Magalu

Como fazer o planejamento financeiro pós-pandemia e para 2021

Alessandra Moreira*

O planejamento financeiro tornou-se fundamental no mundo pós-pandemia. Ter controle do seu orçamento traz maior tranquilidade e fôlego para passar por qualquer imprevisto sem desespero. Entenda o caminho:

1 – Controle orçamentário:

O primeiro passo é conhecer o orçamento familiar (receitas x despesas). Levante todas as despesas e receitas e, se necessário, trabalhe para reduzir as despesas. Uma dica é fazer uma planilha no Excel indicando o quanto você vai precisar guardar por mês. Por exemplo, supondo que possa gastar por mês até R$ 500 em roupas, sapatos e bolsas, mas você gastou R$ 700, no próximo mês terá de baixar para R$ 300 o teto de gastos com esses itens.

Caso tenha outras dívidas, sobretudo parcelamento no cartão de crédito ou cheque especial que têm juros altos, atue para reduzi-las.

Como já estamos no final do ano, o ideal é fazer o planejamento financeiro para 2021 e sempre reservar um valor para investimentos com o objetivo de começar a construir sua independência financeira. Lembrando que, quanto mais jovem, menor o valor necessário mensal para garantir essa independência. Com 20 anos, por exemplo, o ideal é guardar de 10 a 20% da renda.

2 – Reserva de emergência

Crie uma reserva de emergência. O ideal é guardar de seis a 12 meses do total das despesas (fixas e variáveis). Por exemplo, se você gasta R$ 1.000 por mês, precisará acumular R$ 12 mil na reserva. Como a reserva de emergência tem alta liquidez e menor risco, ela nunca pode ficar desfalcada. Portanto, quando usá-la é preciso repor.

3 – Comece a construir independência financeira

Primeiro ponto a entender é “O que é a independência financeira”, é quando não preciso mais me preocupar que a renda mensal seja obtida da renda do trabalho e sim do patrimônio que foi construído ao longo do caminho e a independência financeira varia de acordo com o desejo e os padrões de cada pessoa.

A busca da independência financeira depende de algumas variáveis, que são a renda e que deseja no futuro, a idade que quer começar a receber a renda e expectativa de vida. Exemplo: hoje tenho 37 anos, quero ter uma renda de R$ 7.000,00 a partir dos 68 anos e com expectativa de vida até os 90 anos. Então serão 31 anos acumulando recursos financeiros (idade futura menos a idade atual 68-37) que proverá a renda de R$ 7.000,00 que deverão durar por 22 anos(idade expectativa de vida menos idade começa a receber a renda 90-68. Tudo isso deve ser levado em consideração para construir a sua independência financeira, inclusive histórico de saúde familiar para estimar sua expectativa de vida média.

Hoje, existem diversas produtos e formas de investimentos, e aqui a dica é diversificar para tentar proteger ao máximo o seu patrimônio. Lembrando que, quanto mais jovem, menor o valor necessário mensal para garantir essa independência.

Por fim, seguindo essas dicas, você conseguirá fazer um planejamento financeiro eficiente, lembre-se sempre de monitorar as suas receitas e despesas, reservar capital para reserva de emergência e começar a construir sua independência financeira.

*Alessandra Moreira é assessora de investimentos certificada e com mais de 30 anos de experiência no mercado financeiro.

Postar um comentário

0 Comentários