Magalu

Feira Artesanal Nordeste é adiada, mas produção de artesanato continua a todo vapor

Evento de produtos e técnicas de artes manuais, previsto para acontecer em setembro, em Olinda, é movido para abril de 2021.

Pesquisa aponta que artesãos e comerciantes de insumos para artesanato estão mais ativos online e público geral redescobre os benefícios do crochê, tricô e tantas outras técnicas.

Rita e Wander Mazzotti - WR SAO PAULO.

A WR São Paulo, realizadora da Artesanal Nordeste, feira de produtos e técnicas de artes manuais e artesanato que conquistou artistas, artesãos e consumidores, prevista para setembro de 2020, comunica novo adiamento, para 21 a 25 de abril de 2021, no Centro de Convenções de Pernambuco (Olinda, PE).

Com a inviabilidade de realização de feiras como a Artesanal Nordeste, que emprega direta e indiretamente centenas de pessoas, viabiliza a comercialização de produtos, valoriza a produção de artesanato e garante fonte de renda a milhares de famílias, os trabalhos manuais ganharam novos tons. 

RAIO-X DA PESQUISA

De acordo com pesquisa realizada pela WR com empresas da indústria e comércio de insumos para artesanato, os consumidores que ainda não tinham bastante estoque fizeram uma corrida inicial, com compras únicas de grande volume para estocar matéria-prima em casa, e depois puseram-se a produzir.

As máscaras lideraram a lista dos itens mais produzidos. Quem tinha elástico em estoque, os viu desaparecer. Divertidas, lisas, com pregas, sem costura, de personagens, para crianças... o item de proteção pessoal ganhou uma variedade sem fim. Elas começaram a ser feitas tanto como hobby como para conseguir uma renda extra.

As entrevistas levantaram também que as compras, apesar de mais volumosas, se concentraram em itens de menor valor, como é o caso dos materiais para fazer amigurumis (bonecos em crochê ou tricô) por exemplo.

Com a obrigatoriedade do fechamento das lojas físicas, quem já vendia online (72,5%), concentrou esforços para direcionar os consumidores para o site, mas também abriu a possibilidade de vendas por e-mail, whatsapp e telefone, antes ainda indisponíveis. A flexibilidade permitiu um impacto negativo menor no faturamento com relação ao ano anterior. 

Quem ainda não tinha familiaridade com o digital, correu para as redes sociais e as vendas, em geral, finalizaram via whatsapp.

REDESCOBERTA

A empresária Sônia Savério sempre fez trabalhos manuais por hobby. Por conta da diminuição da quantidade de trabalho na quarentena, comprou algumas linhas novas, tirou a poeira das que estavam no baú e já fez mais de 15 bonecos de amigurumi nos últimos 45 dias. “É minha terapia. Ajuda a me concentrar numa única coisa, esquecer um pouco dos problemas que a pandemia está trazendo e produzir essas belezinhas para mim, para presentear e até pra minha filha que é médica, está trabalhando e não posso ver”, conta.

E a ciência comprova os benefícios do fazer manual durante momentos como a pandemia. De acordo com a médica Roberta Ribeiro, formada pela Unifesp e qualificada em Mindfulness pela Medical School da Universidade de Massachusetts, focar a atenção numa tarefa como o artesanato é tão benéfico quanto meditar. “Quando você consome as notícias neste período, no geral, a sensação que gera é de medo, insegurança e ansiedade. Ao passo que quando você escolhe colocar sua atenção numa prática manual, você encontra um refúgio e consegue entrar num estado em que está totalmente imerso naquilo, caracterizado por um sentimento de total envolvimento e sucesso no processo - que é o que o psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi chama de estado de flow. É um autocuidado e um fortalecimento de si mesmo”, explica Roberta.

Sobre a WR São Paulo - Especializada na promoção e organização de feiras e congressos, nacionais e internacionais, iniciou suas atividades em 1992, com a realização de eventos para o setor florestal. Em 2003, entrou no setor de arte, artesanato e artes manuais e, desde então, responde pela realização das principais feiras do setor, com ênfase na oferta de cursos, oficinas e workshops para capacitação e reciclagem de técnicas e de espaços de inspiração, com exposições, simulações de ambientes, instalações etc. O calendário de feiras da WR inclui a Brazil Patchwork Show e Brazil Scrapbooking Show (São Paulo), Artesanal Nordeste (PE), Mega Artesanal (São Paulo), Patch & Arte SP (São Paulo) e Artesanal Sul (Rio Grande do Sul).

Mais informações em https://www.wrsaopaulo.com.br/
ARTESANAL NORDESTE
DATA: 21 a 25 de abril de 2021
Das 11h às 19h
LOCAL: Centro de Convenções de Pernambuco 
ENDEREÇO: Av. Professor Andrade Bezerra, s/n. Salgadinho - Olinda/PE
INGRESSOS: R$ 10 inteira / R$ 5 meia entrada
Proibida a entrada de menores de 12 anos, exceto lactentes até 2 anos.

Postar um comentário

0 Comentários