketing anda emergindo para suprir as necessidades com uma parceria da PL Beauty Business da consultora Poliana Lopes e da Nova Aurora Comunicação Integrada da empresária Adriana Maia. Unidas abraçaram ações estratégicas para o lançamento de novo empreendimento: a VL Hair Clinic, espaço full service especializado no conceito Método Sustentável, lançado na última semana no novo empresarial JAM, moderno empreendimento FULL em Olinda, que ainda conta com Ap, Work e Mall. Abarcando as necessidades da expert em mechas sustentáveis Vanessa Lima Andrade, criaram projeto de identidade e, a partir de pesquisas de persona, desenvolveram ainda ações de impacto junto ao público-alvo, formadores de opinião e influencers de grande alcance como Dani Guedes, founder @1estrategiapravoce. “No processo de trabalho para a VL Hair Clinic, determinamos a persona do espaço através de pesquisa realizada com clientes, seguidoras e mulheres com características de perfil que buscamos para as principais clientes. A partir disso, foi traçado o perfil de uma mulher que busca esses serviços mais focados na cosmética natural, entre 25 e 35 anos. Ela é independente financeiramente e trabalha ativamente, assim como mantém uma vida agitada, gosta muito de se cuidar e principalmente de se sentir valorizada”, enfatiza.

Postar um comentário

0 Comentários