Governo cria site para acompanhar pedido do auxílio emergencial de R$ 600


O governo federal lançou um site para quem precisa acompanhar a situação do pedido do auxílio emergencial de R$ 600. Agora, além do site da Caixa, a consulta também pode ser feita em www.cidadania.gov.br/consultaauxilio ou consultaauxilio.dataprev.gov.br.

Será preciso informar:
  • CPF
  • Nome completo
  • Nome da Mãe
  • Data de nascimento

Na consulta, é possível acompanhar o detalhamento do pedido como resultados, as datas de recebimento e envio dos dados pela Caixa à Dataprev e vice-versa, além do motivo em caso de benefício negado. A análise da segunda solicitação também poderá ser conferida, segundo a Dataprev.

"O objetivo é dar transparência ao procedimento de análise, processamento, homologação e pagamento do benefício", disse a Dataprev.

Dados analisados

Um total de 97,7 milhões de cadastros passaram pelos sistemas da Dataprev e foram homologados pelo Ministério da Cidadania, incluindo informais, beneficiários do Bolsa Família e quem está no Cadastro Único. Segundo a Dataprev:

  • 50,5 milhões foram aprovados
  • 32,8 milhões tiveram o benefício negado
  • 13,7 milhões estão com dados inconclusivos e precisam de novo cadastro

Auxílio emergencial de R$ 600 Quem tem direito?

  • Idade: Maior de 18 anos.
  • Ocupação: Trabalhador sem carteira assinada, autônomo, MEI (microempreendedor individual), desempregado, contribuinte individual da Previdência.
  • Renda: Renda por pessoa da família de até R$ 522,50 ou renda familiar de até R$ 3.135. Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.
  • Não recebe: Não tem direito quem já recebe seguro-desemprego, BPC, aposentadoria ou pensão. Qual o valor? 3 parcelas de R$ 600 - Máximo de dois benefícios por família - 3 parcelas de R$ 1.200 para mulheres chefes de família.

Como pedir o benefício?
  • Site: auxilio.caixa.gov.br
  • App: Caixa Auxílio Emergencial, disponível para sistema Android e iOS

Como receber o dinheiro?
Na inscrição, o beneficiário escolhe entre receber o recurso em uma conta existente em qualquer banco ou a Caixa vai abrir automaticamente uma poupança social digital.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: