Magalu

Ex-prefeito Edson Vieira deixou dívidas milionárias e não pagou salários de dezembro a servidores públicos de Santa Cruz


O prefeito recém empossado em Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP) se reuniu na tarde desta sexta-feira, 8 de janeiro, com representantes de sindicatos e associações de servidores públicos do município para passar informações sobre a situação deixada pela gestão anterior do prefeito Edson Vieira.

De acordo com o prefeito Fábio Aragão, a gestão anterior omitiu dados durante a transição e a atual gestão não teve acesso a nenhuma senha para acesso a contas bancárias e sistemas da prefeitura, tendo que recriar senhas para tudo e ir em busca de liberar acesso a contas. Além disso, Fábio detalhou débitos milionários deixados pela gestão Edson Vieira em contratos com empresa de Internet, com a empresa que faz a coleta de lixo no município, com salários de servidores, entre outros.

"A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe está com um rombo milionário em suas contas, os servidores estão com salários atrasados e eu vou detalhar aqui estas contas. Primeiro uma que acabou de chegar de uma companhia de Internet que está fazendo a cobrança dos meses de novembro e dezembro, da prestação dos serviços de Internet, o valor é 6 mil Reais atrasados. A gestão Edson Vieira também ficou devendo à empresa Vialim o valor de R$ 1.792.729,85, referente a vários períodos do ano passado, principalmente nos três últimos meses." Detalhou Fábio Aragão em live após a reunião com servidores.

O prefeito Fábio ainda falou sobre um parcelamento feito pelo ex-prefeito Edson Vieira de um débito com a Celpe no valor de R$ 1,947 milhão, parcelado em 34 meses e deixado para a atual gestão pagar.

"Na educação, em 31 de dezembro de 2020 tinha nas contas da prefeitura R$ 119 mil, porém, os restos a pagar, referente a salários e obrigações patronais, chegam a um total de R$ 2.144 milhões". Disse Fábio Aragão.

O prefeito informou ainda que nas contas da Prefeitura referentes à pasta da saúde foi deixado um saldo de R$ 9.931,00, porém as contas a pagar somam R$ 1.783 milhão. Em outra conta da prefeitura, segundo Fábio, havia um saldo de R$ 27 mil, porém as contas a pagar somam R$ 325 mil.

Além de todos os débitos apresentados, o prefeito ainda informou que a Prefeitura está perdendo recursos importantes porque a gestão de Edson Vieira a deixou negativada no CAUC, um serviço que disponibiliza informações acerca da situação de cumprimento de requisitos fiscais necessários à celebração de instrumentos para transferência de recursos do governo federal, pelos entes federativos, seus órgãos e entidades, e pelas organizações da sociedade civil (OSC).

Para os servidores públicos o prefeito Fábio Aragão disse que lamenta toda essa situação, mas que sua gestão assumiu de mãos atadas, que entende e lamenta a situação de cada servidor que precisa de seus salários e que a gestão anterior não honrou com este compromisso e que sua equipe está trabalhando incansavelmente para tentar encontrar soluções para os problemas deixados pelo ex-prefeito.

Veja o vídeo da live feita pelo prefeito:


Postar um comentário

0 Comentários