Barcelona pode não disputar mais o Campeonato Espanhol

O presidente da Liga de Futebol Profissional, a LFP, responsável pela realização do Campeonato Espanhol, está preocupado com uma possível independência da Catalunha. Javier Tebas acredita que o regulamento da competição e a atual lei do esporte do país vetariam não só a participação do Barcelona na Liga, mas também do Espanyol, Girona, Sabadell, e outros clubes da região.

- Catalunha vai ser sempre Espanha. Se um dia não for, vai ser algo distinto. Me preocupa estes clubes que não poderão competir em nossa liga se as leis seguirem as mesmas - disse o mandatário em entrevista ao jornal As, de Madri.

Há no entanto a possibilidade de uma negociação para mudança na lei. O Campeonato Espanhol já possui em seu regulamento uma exceção para que times de Andorra disputem a competição. Caso a Catalunha consiga independência da Espanha, os dois estados teriam de entrar em acordo para que uma nova exceção fosse adicionada. 

Enquanto Barcelona vive efervescência política, com fortes movimentos brigando pela separação, e um rebelde referendo sobre a independência a ser realizado, mesmo depois de desaprovado por Madri, o principal clube da região fica sem futuro definido. O presidente da câmara de Barcelona, Xavier Trias, chegou a sugerir a possibilidade de que os blaugrana disputem o Campeonato Francês, que hoje já conta com o Monaco de fora do país.

Fonte: Globoesporte.com
Anterior
Próxima

0 Comentários: