Mulher é detida acusada de cometer crime eleitoral em Santa Cruz do Capibaribe


Uma mulher de 32 anos foi detida na tarde deste domingo (28) acusada de cometer crime eleitoral em Santa Cruz do Capibaribe. O caso aconteceu no Loteamento Dona Lica II, na Escola Municipal Senador José Ronaldo Aragão, onde ao votar, Maria Luana Leite de Sá, residente no Dona Lica I teria registrado seu voto e fotografado a urna com seu celular.

A polícia foi acionada pela mesária, ela foi detida e levada à delegacia para prestar esclarecimentos, já que tirar foto da urna é considerado crime eleitoral por quebrar o sigilo do voto de acordo com a Lei Eleitoral.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: