15 de outubro de 2015

O trânsito somos nós que fazemos, artigo de Zenna Rocha

Saudações a todos! Nos últimos tempos está se tornando comum acidentes de trânsito nos perímetros urbano das cidades, ou seja, dentro da cidade. Digo acidentes com vitimas graves e até óbitos envolvendo veículos motorizados

E não só motos, esses já corriqueiros e até mais tolerados, dado o grau de insegurança que é característico das motocicletas. É preocupante vermos a cada dia nos noticiários, ou ouvir dizer que aconteceu em tal lugar ocorrência grave envolvendo carros nas vias/ruas das cidades.

Cidades cada dia mais abarrotadas de carros e motos, como a nossa, Santa Cruz do Capibaribe com cem mil habitantes e uma frota de veículos motorizados registrados de quase 50 mil carros e motos.

A questão passa pelo tripé estrutura, educação e punição, claro, mas não precisa ser um especialista em trânsito, basta só observar nas ruas o grande duelo, quase uma briga por espaços envolvendo carros e motos. Gerando transtornos para a cidade e insegurança para a parte vulnerável no trânsito, o pedestre e o ciclista. Duelo esse que não envolve só maquinas e motores envolve meio ambiente, pessoas, vidas humanas no dia a dia da mobilidade urbana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Traduzir / Translate