Assaltantes de bancos morrem em confronto com a polícia em Areia, na Paraíba; Um dos envolvidos era de Santa Cruz do Capibaribe


Uma intensa troca de tiros durante um confronto entre a Polícia Militar e criminosos que tentavam assaltar uma agência bancária, resultou na morte de alguns dos assaltantes na madrugada desta quarta-feira, 17 de junho, na cidade de Areia, na Paraíba.

De acordo com o comando da Polícia Militar, a Polícia Federal havia passado informações de que um grupo de criminosos se preparava para assaltar uma agência bancária na cidade de areia. Com base nesta informação, a PM se preparou e ficou a espera da quadrilha. Durante a madrugada, os suspeitos chegaram na cidade com objetivo de atacar a agência bancária, porém foram surpreendido pela polícia, houve troca de tiros e seis criminosos morreram, outro saiu ferido e outro foi preso.


Uma picape, armas de grossos calibres, explosivos, dois revólveres entre outros objetos foram apreendidos. Nenhum policial se feriu. Os assaltantes espalharam grampos nos acessos à cidade para dificultar o acesso da polícia, mas desta vez se deram mal.

A ação contou com cerca de 40 militares do Batalhão, do GATE e do GEOsAC. Os assaltantes também usaram serras elétricas para cortar árvores numa das rodovias de acesso a Areia. Segundo a PM, os ladrões são da Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e São Paulo.

Um dos envolvidos que morreu no confronto, identificado como Leandro Henrique Neves Oliveira, de 25 anos de idade (foto abaixo), residia no bairro Bela Vista, em Santa Cruz do Capibaribe, no agreste de Pernambuco.

Postar um comentário

0 Comentários