231 novos casos de Covid-19 são confirmados em Pernambuco nesta segunda-feira, 20 de abril


Pernambuco confirmou, nesta segunda-feira (20.04), 231 novos casos da Covid-19. Com isso, o Estado totaliza 2.690 ocorrências do novo coronavírus. Desses, 1.924 estão em isolamento domiciliar e 432 internados, sendo 76 em UTI e 356 em leitos de enfermaria. Além disso, o boletim aponta 100 pacientes já recuperados da doença. Até agora, os casos confirmados estão distribuídos por 86 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmadas laboratorialmente 18 novas mortes (10 homens e 8 mulheres), de pessoas residentes no Recife (7), Olinda (3), Paudalho (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Macaparana (1), Igarassu (1), Paulista (1), Camaragibe (1) e Caruaru (1). Os pacientes tinham idades entre 51 e 87 anos, e faleceram entre os dias 14.04 e 19.04. Com isso, o Estado totaliza 234 mortes pela Covid-19. As faixas etárias dos novos óbitos são as seguintes: 50 a 59 (3); 60 a 69 (5); 70 a 79 (5) e com 80 anos ou mais (5).

Dos 18 pacientes que vieram a óbito, 12 apresentavam comorbidades: hipertensão (6), diabetes (7), obesidade (1), doença renal crônica (2), doença de parkison (2), Alzheimer (3), câncer (1), doença pulmonar obstrutiva crônica (1) e histórico de AVC (1). Os demais não tinham relatos de comorbidades associadas em suas fichas de notificação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 984 casos foram confirmados e 684 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.

Isolamento Social - Nesta segunda-feira (20.04), durante coletiva de imprensa, o secretário estadual de Saúde, André Longo, reforçou a relevância da população em manter o isolamento social e as medidas de higiene e etiqueta respiratória para a diminuição de novos casos da Covid-19 no Estado.

"Apesar de todos os esforços adotados pelo Governo de Pernambuco em ampliar a rede de atendimento para os pacientes com a doença, é de fundamental importância que os cidadãos respeitem as normas de isolamento social. Se faz necessário para que ocorra o achatamento da curva do número de casos que vem sendo registrados em Pernambuco. Os números apontam que estamos praticando cerca de 50% do isolamento, enquanto o ideal seria de 70%", pontuou André Longo.

Pernambuco tem uma taxa de ocupação de 99% dos leitos de UTI para atender os pacientes com o novo coronavírus. "Esta realidade é crítica. E é importante lembrar que a taxa de letalidade desta doença é dez vezes maior que a última epidemia enfrentada no Estado, a H1N1".
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: