O Boticário é a maior rede de franquias do Brasil

O Boticário é a maior rede de franquias do Brasil
Boticário ultrapassa McDonald's e passa a ser a maior rede de franquias. 
Mudança reflete poder das mulheres no mercado de consumo no Brasil. Setor de franquias deve faturar R$ 102 bi em 2012 no País.

Foto: Divulgação

A rede brasileira de perfumarias O Boticário transformou-se na maior rede de franquias no Brasil, superando pela primeira vez a liderança histórica da cadeia americana McDonald’s no País. 

A mudança reflete o grande poder de compra das mulheres, cuja participação no mercado de trabalho é elevada no Brasil se comparada a de outros países, situando-se em torno de 45%, afirma o diretor executivo da Associação Brasileira de Franquias (ABF), Ricardo Camargo. 

“O Brasil já é o terceiro maior mercado de cosméticos do mundo, atrás apenas do Japão e Estados Unidos”, diz o executivo. 

A entidade divulgou hoje um ranking com as maiores empresas que operam sob o sistema de franquia no Brasil, por faturamento. No entanto, não foram divulgadas as vendas de cada uma das empresas, apenas suas posições na lista. Os franqueados pagam royalties aos detentores de uma determinada marca (franqueadores) e o sistema pode ser aplicado em várias atividades, desde lojas de vestuário a postos de gasolina e supermercados. 

O McDonald’s, que se instalou no Brasil nos anos 80 e por muito tempo foi a maior rede de franquias no País, ainda ocupa o segundo lugar no ranking. Em terceiro e quarto lugar estão a rede de supermercados populares Dia%, braço do grupo Carrefour, e a revenda Colchões Ortobom. A rede de fast-food brasileira Habib’s aparece em quinto no ranking da ABF. 

No passado, o McDonald's enfrentou problemas com seus franquedos no Brasil, que processaram a multinacional. A matriz americana preferiu não ter mais a gestão direta e acabou vendendo suas operações em toda a América Latina para um master franqueado, a Arcos Dorados, que abriu capital na bolsa de Nova York. 

Segundo Camargo, é esperado que o setor de franquias supere neste ano a marca de R$ 100 bilhões em vendas no Brasil, onde esse segmento cresce numa velocidade duas vezes maior que o varejo de forma geral . A ABF estima que o setor irá crescer 15% neste ano, alcançando um faturamento de R$ 102 bilhões. 

No ano passado, o setor de franquias expandiu-se 16,9%, acima dos 15% inicialmente previstos, totalizando vendas de R$ 89 bilhões. 

Do iG São Paulo

Mais estúpido impossível. Falsário vira manchete mundial

Mais estúpido impossível. Falsário vira manchete mundial

Brasileiro que usava RG com foto de Jack Nicholson vira notícia do mundo todo.

Golpista foi preso no Recife usando identidade com imagem do ator americano.


História do golpista preso no Recife foi parar nas páginas do britânico Mirror, que o comparou com um filme famoso de Jack Nicholson.

Detido nesta terça (28) pela polícia pernambucana com uma carteira de identidade com a foto do ator americano Jack Nicholson, Ricardo Sérgio Freire de Barros, de 41 anos, ganhou fama mundial - não exatamente positiva. 

O falsário, que tentava abrir uma conta bancária no bairro de Boa Viagem, no Recife, e acabou preso por policiais civis, foi escrachado pelos principais jornais do mundo. 

O britânico Mirror, por exemplo, ironiza o golpista fazendo trocadilho com o título inglês do filme Melhor é Impossível (As Good as It Gets, ou “Tão bom quanto parece”), em que Nicholson atua. O jornal atesta em sua reportagem que o brasileiro fez uma tentativa criminosa “incompetente” ao botar uma imagem do ator em sua identidade para tentar dar um golpe. 

Na linha do Mirror, o Daily Mail também usou o título do filme para cravar em sua manchete: “Mais estúpido impossível”. O tabloide britânico diz mais: “O brasileiro pecou ao descumprir uma regra básica dos golpistas: não chamar atenção”. 

A rede CNN mostrou a história em seus telejornais e, no site da emissora, assinalou, também com ironia, que Freire de Barros, que tem 41 anos, achou que não seria reconhecido usando uma imagem de alguém pelo menos cinco décadas mais velho que ele – já que Nicholson tem 74 anos. 

O New York Daily News preferiu chamar o brasileiro de “um coringa que precisa de muitos ajudantes para sobreviver no mundo do crime” – em referência a outro papel célebre de Nicholson, no filme Batman de 1989. 

Por fim, o britânico Metro ressaltou que Nicholson “desempenhou personagens vivendo do lado errado da lei ao longo de sua carreira, mas jamais tentaria algo tão ridículo”.

Falsário brasileiro foi tema de reportagem do Metro, também do Reino Unido.
Fonte: R7

Mesmo preso ainda querem contratá-lo


O goleiro Bruno, ex-Flamengo, segue preso sob acusação de ter participado do desaparecimento de Eliza Samúdio, mas existem clubes interessados em sua contratação. Em entrevista à Rádio Estadão ESPN, o presidente do Guarani de Divinópolis, Edilson de Oliveira, afirmou que tentou levar o camisa 1 para o time mineiro e disse mais: um clube grande de São Paulo também mostrou interesse.

“Seria um grande lance para o Guarani. O problema das grades é da Justiça. A gente imaginou que traria um grande goleiro e faria um marketing que repercutiria em todo Brasil. Tentamos via judicial chegar nas pessoas que têm poder de decisão para o Bruno ser transferido - da prisão em Contagem, Grande Belo Horizonte - a Divinópolis, para que ele pudesse treinar, jogar as partidas na nossa cidade e voltar para a prisão”, disse Edilson.

O cartola afirmou que a negociação estava se encaminhando de forma positiva, mas uma pendência com o Flamengo impediu um final positivo. O goleiro não chegou a ser consultado. Edilson não descarta tentar a contratação novamente mais à frente. Ele preferiu não revelar o nome do Grande de São Paulo que também foi atrás de Bruno.

Segundo o ex-advogado do caso de Bruno, Cláudio Dalledone Júnior, no entanto, seria impossível contratar Bruno neste instante. “O Bruno não foi condenado. Ele ainda é um preso preventivo. Ele poderia trabalhar se tivesse em um regime semi-aberto. Mas ele esta aguardando um julgamento, e isso não dá direito nenhum dele se ausentar.”

Apesar de ter deixado a defesa de Bruno, Dalledone diz continuar acreditando que o jogador não participou do desaparecimento de Eliza Samúdio. “Acredito na inocência dele, mas não posso compactuar com a maneira pela qual ele vai se defender.”

Professores da rede estadual farão paralização em defesa do piso salarial

A paralisação faz parte da campanha nacional de aumento do piso salarial e o anúncio foi feito hoje (28) pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe). Ontem (27), o Ministério da Educação divulgou que o reajuste deste ano será de 22,22%.O piso dos professores com jornada de trabalho de 40 horas semanais passará de R$ 1.187 para R$ 1.451, retroativo a 1º de janeiro. O aumento é resultado de um acordo firmado na campanha salarial educacional 2011, mas os sindicatos lutam para que o reajuste chegue aos R$ 1.937,26. A decisão do governo é baseada no custo anual mínimo por aluno definido no Fundeb.

De acordo com a lei federal 11.738, de 2008, os governos que não tiverem verba para o pagamento deste valor podem solicitar recursos federais para a complementação da folha de pagamento. No entanto, segundo o MEC, há quatro anos, nenhum estado ou município recebeu recursos por não conseguir comprovar a falta de verbas para o cumprimento da folha.


Confira a nota oficial divulgada pelo Sintepe sobre a paralisação:


Mesmo acreditando que o reajuste seja uma vitória da educação pública, para o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) o governo interpreta a lei de forma equivocada e o piso deveria ser de R$ 1.937,26. Desta forma, o Sindicato vai aderir à paralisação nacional promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Nos dias 14,15 e 16 de março, o Sintepe convoca todos os professores da rede pública de Pernambuco para uma mobilização que vai cobrar o cumprimento da Lei do Piso.

Embalados, Ypiranga e Santa Cruz duelam hoje no Limeirão

Depois de aplicar a maior goleada do estadual, 6x0 contra o Petrolina, o Santa Cruz quer manter a empolgação para o confronto desta quarta-feira, 29, a partir das 21h50, diante do Ypiranga no Otávio Limeira, em Santa Cruz do Cabiparibe, pela 13º rodada do Pernambucano Coca-Cola 2012. Caso vença o duelo diante da Máquina de Costura e caso o Petrolina perca para o Serra Talhada no Pereirão, o Tricolor poderá entrar no G4 da competição. 

Atualmente os corais estão na quinta posição com 20 pontos. Para esta partida o técnico Zé Teodoro deverá repetir praticamente a mesma equipe da última partida. A única alteração deverá ser a volta de Leandro Souza no lugar de Éverton Sena. O goleiro Tiago Cardoso e o meia Natan seguem vetados pela departamento médico 
tricolor. Sendo assim, Diego Lima e Renatinho continuam no time. Eis a escalação: Diego Lima; Diogo, William, Leandro Souza e Dutra; Memo, Léo, Weslley e Renatinho; Carlinhos Bala e Dênis Marques.

Com uma sequência na equipe titular do Santa Cruz, o volante Léo quer continuar se aprimorando principalmente na marcação, um dos quésitos mais exigidos por Zé Teodoro. “Realmente meu forte nunca foi a marcação, todo mundo sabe disso. Sou um jogador mais de qualidade, vindo de atrás para ajudar meus companheiros da frente. Mas eu acho que tendo ritmo, sequência, entrosamento com os companheiros fica tudo mais fácil,” confessou.

Pelo lado do Ypiranga, o técnico Reginaldo Souza quer o time mantendo o embalo das duas vitórias sobre o América. Para o duelo contra o Santa Cruz, o treinador ganhou dois reforços. Na lateral esquerda, Jaime, ex-Náutico, fará sua estreia, afinal, o titular Teles está suspenso. Na zaga, Lucio pode ser acionado na vaga de Everaldo. 

A outra boa novidade pode aparecer no meio de campo. Thiago Laranjeira, que já passou pelo Santa Cruz, está bem fisicamente e tem tudo para ganhar uma vaga na equipe. Já o atacante Thomas Anderson, outro ex-jogador do Santa Cruz não foi regularizado e está fora do jogo. Por outro lado, Ludemar está de volta ao ataque da Máquina de Costura. O jogo será transmitido pela Globo local.

Concurso Top Model Revelação escolherá os melhores modelos do Agreste

A seleção acontecerá em Caruaru, Bezerros, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Surubim.
Todo mundo sonha em brilhar, seja na sua carreira profissional ou se tornar uma verdadeira estrela digna de Hollywood. Para quem deseja brilhar nas passarelas, estão abertas as inscrições para o concurso Top Model Revelação, da agência de modelos caruaruense Natan Maciel.
A seleção será entre modelos de 5 a 26 anos, tanto masculinos quanto femininos. A premiação é de R$ 4 mil dividido entre as categorias. As inscrições podem ser feitas em Caruaru,Bezerros, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Surubim.

Confira abaixo o calendário de inscrições:

Em Caruaru as inscrições serão de 19 a 21 de março, na sede da agência, localizada na rua Antônio Satú, n° 07-C, B no Centro, na 2ª rua por trás do Pátio de Eventos.

Em Bezerros, os candidatos podem se inscrever do dia 26 à 28 de março na Academia Saúde S/A, próximo a Prefeitura.

Em Santa Cruz do Capibaribe as inscrições serão do dia 2 à 4 de abril, Local, na casa de shows Fest Hall, próximo ao Clube Ipiranga.

Já em Toritama, os aspirantes a modelos devem se inscrever do dia 9 ao dia 11 de abril, no Clube Real Independente, no Bairro de Fazenda Velha.

E em Surubim as inscrições acontecerão entre os dias 16 e 18 de abril, no Clube AABB.

As inscrições são gratuitas. É necessário levar uma foto 10x15 e caso seja menor de 18 anos, o acompanhamento dos pais ou responsáveis.

Por: Manoel Segundo

Mais petróleo descoberto no pré-sal


Petrobras anuncia nova descoberta no pré-sal da Bacia de Campos.

A Petrobras anunciou na noite de ontem (28) a descoberta de uma nova acumulação de petróleo e gás na camada pré-sal, na Bacia de Campos, a 195 quilômetros da costa fluminense. O poço em que foi feita a descoberta, chamado Pão de Açúcar, foi perfurado a uma profundidade de 2.800 metros.

O teste indica produção diária de 5 mil barris de petróleo e 807 mil metros cúbicos de gás. O bloco onde o Pão de Açúcar foi perfurado, BM-C-33, já havia mostrado grande potencial por meio das prospecções Seat e Gávea, de acordo com a Petrobras. 

Estudos complementares serão realizados na área para confirmar a extensão e o volume da descoberta. A área é operada pela Repsol-Sinopec Brasil, que tem 35% de participação no bloco, em parceria com a Statoil (35%) e a Petrobras (30%).



Por Vitor Abdala Repórter da Agência Brasil
Edição: Graça Adjuto

Carta de filhos enlutados pela morte da mãe



Fim do silêncio após barbárie. Filhos de Arlete Negrão relatam, em carta, que ela morreu ao proteger irmã do assassino, que foi morto.
Foto: Clemilson Campos / JC Imagem.

Dez dias após a tragédia em um prédio de luxo no bairro de Parnamirim, na Zona Norte do Recife, a família da aposentada brutalmente assassinada a socos e pontapés pelo vizinho – que também esfaqueou a irmã – quebrou o silêncio. Os seis filhos de Arlete de Souza Negrão, 64 anos, assinaram uma carta em tom de desabafo, na qual clamam por paz e revelam que Arlete foi assassinada tentando proteger a irmã do agressor.

De acordo com o texto, o vizinho da aposentada Herbert Lucas Abreu Mendes, 22, entrou na casa dela arrombando a porta a chutes. O acusado resolveu invadir o local depois que Arlete abrigou a irmã dele, Samara Abreu Mendes, 18, que, ensanguentada, pediu ajuda no apartamento ao lado.

A carta também relata que as brigas no apartamento 203 – onde Herbert, Samara, um outro irmão e os pais moravam – eram frequentes. Arlete, segundo os filhos, após voltar da missa, no Sábado de Carnaval, “foi surpreendida com mais um tumulto vindo do apartamento 203. Gritos e pancadarias eram comuns no apartamento vizinho. Por diversas vezes, quando eram menores, ela interveio para apaziguar a briga entre os irmãos que passavam o dia inteiro sozinhos, enquanto os pais emendavam maratonas de plantões no trabalho.”

Para a família da aposentada, ela salvou Samara da morte. “Lucas, de 22 anos, após tentar matar a irmã e a mãe, arromba o apartamento de nossa mãe com chutes e a espanca com as suas mãos e os seus pés, sem nenhum objeto, apenas motivado pelo ódio, força e fúria. Arlete consegue livrar Samara da morte e é cruelmente espancada”, relata um dos trechos da carta.

O crime ocorreu na noite do sábado de Carnaval. Relatos de testemunhas dão conta que Herbert Lucas chegou ao edifício onde morava, Maison Chagall, na Rua Guedes Pereira, sem roupa e pulou o muro. Já em casa, no apartamento 203, brigou com a mãe e esfaqueou a irmã. Depois, invadiu o apartamento 204, de dona Arlete. Ela morava com a filha mais nova, que não estava em casa. Ele espancou a idosa, que morreu em decorrência de hemorragia interna resultado das pancadas, na manhã do dia seguinte.

Foto: Clemilson Campos/ Reprodução.

O jovem seguiu para o quarto andar, onde invadiu o apartamento 403, do auditor fiscal João Francisco de Lima Cruz, que terminou matando Herbert Lucas com um tiro. Os filhos de Arlete também defendem a atitude do auditor, que chegou a ser autuado em flagrante por homicídio, mas depois foi solto mediante decisão judicial.

“Infelizmente, no momento do ocorrido, não existia em nosso apartamento alguém como o Sr. João que conseguiu defender bravamente sua família em seu lar, após ter sua porta também arrombada por esse assassino em fúria.”

Naturais do Ceará, desde o brutal assassinato de Arlete, os filhos foram para o estado em que nasceram e onde ocorreu o enterro da aposentada. No último sábado, participaram da missa de sétimo dia da mãe.

Os parentes da idosa estão assustados, até porque essa é a segunda grande tragédia vivida pela família. Em 1994, o marido de Arlete foi assassinado no Ceará. A partir daí, a aposentada começou a criar sozinha os seis filhos: Eliza Raquel, Eliza Renata, Rosana, Davi, Robson e Francisco.

O crime está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil. Procurado pela reportagem, o delegado responsável pelo caso, Francisco Diógenes, afirmou que não falaria sobre o assunto. No entanto fontes da Secretaria de Defesa Social informaram que o inquérito deve ser concluído nos próximos dias.

Abaixo, a carta dos filhos na íntegra:

Filhos enlutados clamam pela paz após morte brutal de sua mãe

Quem imaginaria que seu próprio lar não seria o local mais seguro para passar o Carnaval?

Arlete de Souza Negrão, havia voltado da missa, como habitual, no sábado de Carnaval no bairro do Parnamirim. Foi surpreendida com mais um tumulto vindo do apt 203, gritos e pancadarias eram comuns soarem do apartamento vizinho. Por diversas vezes, quando eram menores, ela interveio para apaziguar a briga entre os irmãos que passavam o dia inteiro sozinhos, enquanto os pais emendavam maratonas de plantões no trabalho.

Dessa vez não foi diferente, Samara Abreu Mendes, de 18 anos, após ser agredida e esfaqueada pelo irmão mais velho Lucas Hebert Abreu Mendes, que, segundo testemunhas, estava drogado e voltava de uma festa de Carnaval, pede abrigo a Arlete. Lucas, de 22 anos, após tentar matar a irmã e a mãe, arromba o apartamento de nossa mãe com chutes e a espanca com as suas mãos e os seus pés, sem nenhum objeto, apenas motivado pelo ódio, força e fúria. Arlete consegue livrar Samara da morte e é cruelmente espancada. Podemos imaginar o pavor, o terror, o medo e o sofrimento físico em seu rosto. A dor de imaginarmos não ter ninguém ali naquele momento para defendê-la ou socorrê-la é imensa. Nossa mãe sofreu traumatismo craniano, fraturou costelas e bacia, uma hemorragia interna provocada por lesões graves no fígado, baço e rins, além da face desfigurada e irreconhecível.

Era uma idosa sim, mas que gozava de muita saúde, sem vícios ou doenças crônicas, apenas a fragilidade da própria idade. Era viúva, teve seu marido também assassinado em 1994, passando a cuidar dos seus seis filhos sozinha desde os 46 anos. Era muito religiosa, orava diariamente, ia à Igreja todos os dias, lia a Bíblia e educou seus filhos na fé e no amor, ensinando-lhes o caminho do bem. Mudou-se do Ceará para Recife para que seus filhos estudassem. Formou 04 médicos, 01 advogado e 01 dentista, todos em universidades públicas. A última filha conclui o curso de Medicina em 27-02-12 pela UFPE, cumprindo assim o seu honrado papel de mãe.

Nós, filhos de Arlete, estamos indignados! Uma mãe como essa, que nunca agrediu nenhum de seus próprios filhos, tinha que sofrer tamanha atrocidade pelas mãos de um assassino tão brutal? Filho de pais que não conseguiram ensinar o caminho do amor, da paz, da obediência, do bom exemplo... As drogas invadiram a nossa família de uma forma cruel e injusta sem sermos usuários e nem estarmos em ambientes expostos. Trata-se de uma mãe, em seu lugar mais sagrado e seguro, agredida até a morte por um rapaz que não foi ensinado sobre as verdadeiras regras da vida.

Esse rapaz foi sim uma vítima, mas dos próprios pais que foram omissos e ausentes em sua boa educação e não souberam ou não quiseram enxergar os verdadeiros problemas do filho. Somente esses pais poderiam ter evitado tamanha tragédia, poderiam ter evitado que outras famílias sofressem e pagassem pelos seus erros.

Infelizmente, no momento do ocorrido, não existia em nosso apartamento alguém como o Sr. João que conseguiu defender bravamente sua família em seu lar, após ter sua porta também arrombada por esse assassino em fúria.

Esse ano ainda nascerão mais dois netos de Arlete e eles aprenderão sobre a importância do amor, da fé, da paz e dos bons caminhos que devem ser seguidos. Tudo que Arlete ensinou a seus filhos será ensinado aos seus netos, os verdadeiros valores da vida.

Desejamos que toda essa barbaridade sirva de alerta a todos os pais, que fiquem atentos e tomem atitudes verdadeiras em relação aos problemas dos seus filhos, sejam eles relacionados a drogas ou não. A omissão, essa também é um crime!

Ceará, 27 de Fevereiro de 2012

FILHOS DE ARLETE DE SOUZA NEGRÃO

Eliza Raquel Negrão Grangeiro
Eliza Renata Negrão Grangeiro
Rosana Negrão Grangeiro
Davi Negrão Grangeiro
Robson Negrão Grangeiro
Francisco Negrão Grangeiro

Fonte: JC