MPCO pede Medida Cautelar contra Concurso da Prefeitura de Santa Cruz por conta de Dispensa de Licitação


Uma representação do Ministério Público de Contas do Estado de Pernambuco solicita medida cautelar em face do concurso público realizado pelo CONIAPE.

Supostas irregularidades na contratação da empresa organizadora do concurso foram denunciadas pelo vereador de oposição de Santa Cruz, Ernesto Maia. De acordo com a denúncia do vereador, os valores pagos através de uma dispensa de licitação pelo Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras - CONIAPE à empresa que irá realizar os concursos públicos de alguns municípios, entre eles Santa Cruz do Capibaribe, são valores muito acima do normal.

O Coniape é presidido por Edson Vieira, o qual também é prefeito de Santa Cruz do Capibaribe. O pedido de medida cautelar será julgado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar um comentário, aguarde até que nossa equipe o analise e o publique. Isso é necessário para evitarmos que comentários impróprios sejam mostrados. Comentários com agressões, palavrões ou qualquer tipo de ofensas não são aceitos.

Traduzir / Translate