Após pressão de sindicatos e associações, prefeito Edson Vieira retira projeto que visava suspender repasses para a previdência


Após uma grande movimentação por parte de líderes sindicais e servidores municipais de forma geral que se organizaram e lutaram juntos contra um projeto de Lei do poder executivo que visava suspender o repasse das obrigações patronais à previdência, o prefeito Edson Vieira pediu nesta quarta-feira, 15 de julho, a retirada do projeto de lei 008/2020.

O projeto seria votado amanhã na Câmara de vereadores e os sindicatos e associações se articularam nos últimos dias, fizeram uma mobilização muito bem organizada, lançaram uma carta aberta à população hoje e já se preparavam para intensificar as movimentações amanhã contra a aprovação deste projeto que prejudicaria o futuro da previdência própria do município e a aposentadoria dos servidores.


Postar um comentário

0 Comentários