Conheça os candidatos ao Conselho Tutelar de Santa Cruz do Capibaribe

INFORMAÇÕES SOLICITADAS OFICIALMENTE PELO COMDECA COM OS CANDIDATOS AO CONSELHO TUTELAR DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE.

Foto Ari de Poço Fundo.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Ari de Poço Fundo.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Atualmente estou conselheiro tutelar e quero continuar o bom trabalho que venho prestando na defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes em nosso município, com prioridade absoluta, direitos esses que estão estabelecidos no estatuto lei 8.069/90 (ECA). A minha atuação se dá diante de uma situação de ameaça ou de violação dos direitos com o objetivo de proteger a criança ou o adolescente que está em situação de vulnerabilidade.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? As políticas públicas são peças fundamentais para a sociedade, quando tratamos de crianças e adolescentes elas tem uma importância de muita relevância no dia a dia da infância e juventude em nosso meio social.

Segundo o artigo 86 do ECA, a política de atendimento dos direitos da criança e adolescente far-se-à através de um conjunto articulado de ações governamentais e não-governamentais, da União, Estado, DF e Municípios. O que demonstra ter sido adotado a teoria da proteção integral em quatro linhas de atendimento: políticas de garantia de direitos, de proteção especial, de assistência social e sociais básicas.

Desse modo, é necessário que todos se empenhem conjuntamente na implementação dos direitos legados a criança e adolescente, de forma absoluta e prioritária, tendo em vista que estes são sujeitos vulneráveis – em desenvolvimento. Na esfera municipal, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente é um órgão contido por representantes do Poder Executivo Municipal e membros da sociedade civil, responsável pela produção de projetos e controle das políticas públicas voltadas à criança e adolescente, além de registrar e zelar pelas entidades que atuam nesta seara.

Outro órgão que atua principalmente frente a orientação e apoio familiar é o CONSELHO TUTELAR cujas atribuições priorizam o atendimento de crianças e adolescentes, bem como suas famílias com informação (artigo 136 do ECA), em aconselhamento e aplicação de medidas quando apresentarem situações de abuso, violência física ou emocional à criança e adolescente.


Foto Edimauro Torres.
1 - NOME PARA A CÉDULA? Edimauro Torres.

2- O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? O que me motivou a ser candidato a conselheiro tutelar foi a fato de que me identifico com a causa da infância e juventude, e por já ter exercido por duas vezes o cargo de conselheiro tutelar e vê que tenho muito a se fazer em pro da criança e juventude em nossa cidade, coloquei meu nome a disposição de nossa sociedade.

3- O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? NÃO ENCAMINHOU.


Foto Eduardo Bezerra.
1 - NOME PARA A CÉDULA? Eduardo Bezerra.

2- O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? O que me levou a querer disputar uma vaga no conselho tutelar foi, ver a situação de risco que vivem as crianças e adolescentes do nosso município, principalmente nas comunidades mais carentes, como a que eu moro (Santo Agostinho), e acho que posso contribuir para mudar essa realidade, garantindo o direito das crianças e adolescentes, que infelizmente muitas vezes tem sido negado. 

3- O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Eu entendo por política pública de defesa do direito da criança e adolescente, um sistema de garantia que é assegurado pela lei 8069/90, (lei 8.069 de 13 de julho de 1990), sistema esse que é formado pela integração e a articulação entre o estado, as famílias e a sociedade civil, para garantir e operacionalizar os direitos das crianças e adolescentes;

Os atores desse sistema são: conselheiros tutelares; promotores e juízes das varas da infância e juventude, conselheiros de direito da criança e adolescente, educadores sociais, profissionais que trabalham em entidades sociais e nos centros de referência da assistência social (CRAS), policiais das delegacias especializadas, integrantes de entidades de defesa dos direitos humanos da criança e adolescente, entre outros.


Foto Edson Ferreira.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Edson Ferreira.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? O que me levou a querer ser candidato, foi o convívio com adolescentes com poucas oportunidades na vida, com isso posso estender a mão e defender seus direitos como conselheiro tutelar.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Políticas Públicas é o Sistema de Garantia do Direito, é direito a educação, Saúde, lazer, cultura, esportes e etc.


Foto Eliane.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Eliane.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Considero- me apta a exercer a função como conselheira tutelar por estar disposta a zelar e militar pelos direitos da criança e do adolescente, bem como promover e orientar o exercício destes.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Entende-se como política pública de crianças e adolescentes: Definições de ações Garantias de direitos e fortalecimentos a criança e adolescente, participação popular em conferências municipal, estadual e nacional, Trabalho de redes de serviços, prevenção e enfrentamento da violência contra a criança e adolescente e uma forma de inovadora de garantia na legislação brasileira inserindo a criança e o adolescente como sujeito de direitos.


Foto Eliel.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Eliel.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Iniciei minha vida na luta por direitos de criança desde 2001 quando fui coordenador da pastoral do menor, onde junto com a igreja católica buscávamos soluções pra dar dignidade a um grupo de crianças de rua que eram denominados como ‘pelezinhos’ a partir daí vi que poderia contribuir junto com o poder publico para garantir a dignidade que criança e adolescente tem de direito.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Política pública é uma ação que busca garantir/prevenir violações de direito de criança/adolescente por omissão da família ou do estado. POR EXEMPLO: a cidade está com grande número de crianças e adolescentes MENDIGANDO E VENDENDO ‘doces’ nos semáforos, esse exemplo é uma falta de política pública eficaz tirar essas crianças/adolescentes dessa situação.


Foto Everton Vetin de Poço Fundo.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Everton Vetin de Poço Fundo.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Os amigos e colegas de trabalho que me incentivou e minha família, com isso como eu poderia colaborar somar para minha cidade. Com isso veio essa oportunidade à ser candidato ao conselho tutelar da minha cidade para contribuir para meu município de Santa Cruz do Capibaribe, das vilas de Poço Fundo, Pará, Cacimba de Baixo e de toda zona Rural.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? São conjuntos de programas, ações e atividades desenvolvidas pelo Estado e municípios com a participação do público geral, com a orientação e fiscalizam os direitos da criança e adolescentes, previstos pelo ECA.


Foto Fabiana da Creche.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Fabiana da creche.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Ajudar as pessoas é o que motiva e como conselheira tenho oportunidade de ampliar e garantir que os direitos de quem mais precisa sejam respeitados.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? São ações que visam a prevenção e garantia dos direitos de crianças e adolescentes.


Foto Fabíola Feitosa.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Fabíola Feitosa.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Há 10 anos tenho feito um trabalho na igreja com o clube de desbravadores, isso despertou em mim o desejo de ajudar e lutar por crianças e adolescentes que não estão a meu alcance, e que poderiam estar precisando do meu esforço em lutar por eles. Senti o desejo de ajudar ainda mais, de ir além das paredes da igreja e buscar melhorias para muitos deles que estão sem perspectiva de vida melhor.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? É lutar pela igualdade de todo cidadão sem exceção alguma, garantindo os direitos e lutando pelo enfrentamento a desigualdade social. É defender as causas que assegura de forma ativa e eficaz uma vida digna ao cidadão e as crianças e adolescentes.


Foto Flávio Júnior.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Flávio Júnior.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Foi a certeza que vou poder contribuir com tudo aquilo que preconiza o ECA.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? É um conjunto de ações articuladas para garantir os direitos das crianças e adolescentes executados por ONGS, instituições públicas ou privadas.


Foto Francieldo.
1 - NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Francieldo.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? A vontade de trabalhar com crianças e adolescentes, tendo em vista que muitos dos seus direitos são sempre violados e sei que eu tenho muito a contribuir com essa causa.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Que toda criança e adolescente possui seus direitos resguardados no código civil e em tratados internacionais, todas estas legislações levando em consideração seus desenvolvimento físico e psicológico.


Foto Valéria da Palestina.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Valéria da Palestina.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Em ver a necessidade de mais mulheres no conselho, e poder contribuir muito mais com a sociedade.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? É onde a criança e o adolescente se torna sujeito de direito, onde se garantir a igualdade e valorização da diversidade na proteção.


Foto Xavier Neto.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Xavier Neto.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Trabalhar em prol dos direitos da criança e adolescentes.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Que devemos lutar com unhas e dentes para fazer valer o que está no estatuto da criança e do adolescentes, o eca, pois a criança e os adolescentes devem ser protegidos e preservados, não importa as circunstâncias.


Foto Merinha de Piza na Fulô.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Merinha de Piza na fulô.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Saber que posso contribuir com a sociedade, mais carente, que necessita de orientações, para ajudar as famílias.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Eu entendo como uma necessidade de pensar em formas alternativas de cuidado a crianças e adolescentes está posta no cenário histórico e cultural do mundo e isto tem sido feito de diferentes maneiras em cada contexto. No Brasil, a assistência destinada a esses sujeitos sociais têm sofrido modificações significativas ao longo dos anos e situam-se no período da monarquia as primeiras práticas de assistência às crianças abandonadas. Por que a partir do século XX a imagem social da criança passa a sofrer modificações, e esta que antes era vista como ser angelical agora é associada ao termo “menor”, responsável pelas mazelas da sociedade.


Foto Josy Nicácio..
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Josy Nicácio.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Foi a falta de ter alguém para, lutar pelos meus direitos, quando era criança, por isso quero ter a oportunidade de fazer algo por quem precisa.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? São as Leis criadas, para garantir os direitos das crianças e adolescentes.


Foto Juliana de Milonga.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Juliana de Milonga.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Considero- me apta a exercer a função como conselheira por estar disposta a zelar pelos direitos da criança e adolescente, bem como promover e orientar o exercício destes. 

Orientar, auxiliar e prevenir para que os direitos das crianças e adolescentes de nossa cidade não sejam violados e colocados em risco zelando assim pela integridade das mesmas.

Pretendo realizar promoções à prevenção do abuso e violência contra a criança e ao adolescente. Através de palestras, orientar pais, alunos, professores e comunidade a respeito dos direitos da criança e do adolescente, e além destes realizar um trabalho digno de conselheira tutelar perante aos que dele necessitar na população de Santa Cruz do Capibaribe. Tornando assim o conselho tutelar do município mais ativo, mais atuante.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Entendo que a política pública que o ECA aponta é uma forma de resgatar a cidadania e a dignidade de todas as crianças, não só das pobres. O Estatuto não é uma lei para a criança pobre. É uma lei para a criança brasileira. E no entanto parece que, quando falamos do Estatuto, só falamos das crianças pobres. Na verdade nenhuma delas tem todos os seus direitos garantidos. Faltam metas e parâmetros claros que nós queiramos atingir!


Foto Laércio Glicério.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Laércio Glicério.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Desde quando comecei o movimento em defesa da vida intrauterina há mais de vinte anos, alguns amigos me perguntavam “você defende o nascimento de crianças em situações difíceis?” e depois que essas crianças nascerem o que fazer? E encontrei no ECA Estatuto da Criança e do Adolescente, a melhor forma de defender crianças recém nascidas dentro da legalidade.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Entendo que política pública é uma política em defesa da vida, Por ser a vida o bem mais precioso do ser humano e defender o nascimento de crianças, diminuído da desigualdade social sendo importante uma formação entre a infância e adolescência com direitos a saúde, educação, esportes e uma boa formação moral e religiosa; Isso é uma Política Pública que vai beneficiar toda a sociedade.


Foto Irmão Leandro.
1 - NOME PARA A CÉDULA? Irmão Leandro.

2- O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Por amor a causa, acreditando, no estatuto da criança e do adolescente. Que deve ser o nosso guia.

3- O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Eu entendo que políticas públicas está ligado os direitos da criança e do adolescente, tendo em vista uma grande deficiência, quanto há aplicação.


Foto Pr. Luciano Augusto.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Pr. Luciano Augusto.

2- O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? O que me levou a querer disputa uma vaga no Conselho Tutelar deve-se à minha experiência pastoral, na qual convivo constantemente com problemas familiares, desde agressões verbais e, até mesmo físicas entre casais, chegando muitas vezes a separação ou divórcio.

Outro problema comum gira em torno de filhos envolvidos com drogas e, eventualmente com tráfico de drogas.

Como pastor o poder de ajudar estas famílias e pessoas de uma maneira mais eficiente é muito limitado. Como Conselheiro Tutelar e pastor, certamente a minha ação terá um reflexo muito maior naquilo que faz parte do meu dia a dia.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Entendo que Política Pública de Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes é um dever do Estado. A política pública é definida com base na falta daquilo que é direito das crianças e adolescentes, nas injustiças praticadas contra eles e na exploração deles, seja trabalhista, moral ou sexual. Apesar de estar em vigor o ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente, o cumprimento deste Estatuto fica ainda muito a desejar. Entendo que o Conselheiro Tutelar é este intermediário entre o que é lei (ECA) e o seu cumprimento.


Foto Marília Melo.
1 - NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Marília Melo.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Despertei o interesse por causas sociais desde do início do meu curso de Direito. Sempre quis atuar de alguma forma em causas que me trouxessem a essência do bem comum. E disputar essa vaga do Conselho Tutelar pra mim está sendo um divisor de águas no que compete ao meu crescimento em todos aspectos.

3- O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Política Pública é aquilo que age através de uma delegação, para assim, influenciar de certo modo na vida dos cidadãos de uma forma mais abrangente e acolhedora. Formando assim, uma rede junto com os outros serviços assistenciais e obedecendo a demanda da população como um todo. Assegurando que a criança e o adolescente em estado de vulnerabilidade tenham seus direitos devidamente garantidos e executados como prevê o ECA.


Foto Marivaldo Andrade.
1 - NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Marivaldo Andrade.

2-O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? A experiência na área da infância e juventude me motivou a disputar no anseio de ajudar ainda mais na luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

3-O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Políticas públicas são atividades, ações programas, organizadas pelo Estado diretamente ou indiretamente que visam assegurar com prioridade absoluta os direitos das crianças e adolescentes.


Foto Monike Lira.
1 - NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Monike Lira.

2- O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? O fato de trabalhar como psicóloga no CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social), e lidar diariamente com todos os tipos de violação de direito, principalmente com a crescente demanda de crianças e adolescentes, me fez querer contribuir com a sociedade em um outro contexto, lutando pelo direito de garantia da criança e do adolescente.

3- O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Eu entendo que as políticas públicas surgiram com intuito de criar leis e garantir direitos a população a partir de pessoas e instituições, uma garantia igualitária de distribuição de recursos sociais, tendo como propósito, promover qualidade de vida. Então, dessa maneira a ligação entre políticas públicas , defesa e direitos das crianças e adolescentes estão intrinsecamente ligados. Compreendendo que, numa sociedade desigual, com problemas de ordem coletiva que clamam dos poderes públicos atenção devida. É de suma importância criar e fazer valer leis que garantam os direitos das crianças e adolescentes que não respondem por si. Precisamos lutar por uma qualidade de vida, promovendo e contribuindo para um crescimento saudável e pleno, para que estes tenham oportunidades e se desenvolvam, tornando-se cidadãos.


Foto Osiel Porfírio.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Osiel Porfírio.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Para acompanhar mais de perto e contribuir de forma direta para que seja cumprido os direitos das crianças e adolescentes de nossa cidade.

3- O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Políticas públicas para mim, são todas os programas ou mecanismos que contribuem de forma direta ou indireta para garantia de direitos, sejam eles; igrejas, entidades, ONGS, órgãos municipais ou até mesmo simples ações realizadas pela sociedade civil.


Foto Renato Luiz.
1- NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Renato Luiz.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? O desejo de trabalhar mais veemente na defesa dos direitos da criança e do adolescente, destacando a importância da família na formação do indivíduo.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? A linha ação política de atendimento e assistência que defende e faz valer o está no Estatuto da criança e do adolescente.


Foto Renê Atleta.
1 - NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Renê atleta.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Para pode oportunizar as crianças e Adolescentes a ter uma qualidade de vida melhor e garantir seus direitos. 

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Far-se àtravés de um conjunto articulado de ações governamentais e não governamentais da União dos Estados do distrito Federal e dos municípios.


Foto Rogério Félix.
1 - NOME QUE DEVE ESTAR NA CÉDULA? Rogério Félix.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Dar continuidade ao trabalho que venho exercendo.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Art. 3º do ECA: A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.


Foto Washington Aleixo.
1 - NOME PARA A CÉDULA? Washington Aleixo.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Poder contribuir e lutar para que seja cumprido as normas do ECA.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Entendo como política pública de defesa dos direitos da criança e adolescente todo a rede que é formada para que se cumpra com os direitos e deveres que cabe a criança e ao adolescente fazendo com que tenham uma melhor qualidade em serviços prestado por órgãos governamentais e não governamentais.


Foto Professor Valdemir Miranda.
1- NOME PARA A CÉDULA? Professor Valdemir Miranda.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? A minha decisão em participar do processo da eleição do Conselho Tutela/2019,é porque já trabalho com criança e adolescente na área educacional.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? A política pública da criança e adolescente é um dever de todos.


Foto Zenilda Enfermeira.
1- NOME PARA A CÉDULA? Zenilda enfermeira.

2 - O QUE TE LEVOU A QUERER DISPUTAR UMA VAGA NO CONSELHO TUTELAR? Por me deparar com crianças e adolescentes diante de supostas situações de violação de direitos.

3 - O QUE VOCÊ ENTENDE POR POLÍTICA PÚBLICA DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Deixa bem esclarecido que a criança e o adolescente tem direito à proteção à vida e a saúde mediante a efetivação de políticas sociais públicas, que permitam o nascimento e desenvolvimento sadio e harmonioso, em condições de existência.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: