Prefeitura de Santa Cruz vira as costas para o Açude da Manhosa e deixa encher de esgoto


O Açude da Manhosa, reservatório localizado no perímetro urbano de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco vem sendo destruído lentamente nos últimos anos e o poder público não tem dado muita importância para a degradação desta importante área ambiental. São redes de esgoto estouradas há mais de um ano e sem conserto no loteamento Pedra Branca, despejando dejetos no açude, além de loteamentos que já estão canalizando o esgoto direto para dentro do reservatório.

O poder público municipal não tem demonstrado nenhum interesse em preservar a barragem. Não se conserta os esgotos estourados nas proximidades, muito pelo contrário, a prefeitura autoriza a venda de terrenos em loteamentos que estão despejando os dejetos no açude.


É mais fácil abandonar do que cuidar

Uma prova clara do abandono do açude é que a única medida tomada em relação ao mesmo nos últimos anos foi proibir, através da Secretaria de Saúde, a retirada da água pela população que a usava em construções e para outros fins, numa demonstração clara de que não há nenhum interesse em se preservar, já que não se desvia  os esgotos, a água fica cada vez mais poluída e não não existe nenhuma fiscalização em novos loteamentos que a própria Prefeitura libera as construções às margens do açude sem nenhuma preocupação com os dejetos, os quais acabam indo direto para o açude.

É vergonhosa e acima de tudo preocupante esta situação de abandono e falta de cuidado com áreas importantes de nosso município.

Enquanto isso, pessoas que talvez não tenham noção do tamanho do problema, pescam, tomam banho e lavam carros no açude.


Do Blog Merece Destaque
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: