Despesas da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe com Covid-19 ultrapassam R$ 7,2 milhões

Prédio onde funciona atualmente o Hospital de Campanha de Santa Cruz. Foto: Almir Neves.

A Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, soma despesas que ultrapassam R$ 7,2 milhões no combate ao Coronavírus, até esta quinta-feira, 8 de outubro, de acordo com dados disponibilizados no Portal da Transparência do município.

O valor empenhado é de R$ 9.315.025,33, já foram liquidados R$ 7.205.662,31 e já foram pagos 6.608.350,98. A maior parte dos gastos foi feito pelo Fundo Municipal de Saúde, porém alguns recursos foram direcionados também para a Secretaria de Educação, Secretaria de Governo e Desenvolvimento Social, Fundo Municipal de Assistência Social, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Secretaria de Planejamento e Gestão de Pessoas, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Gabinete do Prefeito.

Só com divulgação sobre Covid-19 em mídias, foram feitos dois empenhos nos meses de março e abril que somados ultrapassam R$ 17 mil.

Um gasto que chamou a atenção e ganhou destaque na mídia foi a compra de 20 lavatórios portáteis por R$ 50 mil em maio, onde cada um deles custou R$ 2.500, enquanto outros municípios pagaram R$ 300 por unidade em equipamentos semelhantes (Relembre AQUI).

O Hospital de Campanha para atendimentos de casos de Covid-19 foi montado em uma escola municipal e posteriormente foi transferido para um novo prédio, o qual foi construído para abrigar um Centro de Apoio Psicossocial para atendimento a dependentes de álcool e outras drogas (CAPS-AD). Por não estar funcionando como CAPS, o prédio está sendo usado como Hospital de campanha e centro de testagem de Covid-19.

Santa Cruz teve 2.973 casos confirmados de Covid-19 e 67 pessoas morreram em decorrência da doença, de acordo com o último boletim divulgado.

Postar um comentário

0 Comentários