Magalu

Agentes de Saúde anunciam paralização das atividades por atraso de salários em Santa Cruz do Capibaribe


A Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe (AACOSCAPE) protocolou ofício na Secretaria de Saúde do Município anunciando paralização das atividades devido ao atraso dos salários da categoria referentes ao mês de dezembro de 2020.

De acordo com representantes da categoria, o ex-prefeito Edson Vieira encerrou sua gestão em 31 de dezembro e não efetuou o pagamento dos salários do último mês de sua gestão. Porém, a gestão do atual prefeito Fábio Aragão foi procurada diversas vezes pela diretoria da AACOSCAPE, que apresentou comprovações de que houve o envio de recursos pelo Ministério da Saúde no valor de R$ 198.800 destinado para pagar o piso salarial da categoria, com ordem bancária feita em 31 de dezembro e mesmo tendo recebido estes recursos e chegado a prometer que iria analisar a situação da categoria de forma individual, já que dispunham deste recurso, a atual gestão não efetuou o pagamento de dezembro e pretende usar o repasse para o pagamento de salários de janeiro de 2021.


Os representantes da categoria garantem que o recurso é referente a dezembro e que o recurso de janeiro deverá entrar em breve e já com reajuste dos valores enviados por cada Agente de Saúde.

O ofício anunciando uma paralisação da categoria foi protocolado na Secretaria de Saúde na manhã desta quinta-feira, 21 de janeiro e a diretoria da AACOSCAPE também oficializou Ministério Público sobre o caso. Uma mobilização da categoria deverá acontecer nesta sexta-feira (22).

Postar um comentário

0 Comentários