Perder peso e realizar exercícios ajuda a evitar infartos


A cada 100 pessoas que sofrem um infarto, 40 morrem antes de chegar ao hospital. Cerca de 20% morrem antes de receber alta. E, entre os pacientes que voltam para casa, apenas 36% completam um ano de 'renascimento' após o ataque cardíaco. Descuidos no tratamento e a manutenção de hábitos de risco - alimentação inadequada, cigarro e falta de atividade física - contribuem para novos entupimentos nas artérias e afunilam as chances de sobrevivência a longo prazo. Resultado: entre 100 pacientes que sofreram um infarto, apenas 27 estão vivos cinco anos depois. Desses, um terço deles sofrerá de insuficiência cardíaca.

Dr. Sebastião Inácio tem experiência em pacientes adultos e idosos, graves e ambulatoriais. Atuou nas emergências do Hospital da Restauração, Hospital Agamenon Magalhães e Hospital das Clínicas. Em Caruaru foi médico das UTIS do Hospital Regional do Agreste e da Casa de Saúde Bom Jesus, além dos pacientes da Clinica Médica da Casa de Saúde Santa Efigênia. Atualmente atende em domicílios e também nos consultórios. Entre em contato pelo Whatsapp (81) 9.9854-7030.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: