Vereadores acionam polícia após denúncia de que combustíveis estavam sendo armazenados dentro de escola


Os vereadores de oposição do município de Brejo da Madre de Deus, no agreste de Pernambuco, Robertinho Asfora e Bolão, receberam denúncia de que a prefeitura estaria armazenando combustível de forma incorreta e perigosa no interior da Escola Santa Maria, localizada no Distrito de São Domingos.

Os vereadores se dirigiram até a escola para tentar averiguar a veracidade da denúncia, já que havia risco para os cerca de 600 alunos com um material altamente inflamável sendo mantido no ambiente escolar.

Segundo os vereadores, a diretoria admitiu que poderia haver o combustível na escola mas não permitiu a entrada dos parlamentares para fazerem a fiscalização, sendo necessário acionar a Polícia Militar para poder entrar na escola e averiguar a situação e foram encontrados alguns galões.


O secretário de governo, Aelson Souza, informou que os galões estavam vazios e que os mesmos estavam guardados desde o ano passado, período em que houve a greve dos caminhoneiros, mas que mesmo no período de greve, em nenhum momento os galões estiveram com combustível dentro da unidade de ensino, sendo usados apenas em momentos críticos para ‘socorro’ aos veículos escolares parados nas estradas.

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe para ser investigado.
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »