Magalu

Veja 5 dicas para deixar o carro seguro e higienizado na pandemia

A preocupação com a proliferação do covid-19 trouxe um alerta para as pessoas ficarem mais atentas com a questão da higiene do veículo; especialista explica quais medidas são necessárias para garantir a segurança de todos.


A chegada do novo coronavírus que pegou o mundo de surpresa gerou diversas mudanças no cotidiano dos brasileiros. Porém, no último mês, o governo começou a afrouxar a quarentena em alguns locais e muitas pessoas tiveram que voltar a trabalhar, mesmo que de forma reduzida e seguindo medidas de segurança. Assim, muitos resolveram colocar o carro na rua como forma de evitar o transporte público. Para se ter uma ideia, de acordo com um levantamento realizado pela startup Kovi, maior startup de aluguel de veículos, que atua em São Paulo e Porto Alegre, as cidades tiveram respectivamente um aumento de 47% e 60% na procura de aluguéis de carros com a retomada.

De acordo com Thiago de Oliveira Sheralli, CEO da empresa Sheralli - Estética e Serviços Automotivos, com este cenário de grande quantidade de veículos nas ruas, é preciso que o motorista se preocupe com a higienização interna do carro para evitar uma proliferação ainda maior do vírus. “Manter o interior do veículo limpo e organizado, além de ser extremamente importante em tempos de pandemia, traz benefícios estéticos, a aparência de novo ajuda a elevar autoestima e também contribui para manter o carro valorizado no momento de compra/venda”, explica o especialista que atua nesse ramo há 4 anos.

Ainda segundo o especialista, mesmo com essa necessidade de limpeza atual, muitos têm receio de procurar por esse serviço por acharem caro e só buscam em casos extremos de sujeira ou até em casos de coronavírus na família. “Precisamos ter consciência da importância da limpeza nesse momento, assim como lavar as mãos, por exemplo. Para quem preferir, também é possível realizar a limpeza em casa”, complementa Thiago.

Abaixo, ele lista cinco dicas para manter a higiene do carro na pandemia. Confira:

1 - Invista em uma higienização com Raio UV-C: a radiação UV-C elimina todo e qualquer vírus, ácaros, fungos e bactérias - inclusive aquelas que causam o mau cheiro. “Onde a luz toca o local fica livre, pois o processo de desinfecção não depende da ação humana, as próprias ondas eletromagnéticas fazem o trabalho de destruir o DNA e RNA dos microrganismos. Para esses momentos, é uma ótima opção”, salienta.

“Em carros de passeio esse processo leva em torno de cinco minutos. A desinfecção nas superfícies do veículo onde os usuários têm contato, como bancos, vidros, maçanetas, cinto de segurança, volante, câmbio, ou seja, pontos onde há risco direto de contaminação. O foco deste trabalho é combater a proliferação do coronavírus”, complementa.

2 - Utilize produtos específicos de descontaminação: esses produtos podem ser encontrados facilmente no mercado como: germicidas, desinfetantes,álcool volume 70º, por exemplo. “Eles agem em pequenas manchas e no combate de vírus e bactérias”, diz Thiago. 

3 - Fique atento aos erros: antes de decidir qual será a higienização do seu carro, o proprietário precisa também definir qual benefício está buscando. “Apenas estético para remover manchas e manter a aparência de novo no interior do veículo e/ou no combate à proliferação de vírus e bactérias. Processos bem definidos aliados aos produtos de qualidade elevam o resultado de todo e qualquer serviço diminuindo assim as chances de frustração”, explica.

4 - Busque produtos de fácil acesso: procure por lenços umedecidos com álcool 70º, álcool 70º aerosol, álcool gel, borrifador com lysoform para aplicar nos pés e tapetes ao entrar no carro. “Sempre que entrar no carro aplicar produtos nas áreas de maiores contato”, esclarece.

5 - Higienize com uma certa frequência: esse processo depende muito de pessoa para pessoa. Em casos de motoristas de aplicativos, é recomendado ao menos um vez por semana com manutenção diária, por conta do fluxo de pessoas que entram e saem dos veículos. “Para pessoas que normalmente andam sozinhas no carro, recomendamos a desinfecção ao menos uma vez ao mês seguida de manutenção periódica. O importante é escolher a melhor forma de higienizar o seu carro para ajudar no combate do vírus”, finaliza.

Postar um comentário

0 Comentários