29 de novembro de 2016

Professores da Rede Municipal de Santa Cruz do Capibaribe farão nova paralisação

Os professores da Rede Municipal de Ensino de Santa Cruz do Capibaribe farão uma paralisação de advertência na próxima quinta-feira (01), onde durante o período da manhã, os professores reunir-se-ão em assembleia na Câmara de Vereadores, às 8h e depois deverão seguir até a prefeitura para cobrar do prefeito Edson Vieira o repasse de recursos destinados aos professores pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF).

De acordo com o Sindicato Único dos Profissionais do Magistério Público das Redes Municipais de Ensino (Sinduprom), a prefeitura não estaria respeitando a divisão de verba do  (FUNDEF), cuja parcela destinada aos professores é de 60% dos cerca de R$ 17 milhões referentes a um Precatório Judicial da União,  com valores que deixaram de ser repassados à classe entre os anos de 2002 e 2006.

Os profissionais cobram da gestão municipal que envie projeto à câmara, assegurando o repasse de 60% do montante aos professores da época e que os outros 40% sejam investidos na estrutura escolar, conforme previsto na Lei do FUNDEF.

Confira a seguir a convocatória feita pelo Sindicato dos Professores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar um comentário, aguarde até que nossa equipe o analise e o publique. Isso é necessário para evitarmos que comentários impróprios sejam mostrados. Comentários com agressões, palavrões ou qualquer tipo de ofensas não são aceitos.

AddToAny

Traduzir / Translate