Magalu

Corpo de idosa é enterrado por outra família após ser trocado no Hospital Regional do Agreste em Caruaru


Uma idosa de 96 anos foi enterrada por outra família por engano, depois que os corpos foram trocados no Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Segundo o neto da idosa, ela deu entrada na unidade de saúde com infecção urinária, mas na segunda-feira (29) de manhã sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

De acordo com a família, quando o neto foi ao hospital para retirar o corpo da avó, viu que não era ela, e começou a buscar pelo corpo. Como no RHA foram registradas duas mortes, as vítimas foram verificadas e descobriram que a troca foi feita com uma mulher que morreu de Covid-19. Como o caixão estava fechado, e não pode ser aberto pela causa da morte, a família não tinha como ver o corpo da parente.

Através de nota, o Hospital Regional do Agreste lamentou o ocorrido e disse que as medidas legais estão sendo tomadas para a resolução do caso. Uma comissão de sindicância já foi formada para apurar a situação, detectar as falhas, apontar os culpados e evitar que fatos como esse voltem a acontecer. A direção disse ainda que está à disposição da família e das autoridades para esclarecer o que aconteceu.

A família da idosa informou que prestou um boletim de ocorrência. Já a outra família, a produção do AB1 ainda não conseguiu entrar em contato, até a publicação desta matéria.

Informações do G1.

Postar um comentário

0 Comentários