Pesquisar neste blog

11 de setembro de 2018

Projeto Acorda leva dança popular para cidades de Pernambuco

A capacitação passará pelos municípios de Água Preta, Nazaré da Mata e Recife. As aulas começam no dia 15 de setembro.


Depois de viajar por todo o Estado e perceber a carência de grupos de dança popular que preservem a história nordestina, os bailarinos e pesquisadores Christianne Galdino, Pedro Pernambuco e Carmem Queiroz, ao lado da produtora cultural Carla Navarro, desenvolveram o Acorda – Ações Coordenadas em Dança. A iniciativa, que estreia neste fim de semana no município de Água Preta, na Zona da Mata Sul, busca capacitar e fortalecer a dança popular em Pernambuco por meio de oficinas gratuitas em três cidades. O projeto conta com o incentivo do Funcultura.

Christianne Galdino
Além de Água Preta, a primeira temporada do Acorda passará pelas cidades de Nazaré da Mata e Recife. “Esse projeto nasce do desejo de divulgar a dança popular e temos a intenção de ampliar o nosso trabalho para outras cidades. Como todos os coordenadores do curso passaram pelo Balé Popular do Recife, a nossa ideia tem fortes raízes no grupo de dança”, explica Christianne, que também conta que a metodologia utilizada nas aulas é a Brasílica, instituída pelo Balé Popular do Recife.

A dança Brasílica, metodologia usada pelo Acorda e que preserva a formação cultural e a história do Nordeste, se baseia nas manifestações populares, a exemplo do caboclinho, maracatu, frevo, reisado, além de outros ritmos de origens africana, indígenas e europeias. Para elaborar a metodologia, o Balé Popular se inspirou em ícones da cultura nordestina, como Mestre Salustiano, Capitão Antônio Pereira, o Pastoril do Velho Faceta e o Caboclinhos Sete Flechas, entre outros.

A metodologia é dividida em quatro ciclos, o carnavalesco, junino, afro-ameríndio e natalino, que vão ser trabalhados na escola de formação. “Vamos apresentar noções básicas e regras de criação e danças de cada um desses ciclos. Cada turma vai escolher duas coreografias de acordo com suas histórias para apresentação no último módulo, pois a ideia é resgatar a cultura e a memória das danças populares nas cidades por onde passarmos”, destaca Christianne.

A capacitação em Água Preta será de 15 a 30 de setembro. As aulas serão na Usina de Arte Santa Terezinha, das 9h às 12h e das 13h às 16h. Em paralelo, uma turma do projeto será formada no Recife e as aulas começarão no dia 17 de setembro, no Espaço Vila, em Santo Amaro, das 19h às 22h. Esta turma segue até o dia 17 de outubro, quando acontece no Teatro Barreto Júnior a mostra coreográfica, integrada ao espetáculo MAGNA. Cada turma contará com 20 participantes, entre adolescentes, a partir dos 14 anos, e adultos interessados em dança, sem restrição de idade. Os grupos estão sendo formados por articuladores presentes em cada cidade que receberá o Acorda. A proposta é reunir jovens com algum interesse em dança ou que tenham presença importante na vida cultural das comunidades. “A ideia é acordar as pessoas para a cultura popular. Lembrá-las do valor cultural que a região em que elas vivem possui, aproximando os jovens dos valores e ritmos autênticos do nosso Estado”, destaca a produtora cultural Carla Navarro.

Logo depois das oficinas em Água Preta, a capacitação seguirá para o município de Nazaré da Mata, Zona da Mata Norte, nos dias 10 a 25 de novembro. O Acorda de Nazaré acontecerá no Colégio Santa Cristina, das 9h às 12h e das 13h às 16h. Em dezembro, de 1 a 16, as Ações Coordenadas em Dança retornam para o Recife. As aulas serão ministradas no Espaço Vila, das 9h às 12h e das 13h às 16h.

PROGRAMAÇÃO

ÁGUA PRETA
LOCAL: Usina de Arte Santa Terezinha
DATAS: 15, 16, 22, 23, 29 e 30 de setembro de 2018
HORÁRIO: das 9h às 12h, das 13h às 16h

NAZARÉ DA MATA
LOCAL: Colégio Santa Cristina (R. Conselheiro João Alfredo, 149, Telefone: (81) 3633-1237)
DATAS: 10, 11, 17, 18, 24, 25 de novembro de 2018
HORÁRIO: das 9h às 12h, das 13h às 16h

RECIFE
TURMA 1
LOCAL: Espaço Vila (Rua Radialista Amarílio Nicéas, 76, Santo amaro)
DATAS: 17, 19, 21, 24, 26 e 28 de setembro e 1, 3, 5, 8, 10 e 17 de outubro de 2018
HORÁRIO: 19h às 22h

TURMA 1 – visitas externas + mostra coreográfica
LOCAL: TEATRO BARRETO JÚNIOR
DATAS: 3 e 10 de outubro/ 17 de outubro (mostra)
HORÁRIO: das 19h às 22h/ 20h

TURMA 2
LOCAL: Espaço Vila (Rua Radialista Amarílio Nicéas, 76, Santo amaro)
DATAS: 1, 2, 8, 9, 15 e 16 de dezembro de 2018
HORÁRIO: das 9h às 12h, das 13h às 16h

Mia Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Traduzir / Translate