Oftalmologista e pediatra dão dicas de saúde para o Dia das Crianças

Feriado deste sábado (12) precisa de cuidados em algumas brincadeiras.


Muitas famílias vão aproveitar o feriado do próximo sábado (12), Dia das Crianças, para brincarem com seus filhos. Atividades em parques, praias ou até mesmo em casa estão nos planos dos papais e das mamães para a data com seus pequenos. A oftalmologista Catarina Ventura e a pediatra Paula Maia dão alguns alertas para que as brincadeiras não virem uma dor de cabeça.

A médica do Instituto de Olhos Fernando Ventura sugere que o passatempo seja ao ar livre. Em casa, a tendência é que a criança fique presa muito tempo ao computador, videogame ou celular. Um dos distúrbios que poderá ocorrer pelo excesso de exposição às telas é a miopia, um erro de refração que afeta a visão à distância das pessoas.


“Isso acontece por usarmos a visão sempre de perto. O uso frequente de telas pode causar ainda olho seco, ardência, e tem um papel importante na progressão da miopia. Atualmente, crianças de 6 anos já precisam de óculos. Em décadas passadas, os jovens brincavam mais nas ruas, tinham outras formas de diversão. Tem de ter bom senso dos pais para controlar os filhos. É preciso interagir com as crianças, brincar com eles”, destacou a oftalmologista do IOFV.

Já a pediatra Paula Maia, tutora da Faculdade Pernambucana de Saúde, faz alguns alertas caso a brincadeira seja dentro de casa. De acordo com ela, a cozinha é o local mais propenso a acidentes com os pequenos. Fogão, botijão de gás, tomadas, baldes, talheres e objetos cortantes tornam-se elementos de alto risco. Além de produtos químicos, que podem causar intoxicação e queimaduras.

“A dica que eu dou é que, no fogão, use as bocas de trás, mais distantes, assim a criança não consegue alcançar, não corre o risco de se queimar. Produtos de limpeza também devem ser armazenados longe do alcance. Com os brinquedos, a dica é que ele seja maior que o pulso da criança. Isso significa que, caso coloque na boca, ela não vai engasgar, nem sufocar”, acrescentou a pediatra da FPS.

Outras dicas da oftalmologista Catarina Ventura

- Brincar ao ar livre;

- Se for usar as telas, evite ficar mais de uma hora sem pausa. Faça intervalos, olhe pela janela, estimule a visão de longe;

- Use colírios lubrificantes;

- Pisque mais os olhos;

- Se for assistir um vídeo no celular, pareie para a SmartTV. Quanto maior a tela e distância, melhor para os olhos.

Outras dicas da pediatra Paula Maia

- Mínimo de móveis possíveis em casa, principalmente se a criança estiver aprendendo a andar. Evitar mesas de centro e quadradas. Caso tenha quadrada, coloque dispositivos de silicone nas pontas para amortecer;

- Sempre supervisionar a criança;

- Cozinha é o local com maior número de acidentes com crianças;

- Se usar brinquedos, só com selo do Inmetro;

- Cada idade tem um tipo de acidente mais comum. Os bebês estão mais expostos às quedas. Os com 5 anos, estão propensos a quedas de bicicleta, choque elétrico ou queimadura, por exemplo.
Anterior
Próxima

Blogueiro, editor do blog Merece Destaque, apaixonado por comunicação e por fotografia, Almir Neves gosta de inovar e aceitar novos desafios.

0 Comentários: