Magalu

A importância dos alongamentos físicos no dia a dia


Se você já frequentou alguma academia ou praticou fisioterapia, sabe a importância do alongamento físico e dos benefícios que ele traz para o corpo humano. Essa prática aumenta e mantém a flexibilidade dos músculos, reduz as tensões musculares, previne lesões, ativa a circulação sanguínea e muito mais. “Todos nós devemos reservar algum tempo do dia para fazer alongamento, não apenas os atletas ou quem pratica atividade física. É muito importante para o nosso corpo quando realizamos alongamentos independente da idade, só precisamos respeitar a estrutura muscular, a flexibilidade e o limites individuais do nosso corpo”, destaca a fisioterapeuta do Sistema Hapvida, Grace Kelly.

São muitos os benefícios, entre eles, a melhora na postura, e também ajuda a prevenir as possíveis dores na região do pescoço, ombros, antebraço e punhos. “As pessoas que estão trabalhando no estilo home office durante a pandemia precisam ficar atentas e implementar essa prática, mesmo que por pouco tempo diariamente. Assim, podem evitar possíveis complicações e lesões, como a tendinite, por exemplo, que é a inflamação ou lesão do tendão por excesso de esforço ou atividade repetitiva”, pontua a especialista.

Se você tem uma rotina de sedentarismo, pode sentir uma dificuldade maior na realização dos exercícios, mas com o tempo e a regularidade o corpo vai se adequando aos movimentos. “Separe 30 minutos do dia, fique em um ambiente onde possa ter tranquilidade, coloque uma música relaxante (se preferir) e se concentre. Também é importante controlar a respiração”, finaliza.

Sobre o Sistema Hapvida

Com 6,5 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como o maior sistema de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, América, Promed e Ame, RN Saúde, além da operadora Hapvida. Atua com mais de 30 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 39 hospitais, 194 clínicas médicas, 42 prontos atendimentos, 177 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

Postar um comentário

0 Comentários