Caixa reduz filas para pagamento do Auxílio Emergencial em todo o país

Na manhã desta quarta-feira (6), várias agências tiveram filas zeradas logo após o horário de abertura.


A CAIXA registrou, nesta quarta-feira (6), uma redução considerável das filas nas agências em todo o país. Em muitos casos, unidades que antes tinham aglomerações de pessoas em busca do saque do Auxílio Emergencial tiveram suas filas zeradas antes da abertura das portas, às 8h, resultado das medidas do banco para agilizar o atendimento.

O banco reforça que não é preciso madrugar nas filas. Todas as pessoas que chegarem nas agências durante o horário de funcionamento, de 8h às 14h, serão atendidas. Mesmo com as unidades fechando às 14h, o atendimento continua até o último cliente do dia. A CAIXA continua atenta à situação das filas em todo o Brasil e sem medir esforços para que as filas dimuam significativamente.

Entre as medidas, destaque para as parcerias com prefeituras de cerca de 500 cidades, que contribuíram para a sinalização e organização das filas e instalação de impressoras para facilitar a triagem fora da agência, sempre levando em conta os cuidados necessários para evitar a transmissão do novo coronavírus.

A CAIXA também está reforçando o atendimento nas agências com mais 3 mil funcionários, além de alocar 4.800 vigilantes e quase 900 recepcionistas para organizarem as filas e orientarem o público.

Cinco caminhões-agência itinerantes também estão atendendo em locais com maior necessidade, conforme cronograma abaixo:

  • Alfredo Chaves (ES) - até 08/05;
  • Nova Xavantina (MT) - 07 a 16/05;
  • São Felix do Xingu (PA) - 07 a 15/05;
  • Buriticupu (MA) - 12 a 15/05;
  • Viseu (PA) - 14 a 29/05.

O esforço do banco visa atender a população com mais qualidade e garantir que o auxílio chegue a quem realmente precisa, nessa que é a maior ação de bancarização da história do país.

Balanço

Desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento, 50 milhões de brasileiros já receberam o crédito do benefício, ou seja, um em cada três adultos. Ao todo, mais de R$ 35 bilhões já foram creditados.

Até 9h desta quarta-feira (6), 51,1 milhões de cidadãos se cadastraram para solicitar o benefício. O site auxilio.caixa.gov.br superou a marca de 696 milhões de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 130 milhões de ligações. O aplicativo Auxílio Emergencial CAIXA conta com 76,9 milhões de downloads e o aplicativo CAIXA Tem, para movimentação da poupança digital, ultrapassa 82 milhões de downloads.

Postar um comentário

0 Comentários