Ministério Público apura irregularidades em Coffee Breaks da Secretaria de Educação de Santa Cruz do Capibaribe

Secretário de Educação, Joselito Pedro/Divulgação.
O Ministério Público de Pernambuco instaurou procedimento para apurar denúncia dos Vereadores Carlinhos da Cohab e Ernesto Maia sobre possíveis irregularidades na Secretaria de Educação do município. 

O caso envolve suspeitas de não cumprimento de contrato para fornecimento de coffee break a professores em capacitação no ano de 2015. 

Na denúncia os vereadores relataram que a Secretaria de Educação contratou vários itens, tais como: queijo do reino, queijo provolone, mussarela, pastéis, porém nada disso foi servido aos professores. Assim, o secretário de educação Joselito Pedro, que assinou o atesto, teria praticado ato de improbidade administrativa.


Postar um comentário

0 Comentários