Estudante envia nota de agradecimento e desabafo

Espaço do cidadão.

Eu sou Jaelcio Oliveira estudante da Universidade Federal de Pernambuco - CAA, cursando o Sétimo período de Ciências Econômicas, e me desloco diariamente para a cidade de Caruaru. Estou escrevendo esse texto para fazer um agradecimento e um desabafo como estudante universitário.

Hoje eu queria agradecer ao vereador Ronaldo Pacas que teve a sensibilidade para fazer um requerimento para questão do repasse dos Estudantes Universitários.

Sabemos que essa é uma luta que vem se alastrando desde o governo de José Augusto Maia, onde os universitários sempre ficam correndo atrás da boa vontade do poder publico, para que possa conseguir uma ajuda simbólica para o transporte. 
Temos o conhecimento que não é dever do poder municipal fazer o transporte universitário, mas se um governo que quer fazer a diferença, esse tem que dar o apoio necessário para que os seus cidadãos possa buscar sempre a qualificação e que no futuro bem próximo possamos estar colhendo os frutos dessas pessoas.

Para que uma cidade se desenvolva temos que solucionar os problemas que já existe e fazer um investimento em longo prazo para que possamos colher frutos no futuro.
E para todos os vereadores de minha cidade, quero deixar uma sugestão: 

1. É preciso que vocês criem uma lei municipal para que esses repasses aconteçam. Sem que seja preciso todo ano ou mês, uma cobrança dos estudantes para lembrar ao governo que existimos. 

2. Também que os senhores e senhoras desenvolvam projetos onde possam utilizar dessa mão de obra valiosíssima que temos e que muitas vezes perdemos para outra cidade. 

3. Chamem os estudantes e escutem os mesmo e vejam as suas reais necessidade.

Vale salientar que temos em torno de 600 estudantes universitários que se deslocam para as cidades de Caruaru, Campina Grande e Belo Jardim.

Fica registrado a minha gratidão para o vereador Ronaldo Pacas e um desabafo como nos encontramos.

Ypiranga vence o Porto e conquista sua primeira vitória no Pernambucano 2013

Na noite desta quarta-feira (30), o Ypiranga conseguiu sua primeira vitória no pernambucano 2013 ao vencer a equipe do Porto pelo placar de 1 a 0 no Estádio Otávio Limeira Alves em Santa Cruz do Capibaribe.

Em um jogo sem grandes emoções, o Ypiranga venceu mas não convenceu os torcedores que compareceram ao estádio. As duas equipes não apresentaram um bom futebol.

O lance que resultou no gol da vitória do Ypiranga veio aos 12 minutos do segundo tempo. Em uma jogada individual, o meia do Ypiranga, Torres, invadiu a área e foi puxado pelo zagueiro do Porto, o arbitro não viu, porém o assistente marcou pênalti. Na cobrança, Diogo manda alto no canto esquerdo, goleiro de um lado, bola do outro e faz Ypiranga 1 Porto 0.

O Porto teve um gol anulado aos 24 minutos do segundo tempo em um lance polêmico.

Com a vitória o Ypiranga agora é o 5º colocado no Pernambucano e no próximo domingo (03) viaja ao Sertão para enfrentar o líder Serra Talhada às 16 horas.

O público presente na partida entre Ypiranga e Porto foi de 5.735 torcedores para uma renda de R$ 37.489,00.

O Ypiranga jogou com Jailson, Diogo, Hugo, Bruno Fonseca e Anderson Peixe; Jeferson Piauí, Dácio, Guilherme (Léo Oliveira) e Torres (Thiago Chrispim); Paulo Krauss e Carlinhos Gravatá (Assis). O time foi comandado por Edson Miolo.

A equipe do Porto de Caruaru estava formada por Emanuel, Henrique, Wallace, Jaécio e Jackson, Cosme, Vagner Rosa, Taciano (Jefinho) e Tiago Orobó (Jeferson Recife); Talles (Lalá) e Joelson. O treinador do Porto é Adelmo Soares.

Feliz Aniversário Bárbara Stefany!


A aniversariante do dia de hoje é nossa amiga e  leitora, Bárbara Stefany.

Um momento especial de renovação para sua alma e seu espírito, porque Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza, a capacidade de desabrochar a cada nova estação e a nós a capacidade de recomeçar a cada ano. 

Desejo a você, um feliz aniversário, cheio de amor, saúde, felicidades e de alegrias. Afinal fazer aniversário é amadurecer um pouco mais e olhar a vida como uma dádiva de Deus.

Parabéns de todos que fazem o Blog Merece Destaque

Início das aulas na Rede Municipal de Santa Cruz é adiado por falta de estrutura nas escolas

Em entrevistas concedidas na manhã desta quarta-feira (30) na Rádio Vale AM, a Secretária de Educação Clécia Lira, juntamente com a adjunta Claudenice Dias, informaram o adiamento do início do ano letivo nas escolas do município.

“Não há uma escola que esteja em plena condição de funcionar. Todas têm problemas e algumas com mais agravantes”, destacou a Secretária, citando casos como da Escola Evangélica (que está passando por reformas no telhado e a Ivone Gonçalves, que está com a água cortada há oito anos, segundo a secretária).

O início das aulas será no dia 18 de fevereiro mas, segundo a secretária, a data foi adiada devido à falta de estruturas em alguns colégios, o que a obrigou a fazer modificações no calendário escolar, para garantir os 200 dias letivos para os alunos.

As atividades para os professores terão inicio na próxima segunda-feira (04/02), com a “Formação Continuada” na Casa da Criança, a partir das 8:30hs.

A partir da terça-feira (05/02) os professores terão suas atividades nas escolas em que vão trabalhar com os gestores.

Dr. Iron bate pesado nas invasões a terrenos públicos em Santa Cruz

O promotor de Justiça da cidade de Santa Cruz do Capibaribe, Dr. Iron Miranda, participou na manhã desta terça-feira (29), do programa “Nordeste em Foco”, que vai ao ar na “Rede Nordeste de Rádios” de 11 horas da manha pelas rádios Filadelfia FM www.radiofiladelfia.fm5.com.br, Farol FM 90.5 e Radio Vale do Capibaribe AM 1.370.

Na oportunidade ele falou da situação vivida em Santa Cruz do Capibaribe, que é palco, desde os últimos dias de 2012 uma onda de invasões a terrenos públicos e privados, em vários locais do município.

Ele informou que tem sido fiscalizado o cumprimento de uma liminar que proíbe a construção em locais que foram invadidos, mas ainda não saiu a determinação de demolição de imóveis que foram erguidos em áreas irregulares. “Acredito que ate o final de fevereiro haja o cumprimento da segunda parte da ação, que diz respeito justamente a demolição do que foi construído de forma irregular”, disse ele.

Para o representante do Ministério Público, a apatia que acometeu o fim da gestão do ex-prefeito Toinho do Pará (PTB), fez com que a ação da Promotoria fosse necessária. “A inércia do fim da última gestão fez com que tivéssemos que agir para tentar frear a ação de invasores, além disso, a postura anêmica da administração passada serviu de combustível para que as invasões se multiplicassem”, disse ele.

Dr. Iron bateu pesado também em pessoas que, supostamente, dispõem de boas condições financeiras, mas mesmo assim participam e até mesmo organizam as invasões. “Recebemos a informação de que pessoas com boas condições financeiras estão envolvidas nessas invasões. Estamos cientes e trabalhando junto ao serviço reservado da Polícia Civil para que pessoas que estejam articulando tudo isso sejam identificadas. Ao serem identificadas as mesmas serão enquadradas perante a Lei”.

Outro ponto destacado pelo promotor foi o empenho da administração pública municipal, na busca por uma solução para este problema. “O governo municipal tem demonstrado muita seriedade e preocupação para que esse problema seja resolvido. Acredito no empenho da gestão de Edson e sei que em breve haverá o anúncio de uma política pública voltada para a área de habitação, que é tão carente em nossa cidade”.

Para fechar ele disse que crê que a série de invasões trata-se de um movimento orquestrado. “Não é uma iniciativa de pessoas carentes. São invasões patrocinadas e na hora certa chegaremos aos responsáveis por tudo isto”, finalizou Dr. Iron Miranda.

Por Alberes Xavier

Cartaz oficial da copa do Mundo no Brasil é divulgado veja como ficou



Com a presença de ícones do futebol brasileiro e mundial como Marta, Amarildo, Bebeto, Carlos Alberto e Ronaldo, o Comitê Organizador para a Copa do Mundo de 2014 divulgou, na manhã desta quarta-feira, o cartaz oficial do torneio.

Em evento realizado no Rio de Janeiro, o design do pôster foi revelado dois dias depois da data inicialmente planejada, em respeito ao luto das famílias vítimas do incêndio ocorrido em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, este fim de semana.

Antes de o cartaz ser divulgado, houve uma coletiva com a presença do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, e o presidente da CBF, José Maria Marin. Eles falaram sobre o andamento das obras na Copa do Mundo.

Após breves discursos de ex-jogadores com grandes passagens pela seleção brasileira, que atuarão como embaixadores da Copa do Mundo, finalmente o design foi revelado:

Fonte: Lancenet

Justiça proíbe Vasco de usar camisa azul



Em ação movida pelo benemérito cruz-maltino Marco Antonio de Amorim Monteiro, a Justiça proibiu o Vasco de utilizar a camisa azul em jogos do clube e diante da imprensa.

O autor alegou que o artigo 7º do Estatuto do clube foi desrespeitado. A passagem determina que o uniforme deve ser composto pelas cores presentes no escudo cruz-maltino. Sendo assim, a cor azul não poderia ser utilizada.


Em defesa, o clube afirmou que a terceira camisa gerou lucros de R$ 1 milhão em vendas e negou prejuízos trazidos pelo produto.

Inspirada nos mares, devido às navegações de Vasco da Gama e à tradição do clube na prática do remo, a camisa azul foi lançada em 2012. O modelo é o segundo da linha "templária". O primeiro modelo era branco com uma cruz vermelha, usado em 2010.
Fonte: Lancenet

FADIRE forma novos profissionais para o mercado do Polo de Confecções do Agreste



Com a formatura dos alunos dos cursos de Administração de Empresas, Ciências Contábeis e Design de Moda, realizada pela Faculdade de Desenvolvimento e Integração Regional (FADIRE), novos profissionais dessas três áreas estão sendo inseridos no mercado da região que engloba o Polo de Confecções do Agreste. São mais de 60 novos colaboradores inseridos no mercado, com formação adequada para o crescimento do Polo, onde estarão aplicando o conhecimento dentro das empresas da região.

O evento de colação de grau desses formandos aconteceu no Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com o Diretor Geral da FADIRE, Marcos Lima, os estudantes formados nesses cursos terão muito êxito no mercado local e regional. O diretor falou ainda que acha o curso de Administração de empresas essencial para qualquer empresa. “Todos os cursos são importantes, mas eu gosto muito de Administração de Empresas, pois um bom administrador para ter uma clínica não precisa ser médico, basta apenas contratar profissionais para isso, mas um médico ao abrir uma clínica precisa de um profissional para administrar a mesma”, disse Lima, que complementou o seu discurso parabenizando os formandos e incentivando-os a continuar buscando aprender cada vez mais.

Moda Center não funcionará durante o Carnaval

A Administração do Moda Center comunica aos clientes e condôminos que não haverá feira durante o Carnaval.

O parque será fechado às 18h da sexta-feira (08) e reaberto na quarta-feira de Cinzas, a partir do meio-dia.

A Administração informa ainda que, por medida de segurança, nesse período, os condôminos só poderão entrar no Moda Center em casos excepcionais, com identificação e justificativa plausível. Eles também serão acompanhados por seguranças durante toda a sua permanência no interior do parque.

A Administração do Moda Center aproveita a oportunidade para desejar a todos um Carnaval com muita alegria, mas acima de tudo com muita responsabilidade!

Ministério da Saúde diz que 75 feridos na boate em Santa Maria correm risco de morrer

O Ministério da Saúde confirmou, no início da noite desta segunda-feira (28), que entre os feridos no incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), há ao menos 75 pacientes em estado grave com risco de morte. Os números da Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, no entanto, são diferentes, e apontam que dos 129 pacientes que seguem internados, 76 estão em situação crítica e 53 em observação. A tragédia, que aconteceu na madrugada deste domingo (27), deixou 231 mortos.

A maior parte dos pacientes em estado grave (44), segundo o Ministério da Saúde, está internada em hospitais de Porto Alegre. Outros 31 feridos encontram-se em UTI's (unidades de tratamento intensivo) de hospitais de Santa Maria.

Apesar de Santa Maria ter 30 leitos de UTI, os pacientes estão sendo levados aos poucos para Porto Alegre. A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul informou inclusive que sete pacientes em estado grave serão transferidos ainda hoje para a capital gaúcha, pelos aviões e helicópteros da Força Aérea Brasileira.

Os pacientes em estado mais crítico são, em geral, os que foram intoxicados com a fumaça do incêndio ou sofreram queimaduras intensas. Para este último caso, o Ministério da Saúde pediu ajuda a profissionais de hospitais de referência no Rio de Janeiro e do Paraná, além do Hospital Albert Einstein, de São Paulo.

Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, entre os 75 casos gravíssimos incluem pacientes que precisam de diálise permanente, medicação para manter a pressão sanguínea e ventilação mecânica, por exemplo. Em dois casos, a situação é tão crítica que as pessoas não puderam ser transferidas de Santa Maria para Porto Alegre, porque não suportariam a viagem.

Outros 53 pacientes internados em estado de menor gravidade estão em Santa Maria, como informa a Secretaria Estadual de Saúde. E novos casos críticos ainda podem surgir. Segundo Padilha, 30 pacientes procuraram ontem (27) a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Santa Maria porque apresentaram sintomas como tosse e falta de ar.

"Depois da data do incêndio, mesmo pessoas que inicialmente não tiveram nenhum sintoma, começaram a aparecer com sinais de tosse, falta de ar e começaram a evoluir para o que nós chamamos de uma pneumonite química", explicou o ministro, que disse que, hoje, apenas duas pessoas apresentaram os sintomas da intoxicação pela fumaça do incêndio.

Padilha alerta, no entanto, que os casos de pneumonite podem se agravar rapidamente e levar o paciente à morte se não forem tratados. Por isso, pede que qualquer pessoa que esteve na boate no momento do acidente e inalou a fumaça procure uma unidade de atendimento, se vier a se sentir mal.

Blog Merece Destaque
Informações: Uol

Olinda Beer 2013


Vem aí mais uma edição da maior prévia carnavalesca o Brasil, o Olinda Beer. Nesta edição, o evento irá contar com as musas Ivete Sangalo e Claudia Leitte, o axé da Banda Eva, que está em clima de despedida com a saída do cantor Saulo Fernandes, da qual fará seu último show em terras pernambucanas no mesmo evento, ainda tem  Chiclete com Banana, Thiaguinho e Aviões do Forró. O Olinda Beer 2013 ainda contará com shows de Harmonia do Samba, Marreta you Planeta, Musa do Calypso, Kitara, Banda 5%, Naldo, Axé Retrô e Só na Marosidade. A festa acontecerá no dia 03 de Fevereiro, na Área Externa do Centro de Convenções. Confira abaixo todas as informações do evento:

Ingressos
Pista R$ 30,00
Área Vip ESGOTADO
Tapete Vermelho Masculino ESGOTADO
Tapete Vermelho Feminino ESGOTADO

Vendas
Óticas Diniz dos Shoppings Recife, Rio Mar, Rua da Imperatriz, Camaragibe e Paulista.
Vendas online no site do Caldeirão.

Entrega das Camisas
A entrega dos abadás serão realizadas nos dias 01 e 02 de Fevereiro no Centro de Convenções, das 10 às 18h.

Horário das Atrações
Confira o horários de todas as atrações do Olinda Beer clicando aqui.

Estrutura
Em 2013, o Olinda Beer vem com mais uma grande estrutura para trazer conforto e segurança aos foliões que irão curtir as 14 atrações que fazem desta prévia a maior do país.

pista será o maior setor do evento e sua entrada é pela Av. Agamenon Magalhães. No Palco Pista, dentro do Centro de Convenções, irão se apresentar a bandas Trio da Huana, Marreta you Planeta, Excesso de Bagagem, Musa do Calypso e Kitara.

O setor área vip ficará localizado na frente dos palcos principais e terá acesso a pista do evento. O acesso deste será pela Estrada de Belém.

Tapete Vermelho contará com serviços de spa, frontstage, backstage em cima dos palcos, lounges, tenda climatizada, espaço gourmet e banheiros exclusivos. O folião ainda terá uma visão privilegiada de todos os shows no palco principal, além de shows exclusivos de Naldo, Banda 5%, Axé Retrô e Só na Marosidade na tenda climatizada. O acesso para este setor também será pela Estrada de Belém.

Gravatá Folia 2013



Vem aí mais uma edição do Gravatá Folia, e em 2013 a festa será comandada pela cantora Alinne Rosa e sua banda Cheiro de Amor, Wesley Safadão e Garota Safada, Marreta you Planeta e Gabriel Diniz. A festa será realizada no dia 02 de Fevereiro, no CDG - centro de Gravatá - e será apresentado pela atriz Helen Ganzarolli.

Ingressos
Pista R$ 25,00
Área Vip R$ 50,00

Vendas
Gravatá Colchões e Online no site Melhor do Ingresso.

Limite de álcool no bafômetro fica mais rígido e cai para 0,05 mg/l

O Conselho Nacional de Trânsito publicou nesta terça-feira (29) uma resolução que torna mais rígidos os índices máximos de álcool para motorista que for flagrado dirigindo após beber. As mudanças trazidas pela resolução afetam os parâmetros para infração de trânsito e mantém os níveis atualmente em vigor para caracterização de crime. 

O texto publicado no "Diário Oficial da União" estabelece que, no caso do teste do bafômetro, o limite para que o condutor não seja multado passa de 0,1 miligramas de álcool por litro de ar para 0,05 mg. Para exames de sangue, a resolução estabelece que nenhuma quantidade de álcool será tolerada  O limite anterior era de 0,2 decigramas de álcool por litro de sangue. A infração continua classificada como gravíssima e o valor da multa permanece de R$ 1.915,40, além de o motorista ficar impedido de dirigir por um ano. 

A resolução do Contran regulamenta a Lei Seca sancionada pela presidente Dilma Rousseff em dezembro, quando o governo já havia estipulado níveis mais rigorosos para caracterização de crime e infração do motorista alcoolizado. 

Estão mantidos, na resolução, os limites estabelecidos na lei que determinam crime de trânsito para motorista embriagado. A tolerância continua de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar ou de 0,6 decigramas por litro de sangue.

A Lei Seca também prevê que o motorista pode ser punido por sinais que indiquem alteração da capacidade psicomotora, mas deixou para o Contran estabelecer quais serão os sinais. na resolução publicada nesta terça, o órgão define como os agentes poderão verificar se o motorista está sob efeito de álcool. 

Sinais de alteração
O texto da resolução diz que os agentes poderão verificar por “exame clínico com laudo conclusivo e firmado por médico, ou constatação pelo agente da Autoridade de Trânsito", o comportamento do motorista. Para confirmação da alteração da capacidade, "deverá ser considerado não somente um sinal, mas um conjunto de sinais que comprovem a situação do condutor".

Para se perceber os sinais, o agente deve seguir algumas perguntas previstas pelo Contran. De acordo com a resolução publicada nesta terça, o agente vai, primeiramente, pegar os dados do motorista, como endereço e documento de identificação, questionar se ele bebeu e se considera ser dependente. Depois, vai observar sinais de embriaguez.

O agente vai analisar sinais relativos à aparência do motorista: sonolência, olhos vermelhos, vômito, soluços, desordem nas vestes e odor de álcool no hálito. Depois, quanto à atitude do motorista: agressividade, arrogância, exaltação, ironia, falante, dispersão e quanto à orientação do motorista — se ele sabe onde está, sabe a data e a hora e quanto à memória — se sabe o endereço e se lembra os atos cometidos.

Por fim, vai verificar aspectos ligados à capacidade motora e verbal: dificuldade no equilíbrio e fala alterada.

Com essas observações, de acordo com o texto, o agente fiscalizador deve responder e constatar: se o motorista está sob influência de álcool ou sob influência de substância psicoativa e se ele se recusou ou não a realizar os testes, exames ou perícia que permitiriam certificar seu estado quanto à capacidade psicomotora.

Provas
O texto com as novas regras amplia as possibilidades de provas consideradas válidas no processo criminal de que o condutor esteja alcoolizado. Além do teste do bafômetro ou do exame de sangue, passam a valer também "exame clínico, perícia, vídeo, prova testemunhal ou outros meios de prova admitidos em direito".

De acordo com o texto, não será mais necessário que seja identificada a embriaguez do condutor, mas uma "capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou outra substância psicoativa que determine dependência".

Se houver testemunha, diz a resolução, o agente deve anotar os números de identificação e pedir assinatura.

Apesar de provas passarem valer para atestar a embriaguez, a resolução diz que deve-se priorizar o uso do bafômetro.

Blog Merece Destaque
Informações do G1

Em 2012, MPT em Pernambuco resgatou 27 vítimas de trabalho escravo

Engenho na mata sul, obra da construção civil no Recife e pedreira em Petrolina foram os locais em que os empregados foram encontrados.

Para marcar o dia nacional de combate ao trabalho escravo (28 de janeiro), o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco divulga balanço dos resgates feitos pelo órgão em 2012. Ao todo, 33 trabalhadores foram encontrados em situação degradante, sendo 21 deles em engenho na mata sul do estado, seis em obra da construção civil no Recife e outros seis em pedreira na zona rural de Petrolina.

Na avaliação da procuradora do Trabalho, coordenadora do Núcleo de Erradicação do Trabalho Escravo e Regularização do Trabalho Rural do MPT no estado, Débora Tito, o número, aparentemente pequeno, pode ser considerado elevado. “Ter 33 resgatados em um ano significa, basicamente, que a cada 11 dias encontramos um trabalhador em condições subumanas, o que é extremamente grave”, disse.

Este dado de 33 trabalhadores resgatados não inclui outras fiscalizações feitas pelo órgão, em que foi verificado o trabalho degradante. De acordo com Débora, é possível que haja a situação de violação, sem que seja preciso recorrer ao instrumento do resgate. No fim do ano passado, por exemplo, o MPT flagrou trabalho análogo ao de escravo em posto de gasolina no Recife. Neste caso, inclusive, os trabalhadores eram aliciados na cidade de Timbaúba, a 98 quilômetros da capital. Lá, 15 pessoas eram submetidas a condições degradantes.

Também não está incluída a investigação do MPT, em parceria com o Núcleo Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, que investigou suposto esquema de tráfico humano para o Bahrein, no Oriente Médio. A fraude foi descoberta quando um grupo de 58 recifenses já estava com viagem marcada, onde seriam contratados para trabalhar como cabeleireiros, eletricistas, encanadores e ajudantes de serviços gerais. De acordo com a Débora, um dos principais indícios do tráfico humano para fins de trabalho escravo seriam, além dos valores da viagem, os cargos oferecidos. "Geralmente as empresas que contratam trabalhadores de outros países buscam engenheiros da construção civil, não cabeleireiros ou auxiliares de limpeza."

Os dados, na visão do MPT, evidenciam um novo perfil da escravidão moderna: a precarização das relações de trabalho em novas atividades, como no caso da construção civil, trazendo para as cidades um questão que era inicialmente do campo. Em obras do setor, é possível flagrar fraudes baseadas na 'quarteirização', 'quinteirização', por exemplo. Há ainda a cada vez mais forte conjugação entre o tráfico de pessoas e o trabalho escravo.

Na opinião de Débora, a vunerabilidade ligada ao estado de pobreza ainda é o maior condicionante para que o trabalho em condições análogas a de escravo ocorra. "A prova disso, é que já restagamos um mesmo trabalhador mais de uma vez. Ele já sabe que aquele trabalho não é bom, mas, por necessidade, aceita e é explorado", disse. 

Resumo dos resgates

1 - Engenho na mata sul – 21 trabalhadores

Em inspeção feita conjuntamente entre o MPT e o Ministério do Trabalho e Emprego, no Engenho Corriente, na zona rural de Água Preta, a 130 quilômetros do Recife. A ida ao local foi para verificar denúncia de trabalho degradante. Informação comprovada in loco pelos auditores e pela procuradora do Trabalho, Débora Tito.

O cenário, embora sempre seja chocante, é o típico das situações de trabalho degradante/escravo, encontrado nas lavouras de cana de açúcar. “ Além de faltar água potável para beber, banheiros, equipamentos de proteção individual, alojamento, pagamento de salário, os trabalhadores não eram pagos em dinheiro e sim com vales de um mercadinho local, caracterizando caso de servidão por dívida”, resume. “Ainda encontramos dois adolescentes de 17 anos”, o que está proibido por lei para o tipo de atividade.

Um mês após a fiscalização, para pôr fim às irregularidades, o MPT e MTE firmaram dois Termos de Ajuste de Conduta (TAC) com o engenho. Um deles é para proceder ao pagamento das verbas rescisórias – no importe de R$ 241.456,38. Outro, mais amplo, que trata do programa de gestão de segurança e saúde, do serviço especializado em segurança e saúde no trabalho rural, do trabalho com agrotóxicos, dos equipamentos de proteção individual, do transporte de trabalhadores, das instalações sanitárias nas frentes de trabalho, das áreas de vivência, alojamentos, locais para preparo das refeições e lavanderias, das despesas de deslocamento, do fornecimento de água potável, da jornada de trabalho e dos intervalos intrajornada, do trabalho de crianças e adolescentes, da forma e do prazo do pagamento de salários e dos descontos salariais, da garantia do piso salarial, das férias, do décimo terceiro, do FGTS.

2 – Obra da construção civil – 6 trabalhadores

Foi com a ideia de arrumar emprego em construção de grande porte que seis trabalhadores, vindos do Paraná, Minas Gerais e Piauí, aceitaram proposta de trabalho como operários em obras no Recife, arregimentados e subordinados à empresa paranaense Mastel Montagem de Estruturas Metálicas Ltda. A situação do trabalho, no entanto, não correspondeu nem às expectativas nem à Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Após receber denúncia dos operários, em que alegavam ser submetidos a condições análogas a de escravos, e fiscalizar a construção, o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco e a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) embargaram as obras do Shopping RioMar e resgataram os trabalhadores da Mastel da situação.

“Embora nem todos os operários tenham sido encontrados em situação de escravidão, o alerta surge para o aliciamento dos trabalhadores, que ficaram presos ao trabalho por não ter condições de voltar para casa, e para a precariedade dos alojamentos em que viviam”, disse a procuradora do Trabalho Débora Tito, se referindo aos dois cômodos em que ficaram alojados até 13 operários, dividindo colchões no chão, sem as mínimas condições de higiene.

“Os empregados também estavam sem receber os salários e com a carteira de trabalho retida na empresa, no Paraná”, afirmou. De acordo com o depoimento do ex-funcionário assistente de montagem Renato Moreira de Castro, os trabalhadores não tinham direito sequer a papel higiênico ou água potável. “Era comum que ratos e baratas passassem pelos quartos”, conta.

Além do embargo da obra e da interdição dos alojamentos, os documentos relativos à contratação dos trabalhadores e à prestação de serviços foram apreendidos. Os seis trabalhadores, após o recebimento das verbas rescisórias e da guia de seguro-desemprego especial, voltaram aos estados de origem.


Trabalhador encontrado em situação análoga a de escravo.

Definição

O Código Penal define assim o crime de trabalho escravo: “Reduzir alguém a condição análoga à de escravo, quer submetendo-o a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva, quer sujeitando-o a condições degradantes de trabalho, quer restringindo, por qualquer meio, sua locomoção em razão de dívida contraída com o empregador ou preposto” (artigo 149).

PEC

O Plenário da Câmara aprovou em maio de 2012, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 438/01, do Senado, que permite a expropriação de imóveis rurais e urbanos onde a fiscalização encontrar exploração de trabalho escravo. Esses imóveis serão destinados à reforma agrária ou a programas de habitação popular. A proposta é oriunda do Senado e, como foi modificada na Câmara, volta para exame dos senadores. A discussão de uma lei futura que defina o que é condição análoga à de escravo e os trâmites legais da expropriação foi a base do acordo que viabilizou a votação da proposta. No acordo, está prevista a mudança da PEC durante a tramitação no Senado, para que ela faça uma menção explícita à necessidade de regulamentação futura. Caso seja alterada no Senado, a proposta precisará ser votada novamente pela Câmara.

Blog Merece Destaque
Ascom/MPT-PE

Para Côrte Real alguns projetos devem ter prioridade para votação na Câmara em 2013


Com o retorno dos trabalhos legislativos deste ano haverá a eleição da nova mesa diretora da Câmara dos Deputados, em Brasília, dia 4 de fevereiro, e o segundo passo será organizar a pauta de votação do plenário. Muitos são os temas que foram discutidos no ano passado e que estão à espera de votação.

Para o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE), alguns projetos devem ter prioridade. É o caso do fator previdenciário, que não foi votado na casa devido à falta de acordo; da reforma política, que tramita há dois anos na Câmara, e do projeto do Marco civil da internet, norma que reúne as regras de funcionamento da rede no Brasil.

No entanto, Côrte Real lembra que o grande desafio da Casa será a definição da partilha dos royalties do petróleo aprovado no congresso em 2012, mas parcialmente vetado pela presidenta Dilma Rousseff. O projeto estabelece a divisão dos recursos advindos da exploração do petróleo entre todos os estados brasileiros.

Blog Merece Destaque
Assessoria

Jovem é assassinado na 'favelinha' próxima ao Bairro Santo Agostinho

Diego Gesaías da Silva, assassinado na 'favelinha' do Santo Agostinho. Foto Blog de Ney Lima.

Na manhã desta segunda-feira (28), mais um homicídio aconteceu em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco. O crime foi registrado por volta das 11 horas da manhã na localidade conhecida como 'favelinha' próxima do Bairro Santo Agostinho.

A vítima foi Diego Gesaías da Silva, 22 anos. Ele foi foi atingido, na região da cabeça, com vários tiros de pistola calibre 380 e morreu no local.

Segundo informações, o rapaz morava ali próximo ao local onde foi morto e teria envolvimento com drogas.


Um suspeito de ter cometido o assassinato, um jovem menor de idade, foi apreendido pela polícia.

SUS: 64% das grávidas não tiveram direito a um acompanhante no parto

Embora esse direito seja garantido por lei federal, maioria das gestantes ouvidas por levantamento relatou que o acesso ao acompanhante foi proibido pelo próprio serviço de saúde da rede pública.

"No meu caso, acompanhei minha esposa até a porta da sala onde foi feito o parto, como mostra a imagem abaixo, porém fui barrado com a desculpa de que eu poderia desmaiar e atrapalhar o procedimento" (Almir das Neves. Diretor do Blog Merece Destaque).

Hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o país estão descumprindo a lei federal que garante às gestantes o direito de ter um acompanhante antes, durante e depois do parto. De acordo com dados coletados pela ouvidoria da Rede Cegonha, programa do Ministério da Saúde, 64% das 54.000 mulheres entrevistadas pelo programa entre maio e outubro de 2012 relataram que não tiveram direito ao acompanhante. 

Além disso, 56,7% delas afirmam que o acesso ao acompanhante foi proibido pelo serviço de saúde e só 15,3% relataram não conhecer esse direito. Ou seja, os dados demonstram que, apesar de estar em vigor desde 2005, a Lei nº 11.108 é descumprida por decisões das próprias unidades de saúde e muito pouco por desconhecimento da gestante. No entanto, a resolução que regulamentou a lei não prevê nenhuma penalidade para o hospital que não cumpri-la, deixando as mulheres sem um mecanismo oficial para reclamar.

O problema é reconhecido pela Secretaria de Estado da Saúde, que implementou uma política especial de atenção à gestante em 2010. O Ministério da Saúde também admite o problema.

Motivos — As principais razões apresentadas pelos hospitais para não autorizarem o acompanhante são a falta de espaço físico adequado para garantir a privacidade das gestantes — em geral, o pré-parto acontece em uma sala com várias mulheres — e também o risco de o acompanhante atrapalhar o processo.

João Steibel, da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), diz que a superlotação das maternidades também é um problema. “Quando o movimento está normal, tudo bem. Mas quando está lotado, o acompanhante só atrapalha. Muitas vezes sou agredido verbalmente, mas não posso abrir mão da segurança do atendimento”, diz. Segundo Steibel, para cumprir a lei, seria necessário investir na infraestrutura dos hospitais. “O ministério (da Saúde) diz que há verbas para o parto humanizado, mas nunca vi chegar.”

A médica Daphne Rattner, professora da Universidade de Brasília (UnB) e presidente da Rede Pela Humanização do Parto e Nascimento (Rehuna), diz que não é preciso tanto dinheiro para melhorar esse atendimento. “Não precisa de muito investimento para garantir a privacidade. Podem colocar uma cortininha e isso é barato. Já ouvi hospitais dizerem que se o acompanhante desmaiar, a equipe teria de dar atenção a ele em vez de cuidar da mulher”, diz.

Importância — Na opinião da professora, os serviços de saúde ainda não se deram conta de que a presença do acompanhante acalma a gestante, a deixa menos ansiosa e mais segura, o que facilita a realização do parto. Daphne diz, ainda, que a mulher lida melhor com a dor do parto com a presença do acompanhante, o que reduz a necessidade de aplicação de anestesias ou medicamentos. 

Com a finalidade de tentar reduzir o problema, está tramitando no Senado um projeto de lei que obriga os hospitais a afixar em local visível um aviso sobre o direito da gestante de ter acompanhante. A proposta já foi aprovada na Câmara dos Deputados.

O Ministério da Saúde informou que conhece o problema e que os principais hospitais passarão por uma auditoria. A decisão de fiscalizar essas unidades, diz o Ministério, foi tomada assim que o órgão teve acesso aos resultados da pesquisa da Rede Cegonha. Além disso, os hospitais onde ficar constatado que não há cumprimento da lei podem deixar de receber verbas e até serem descredenciados do SUS.

Brasileira que leiloou virgindade pode desistir do ato

Catarina Migliorini, a brasileira que leiloou a virgindade por R$ 1,5 milhão, esteve nesta terça-feira (22) no “Programa da Tarde”, da Record. Com a primeira vez negociada para um japonês de 53 anos, a jovem, capa da “Playboy” que está nas bancas, afirmou que muda de opinião constantemente e que está escrevendo um livro sobre a experiência.

No fim da atração, ela fez uma revelação: pode desistir do acordo por ter conhecido uma pessoa que deixou seu coração balançado.

“O ato pode não acontecer”, afirmou a bela. O motivo? “Uma pessoa que conheci e deixou meu coração balançado; ele não sabe dos meus sentimentos por ele.”

Já envolvida em polêmicas, na última edição do Fashion Rio, em novembro, Catarina deu o que falar. Ela foi convidada para desfilar pela TNG, mas teve sua participação cancelada por causa da repercussão negativa que a marca recebeu ao anunciar o nome da garota. A jovem acabou apenas assistindo ao desfile e saiu sem dar entrevistas.

Blog Merece Destaque
Terra

Invasões no Loteamento Dona Lica avançam do sábado para o domingo

Pessoas trabalham nas construções na manhã deste domingo (27). Foto: Almir das Neves.

As invasões a terrenos públicos que vem acontecendo ao lado da via de acesso do Loteamento Don Lica em Santa Cruz está avançando cada vez mais. Novos alicerces foram cavados no local e neste sábado (26) e domingo (27), a equipe do Blog Merece Destaque passou próximo ao local e presenciou algumas pessoas aproveitando a falta de fiscalização para adiantar as construções.

O caso foi denunciado aqui no Blog pela primeira vez em 11/08/2012 (clique e confira matéria). A falta de providências fez com que as construções irregulares avançassem muito desta data até o dia de hoje.

Confira os resultados da rodada do campeonato Pernambucano e a classificação atualizada






Fonte: Globoesporte.com

Dilma chora e decreta luto de 3 dias no País em memória às vítimas do RS



A presidenta Dilma Rousseff decretou luto oficial de três dias no País em memória às vítimas do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria (RS). Mais de 200 mortes foram confirmadas até o momento. De tarde, as bandeiras na Esplanada dos Ministérios e no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, estavam a meio mastro.

Dilma Rousseff chegou há pouco, de helicóptero, na residência oficial. Ela esteve em Santa Maria, onde conversou com parentes das vítimas e feridos na tragédia.

A presidenta participava da reunião da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos com a União Europeia, no Chile, e cancelou a participação em três reuniões com autoridades da Argentina, Letônia e Bolívia por causa da tragédia e seguiu para a cidade gaúcha, que fica a cerca de 300 quilômetros da capital Porto Alegre. Em rápida entrevista, ainda no Chile, a presidente se emocionou ao comentar a tragédia.

Em Santa Maria, Dilma estava acompanhada dos ministros da Educação, Aloizio Mercadante; dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, e da Saúde, Alexandre Padilha, além do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS). Fonte:R7.com

Número de mortos no RS sobe para 245


Tragédia: 245 Pessoas Morreram Em Incêndio Na Boate Kiss de Santa Maria no Rio Grande do Sul


O incêndio em uma boate deixou 245 mortos ( números oficiais e final) e mais de 48 pessoas estão hospitalizadas em Santa Maria (a 286 km de Porto Alegre), na região central do Rio Grande do Sul, segundo o Corpo de Bombeiros, o que o caracteriza como a pior tragédia do Estado. O fogo começou por volta das 2h deste domingo (26). 

Convite da festa que ocorria na boate


Em entrevista à rádio Gaúcha, o delegado Sandro Luís Meinerz, titular da 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria, disse que, a princípio, as pessoas não morreram queimadas, e sim asfixiadas pela fumaça por não terem conseguido sair do local.
"Estamos retirando os corpos do local e tomando as providências necessárias para o início das investigações. As pessoas não conseguiram sair. A saída parece pequena para o número de pessoas que estava lá dentro, e o pânico acabou gerando essa situação", contou.

A boate possui apenas uma saída, o que gerou tumulto na hora da fuga das chamas. Os bombeiros tiveram que abrir um buraco na parede externa para auxiliar no salvamento.



Conforme um segurança que trabalhava na boate no momento do incêndio, entre mil e 2.000 pessoas deveriam estar no local durante o incidente, a maioria era adolescente.

Causas

Informações preliminares dão conta de que o fogo teve início com um sinalizador utilizado no show de uma banda, faíscas teriam atingido o teto da boate Kiss, na rua dos Andradas, e incendiaram a espuma de isolamento acústico.
A quadra do Centro Desportivo Municipal está isolada, pois o local está recebendo corpos para serem identificados pela perícia. Ao menos cinco pessoas que receberam atendimento não resistiram e morreram.


Tarso Genro (PT), governador do Rio Grande do Sul, lamentou a tragédia e, via Twitter, disse que se encaminha para a cidade. 
A Federação Gaúcha de Futebol confirmou que a rodada do campeonato regional deste domingo está cancelada.

Maior Tragédia da História do Rio Grande do Sul

 

O incêndio que atingiu a boate Kiss em Santa Maria deixando mais de 200 mortos na madrugada deste domingo é a maior tragédia da história do Rio Grande do Sul. O número de vítimas estimado pelas autoridades até o início da manhã de domingo é  várias vezes maior do que o registro de 51 mortos no acidente com um avião quadrimotor que viajava do Rio de Janeiro a Porto Alegre e chocou-se contra o Morro do Chapéu, em Sapucaia do Sul. 

A presidenta Dilma Rousseff tentou fazer um discurso sobre a tragédia, emocionada chorou e não conseguiu falar!










Mais de 200 pessoas morrem em incêndio no Rio Grande do Sul

Mais de 200 pessoas morrem em incêndio no Rio Grande do Sul


Número de mortos em incêndio em Santa Maria passa de 200, diz polícia

Incêndio começou por volta da madrugada deste domingo na boate Kiss.

Polícia trabalha no reconhecimento dos corpos e nos escombros.



Incêndio deixa mortos em boate de Santa Maria (Foto: Germano Roratto/Agência RBS)



Imagem mostra a fachada da boate Kiss, em Santa Maria, antes de incêndio (Foto: Google Street View)
Imagem mostra a fachada da boate Kiss, em Santa Maria, antes de incêndio (Foto: Google Street View)


O número de mortos no incêndio que atingiu a boate Kiss em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, já chega a 180, segundo o major Cleberson Bastianello, comandante do BOE da Brigada Militar. O número total de vítimas ainda é desconhecido e há centenas de feridos sendo atendidos nos hospitais da cidade. A polícia e o Corpo de Bombeiros ainda trabalham no local, checando as circunstâncias do fogo e retirando corpos da área.



"Nós temos 180 corpos aqui. Pessoas foram levadas em óbito ou feridas para os hospitais da região. Mas repito: esse é o número de mortes que temos aqui. Infelizmente poderá aumentar", disse em entrevista coletiva o major Bastianello.

O número de pessoas que estavam na boate ainda não foi confirmado pelos autoridades. A festa reunia estudantes da Universidade Federal de Santa Maria, dos cursos de pedagogia, agronomia, medicina veterinária, zootecnia e dois cursos técnicos.

Todos os hospitais da região estão recebendo as vítimas. São ao menos seis casas de saúde. Voluntários estão auxiliando os trabalhos na cidade. "Estamos mobilizando todo o estado, temos hospitais de diversas regiões se disponibilizando para ajudar. De Canoas, Santo Ângelo, Santa Cruz, enfim. Todos estão colaborando para oferecer o melhor atendimento possível. Os trabalhos são intensos e é preciso uma mobilização muito grande", ressaltou o Secretário Estadual da Saúde, Ciro Simoni, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Segundo informações preliminares, o fogo teria começado por volta das 2h30 quando o vocalista da banda que se apresentava fez uma espécie de show pirotécnico, usando um sinalizador. As faíscas atingiram a espuma do isolamento acústico no teto do estabelecimento e as chamas se espalharam.   


Do G1
O incêndio provocou pânico e muitas pessoas não conseguiram acessar a saída de emergência. Em seu Twitter, o governador Tarso Genro lamentou a tragédia e disse que vai viajar para a cidade.foto anterior

Conselho Antidrogas marca Audiência Pública para estimular participação popular


A reunião de reativação do Conselho Antidrogas, ocorrida na último dia 24, resultou na discussão e encaminhamento de ações que visam além de fortalecer o Conselho, fazer com que ações de grande abrangência sejam efetivadas.

O Poder Legislativo participou efetivamente da reunião, através do Presidente da Câmara, Junior Gomes (PSB) e dos Vereadores Narah Leandro (PSB) e Pipoca (PMN).

“Precisamos unir forças, o Poder Legislativo e o Executivo, as Secretarias de Defesa Social e de Educação, juntamente com a população civil e as entidades, farão a diferença na realização de ações e projetos de combate às drogas”, declarou o Junior Gomes.

Após discussões dos mais de 20 órgãos representados (Polícias Militar e Civil, Conselho Tutelar, Moda Center, CDL, entre outros), ficou acertado que o Conselho realizará capacitações dos Conselheiros através do PROERD (Programa de Enfrentamento e Redução de Drogas) da Polícia Militar, para que os mesmos possam apresentar palestras nas escolas públicas e privadas. Bem como, foram eleitos três membros interinos para cuidar das atividades do Conselho, Klemerson Ferreira (Presidente), Leno Silva (Vice-Presidente) e Manoela Ramos (Secretária).

Com o objetivo de legitimar a composição do Conselho Antidrogas e convocar mais entidades e sociedade civil para participar, uma Audiência Pública ficou agendada para o dia 28 de fevereiro, ás 09:00h, na Câmara Municipal de Vereadores.

“A sociedade terá mais uma chance de participar do Conselho e fazer parte da mudança para somarmos esforços e transformarmos a qualidade de vida da população de Santa Cruz do Capibaribe”, frisou o Secretário de Defesa Social Tenente Coronel Alexandre Souza.

Pacto Pela Vida é debatido em Santa Cruz do Capibaribe


Uma reunião da Câmara de Articulação do Pacto pela Vida, aconteceu na última sexta-feira (26), no Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe. Estiveram presentes o Secretário de Defesa Social de Pernambuco, Wilson Damázio, O prefeito Edson Vieira, representantes do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros da região e da capital pernambucana.

Na reunião foi apresentado um balanço do programa em 2012 e um balanço das atividades das polícias civil e militar na regional que compreende Santa Cruz do Capibaribe.

Em seguida foram apresentadas as demandas de cada poder ali representado. À Prefeitura os juízes, promotores e policiais da cidade solicitaram melhorias na iluminação pública nos acessos às comunidades, reativação dos trailers da Guarda Municipal e das câmeras do sistema de monitoramento, apoio da Guarda Municipal nas ações conjuntas das polícias, municipalização do trânsito, entre outras demandas.

Durante os debates, o prefeito Edson Vieira disse que a prefeitura passa por sérias dificuldades, mas as solicitações, naquilo que compete ao executivo municipal, vão ser atendidas.

“A Prefeitura vai ser um facilitador das ações do Pacto Pela Vida, vamos trabalhar em conjunto com todos os órgãos aqui representados”, disse. O prefeito também anunciou que já foi apresentado na Câmara o Projeto de Lei de doação do terreno para a construção da Área Integrada de Segurança, onde serão construídas as sedes das polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros.

Tentativa de homicídio no Loteamento Pedra Branca em Santa Cruz


Uma tentativa de homicídio aconteceu há poucos instantes, na noite deste sábado (26/01), no Loteamento Pedra Branca em Santa Cruz do Capibaribe.

Segundo informações, um elemento disparou quatro vezes contra um rapaz de nome Alexandre Araújo da Silva (30 anos), que reside no bairro Acauã, atingindo-o com um dos disparos.

A vítima estava na companhia de outro rapaz e caminhava em uma rua do Loteamento Pedra Branca quando foi alvejada. O atirador que não foi identificado fugiu do local após atingir a vítima que é ex-presidiário.

A vítima ficou gravemente ferida e foi transferida em uma ambulância do SAMU para a cidade de Caruaru.

Duplicação da BR 104. Uma obra paralisada.

Muitos transtornos e seis meses sem obras na BR 104


Foto: Wagner Gil/Especial para o JC 

A duplicação da pista, que corta o Polo de Confecções do Agreste, parou por causa de problemas financeiros. Moradores temem mais acidentes graves e cobram providências. 
Iniciada há quase seis anos, a duplicação da BR-104, que deveria tornar-se um importante equipamento para o escoamento da produção de confecções e produtos agrícolas, está paralisada há mais de seis meses. A suspensão dos trabalhos tem causado transtornos aos moradores de várias cidades do Agreste, principalmente a Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe, que formam o polo de confecções. Na cadeia produtiva, estão dez mil pequenas fábricas responsáveis pela geração de pelo menos 120 mil empregos diretos. Só em Caruaru, a movimentação financeira em dia de Feira da Sulanca, passa dos R$ 50 milhões. A cidade recebe um fluxo extra de pelo menos 30 mil veículos.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit), houve problemas de ordem financeira, já que a obra precisou de aditivos, questionados no Tribunal de Contas da União (TCU). A duplicação – uma obra federal – foi estadualizada e passou a ser executada pelo governo do Estado. Procurado, o secretário de Transportes, Isaltino Nascimento (PT), não respondeu às ligações.


Em 2009, quando assumiu a Prefeitura de Caruaru, José Queiroz (PDT) montou um comitê gestor para acompanhar os trabalhos. O prefeito admitiu que há mais de um ano não acontece reunião da entidade, formada por servidores de vários órgãos do Estado, secretários municipais, representantes do consórcio, sob a presidência do prefeito de Caruaru. “ O comitê foi criado para destravar problemas com Compesa, empresas de telefonia e de iluminação. Cumprimos nossa função, mas à medida que o problema financeiro entre o Estado e consórcio que toca a obra foi se complicando, o comitê gestor não teve poder de interferência”, justificou Queiroz.

Enquanto ninguém resolve as pendências, os moradores sofrem. Os maiores problemas da duplicação estão no perímetro urbano de Caruaru. Em nenhum trecho que corta a cidade foram colocadas passarelas, além da sinalização ser precária. A combinação desses dois fatores tem causado acidentes, atropelamentos e mortes.

O filho do ex-secretário-executivo de Governo da cidade de Caruaru, Eduardo Guerra, foi uma das vítimas. Eduardo Irineu, 22 anos, bateu de frente com sua moto em uma manilha colocada no meio da pista, depois de derrapar em material de construção e areia deixados na BR. Ele morreu horas após ser socorrido. O acidente ocorreu há cerca de quatro meses em frente à casa de shows Palladium. Nada mudou no local.

Por causa dos acidentes, a Polícia Rodoviária Federal tem deixado há mais de quatro meses uma viatura no trecho que corta Caruaru. “Ela cobre um área de 10 quilômetros, 24 horas por dia”, disse o patrulheiro. “A quantidade de acidentes é enorme.”

No trecho que corta Caruaru, foram construídos oito viadutos, mas por falta de manutenção as paredes já estão tomadas pela vegetação. Duas pontes que cortam o Rio Ipojuca também estão inacabadas. Alguns motoristas tentam desviar do tráfego intenso, utilizando a estrutura que não tem sinalização. “Em um trecho que era para ser percorrido em dois minutos, demoramos até 20 ou 30 minutos”, afirma o taxista Sandoval Melo.

Alguns restaurantes que funcionavam às margens da pista fecharam as portas ou mudaram de local. “Depois dessa duplicação, que nunca termina, o movimento caiu. A solução foi buscar um ponto, no Centro, com custos mais elevados”, disse o comerciante Luis Carlos, 67. 

Wagner Gil Especial para o JC.

Sete dicas para deixar os seios mais bonitos sem precisar de silicone

O efeito da gravidade, a genética, a exposição ao sol ou mesmo a idade são alguns dos fatores que podem interferir diretamente na estética dos seios. No entanto, é possível mantê-los firmes e bonitos mesmo com todos esses fatores pesando contra - basta adotar alguns cuidados simples e diários. Conversamos com especialistas que nos deram uma lista de hábitos que ajudam a evitar estrias, rugas e flacidez na área do colo: 

Use protetor solar

"A radiação ultravioleta acelera o processo de degeneração das fibras colágenas da pele, podendo deixar os seios flácidos", alerta a dermatologista Juliana Andrade, de São Paulo. Além disso, a exposição ao sol sem protetor solar pode favorecer o aparecimento de manchas e rugas na região. "O ideal é evitar exposições muito longas e em horário de sol forte (das 10h às 16h), além de passar protetor solar diariamente nas partes expostas do corpo, incluindo o colo", completa a dermatologista Marcia Linhares, do Rio de Janeiro. O protetor solar para o colo pode ser o mesmo usado no rosto. 

Mantenha a área hidratada

De acordo com as especialistas, a pele dos seios é naturalmente mais fina, e como tal deve receber os cuidados com cremes ou óleos hidratantes. "Procure na fórmula ingredientes hidratantes como ureia, vitamina E, ácido glicólico e ácido retinoico, todos componentes que ajudam na prevenção de estrias e protegem contra os danos do fotoenvelhecimento", diz o dermatologista Murilo Drummond, do Instituto de Pós-graduação Médica Carlos Chagas. Para as mulheres que tem a pele mais ressecada o ideal é optar pelos óleos, que protegem contra a perda de água, ou então produtos específicos para a área dos seios, que podem ser manipulados em laboratório com indicação de um especialista. Aplique o hidratante em movimento circulares, fazendo uma massagem - isso ajudará a manter sua forma e evitar a flacidez.

Escolha o sutiã adequado

Para escolher o sutiã adequado ao seu tipo de corpo e tamanho dos seios, é preciso ter em mente duas palavras: sustentação e conforto. Observe os tamanhos e certifique-se de que ele se encaixa tanto nos seios quanto nas costas - algumas marcas possuem, inclusive, tamanhos diferentes para as duas áreas, facilitando a compra para mulheres que tem costas largas e seios pequenos ou vice-versa. "Fique atenta aos aros metálicos de sustentação ou evite usá-los, pois eles podem romper a costura da peça e machucar a pele", diz a dermatologista Marcia. Dê preferência a modelos que possuem a faixa no tórax mais reforçada, pois é ela quem dá sustentação. "Procure evitar fechos, enfeites e bordados que traumatizem a pele", completa o dermatologista Murilo. 

Controle seu peso

Perder muito peso ou emagrecer e engordar a toda hora - o famoso "efeito sanfona" - pode prejudicar a elasticidade da pele. "Com isso, a pele não retrai mais e fica fina, frouxa e distendida, levando à flacidez", esclarece o cirurgião plástico Romeu Frisina Filho, de São Paulo. Além disso, o estiramento muito rápido da pele, resultado do ganho de peso, pode causar as temidas estrias. "Em alguns casos, as estrias podem surgir na adolescência, quando os seios começam a crescer, podendo ser evitadas no período ou então amenizadas com tratamentos estéticos", completa.

Repense sua posição para dormir

Na hora de dormir, usar ou não sutiã é opcional, já que os seios não sofrem tanto com a ação da gravidade. No entanto, mulheres que dormem de lado estão mais sujeitas a terem rugas na região do colo, entre os seios. Segundo a dermatologista Marcia, as linhas que marcam durante a noite tendem a sumir ao longo do dia - mas se o processo se repetir diariamente, pode favorecer a formação dos vincos. Para evitar esse problema, o ideal é dormir com a barriga para cima. Caso não seja possível por costume ou mesmo orientação médica, existem no mercado sutiãs com uma manta acolchoada entre os seios, feitos justamente para evitar rugas na região. 

Pratique exercícios

O educador físico Ivaldo Larentis, de São Paulo, explica que não são exatamente os seios que enrijecem com a prática de exercícios, mas os músculos que ficam em volta deles. "Os seios são glândulas de gordura e não existe um jeito de firmar a gordura do corpo, mas é possível trabalhar a musculatura peitoral, mantendo a pele firme", diz. Ele recomenda séries de supino reto, supino inclinado e voador inclinado, bem como puxada dorsal e remada alta para melhorar a postura. Para todos os casos, peça ajuda do seu instrutor. "É importante se lembrar de usar tops bem justos ao praticar esportes, principalmente aeróbicos, evitando que o balanço dos seios favoreça a flacidez", diz Romeu Frisina.

Não fume

Uma pesquisa feita pela Universidade de Kentucky, nos EUA, afirma que existem substâncias do tabaco que quebram a proteína elastina, que é responsável por deixar a pele firme e saudável. "Tanto o tabagismo como o álcool são prejudiciais, pois alteram a circulação sanguínea e os níveis de oxigênio que chega aos tecidos, o que faz com que o metabolismo das glândulas e da pele da mama fique prejudicado", conta Romeu Frisina. Além disso, o tabaco favorece o aparecimento de rugas e manchas, podendo afetar a região. 

POR CAROLINA GONÇALVES do www.minhavida.com.br