Catástrofes naturais atingiram mais de 30 milhões de pessoas no mundo em 2010

Catástrofes naturais atingiram mais de 30 milhões de pessoas no mundo em 2010

O aquecimento global e as consequentes alterações climáticas em todo o mundo foram o motivo de 30 milhões de atendimentos da Cruz Vermelha Internacional no ano passado. Foram atendimentos a vítimas de catástrofes naturais, algumas das quais sequer repercutiram na grande imprensa.

A informação foi dada ontem (29), no Rio de Janeiro, pelo secretário-geral da Federação Internacional da Cruz Vermelha, Bekele Geleta, que está em visita ao Brasil, para tratar das relações institucionais, com entidades públicas e privadas do país.

Os números dizem respeito apenas aos atendimentos decorrentes de tragédias naturais e foram feitos pelos cerca de 270 mil funcionários da Cruz Vermelha, em todo o mundo. Geleta ressaltou que o montante é ainda maior se forem computadas as pessoas beneficiadas por serviços de prevenção à saúde e aqueles relativos a questões sanitárias.

Para o secretário-geral da Federação Internacional da Cruz Vermelha, o agravamento das questões climáticas poderá piorar a situação, como já vem sendo possível ser constatado também em 2011, com tragédias como o terremoto, seguido de tsunami, ocorrido no Japão e os tornados que vêm assolando vários estados norte-americanos.

“São, em geral, questões decorrentes de problemas ambientais, mudanças climáticas e também de violência urbana. O número de desastres naturais tem aumentado ano a ano. E a questão é saber se as economias dos países afetados vão crescer o suficiente para ajudar as pessoas a não ficarem tão expostas a tragédias ou mesmo minimizar os efeitos dessas catástrofes”.

Ao lembrar que o governo brasileiro doou US$ 1 milhão para o Haiti, quando do terremoto que devastou o país no ano passado, o secretário-geral da Cruz Vermelha destacou o fato de que o Brasil está cada vez mais presente na cena internacional.

“Iniciativas como essas mostram que o governo brasileiro começou a ser ativo também na participação e no socorro às questões humanitárias internacionais. O que mostra que o governo brasileiro está cada vez mais presente nos assuntos de relevância no mundo e também no suporte às pessoas necessitadas.”

Geleta destacou o problema da segurança alimentar como uma das grandes preocupações da Cruz Vermelha Internacional nos tempos de hoje. Segundo ele, o problema não diz respeito somente à falta de alimento necessário para a humanidade e, em particular, para os países mais pobres. Mas preocupa igualmente a desnutrição, para ele, um problema ainda mais grave.

“Talvez ainda mais grave do que a falta de alimento é a questão da alimentação inadequada." Para ele, “não seria correto usar a palavra fome, mas, sim, a insuficiência ou a alimentação inadequada que produz crianças mal nutridas – isso diminui os anticorpos das crianças e das mães em fase de amamentação”.

A avaliação parte do pressuposto de que “o mundo responde muito mais rapidamente em momentos de fome localizada, mas não com a mesma rapidez e precisão em relação à questão da desnutrição”.

Em sua avaliação, a solução para o problema da falta de alimentação seria mudar os métodos de produção de alimentos, para aumentar a oferta.

Para Geleta, a segurança da alimentação depende de investimentos em tecnologia, “o que os governos e as empresas já vêm fazendo. Acredito que, brevemente, encontraremos uma solução para esse problema específico. Quando eu falo em segurança alimentar, falo em alimentação suficiente para poder ser distribuída. Mas não só na quantidade adequada, mas também em qualidade suficiente para propiciar os nutrientes necessários. É preciso essencialmente que tenha nutrientes em quantidade suficiente para prover saúde e criar pessoas saudáveis”, disse.

Audiência Pública conscientizará agricultores do Cariri paraibano

Audiência Pública conscientizará agricultores do Cariri paraibano

Vereador de Serra Branca quer que Emater conscientize agricultores do Cariri.

O vereador Paulo Sérgio, apresentou nesta sexta-feira (29) durante a sessão da Câmara de Vereadores de Serra Branca, um requerimento pedindo uma audiência pública com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba – EMATER-PB.

Essa audiência pública terá como objetivo, tratar sobre os métodos de conscientização e da importância da erradicação da Cochonilha-do-carmim na região do cariri.

Segundo Paulo Sérgio, o assunto é de fundamental importância e de grande preocupação por parte dos produtores rurais, por se tratar de uma praga que atinge praticamente toda região nordeste e além do mais já foram constatadas ocorrências desta praga no município de Serra Branca.

‘O nosso foco é reunir as pessoas para levar o conhecimento e assim poder mobilizar através do debate, mostrando os meios de combate possíveis para que o homem do campo não saia prejudicado por essa praga’ disse o vereador Paulo Sergio, autor do requerimento.

O pedido foi aprovado por unanimidade pela Casa Leidson da Silva e a audiência será no mês de maio em uma data ainda a ser definida e divulgada. O vereador disponibilizou seu email (paulosergiorb@yahoo.com.br) para quem quiser participar ou obter maiores informações sobre o encontro.

Fonte: Vitrine do Cariri

Assaltantes explodem caixa eletrônico na UEPB e deixam dinheiro na fuga

Assaltantes explodem caixa eletrônico na UEPB e deixam dinheiro na fuga
Cerca de seis homens armados explodiram, por volta das duas horas da madrugada deste sábado (30), um caixa eletrônico da agência do banco Santander, que fica localizado no campus de Bodocongó da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Segundo a polícia, após ouvir o barulho da explosão os vigilantes da UEPB se dirigiram ao local, e após serem intimidados pelos assaltantes conseguiram acionar a polícia.

Os criminosos, que estavam armados com fuzil e pistolas, utilizaram bananas de dinamite para explodir o caixa, fugindo com todo o dinheiro algo em torno de R$ 100 mil que havia no local, mas acabaram deixando o montante durante a fuga.

No roubo foram utilizados três carros, dentre eles uma Savero vermelha, que foi tomada por assalto no bairro do Catolé horas antes do crime.

A polícia fez rondas nas proximidades da Universidade, mas não conseguiu prender os assaltantes. Horas depois, os policiais encontraram queimado um dos veículos utilizados no assalto, na estrada que dá acesso ao Sítio Lucas.

Blog- Merece destaque
PB Online

Dilma afirma que Pronatec também beneficiará cadastrados do Bolsa Família

Dilma afirma que Pronatec também beneficiará cadastrados do Bolsa Família
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) também beneficiará as famílias cadastradas no Programa Bolsa Família, disse a presidenta da República Dilma Rousseff, durante a cerimônia de lançamento do Pronatec, Ontem (28), no Palácio do Planalto.

“Também haverá a unificação do Bolsa Família e o Pronatec, assegurando a quem recebe o Bolsa Família a oportunidade de uma formação e capacitação profissional. O Pronatec vai ser fator de organização da oferta de capacitação profissional. Esse programa vai muito além do ensino médio”, disse a presidenta.

O Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) é que se encarregará de identificar os potenciais alunos para cursos de formação em diferentes níveis, a partir da oferta disponível no município em que ele mora. A seleção do MDS poderá direcionar os alunos tanto para turmas de alfabetização como para as turmas de aperfeiçoamento profissional.

Dilma ressaltou ainda que o Brasil precisa agregar valor ao que produz, e o programa de formação de mão de obra, nesse contexto, é fundamental.

"Se nós quisermos nos transformar em um país que agrega valor, temos que apostar na qualidade de nosso trabalhador", disse a presidenta que pediu empenho dos deputados e senadores para aprovação do projeto do Pronatec.

O Pronatec tem como meta oferecer, até 2014, 8 milhões de vagas na educação profissional para estudantes do ensino médio e trabalhadores que necessitam de qualificação.

De acordo com a presidenta da República, o governo quer corrigir a formação de pessoas que começaram a trabalhar muito cedo e não tiveram tempo de se qualificarem. E, também, requalificar os trabalhadores sobre as inovações tecnológicas ocorridas nos últimos anos.

"Falo de homens e mulheres que chegaram ao mercado de trabalho muito cedo e não tiveram tempo de se qualificarem", disse a presidenta.

Paixão pela literatura

Paixão pela literatura

Ariano Suassuna prepara novo livro, fala sobre cultura e defende Chico César 

As palavras são cuidadosamente cuidadas pelo escritor paraibano Ariano Suassuna em um ritual diário de dedicação a uma de suas maiores paixões: a literatura. Por dia são, em média, cinco horas de disciplina escrevendo a mais recente obra ainda gerida em segredos e prestes a ser entregue à editora. Mesmo sem enunciar o painel que se desdobra na nova produção, algumas pistas não devem passar despercebidas. Entre as viagens a trabalho, as aulas espetáculos e lazer, Ariano passou por mais de 130 cidades do interior do Brasil e tudo que ele vê e ouve, anota. "Como escritor eu ainda tenho muitos projetos para realizar", contou durante entrevista em João Pessoa, ontem, horas antes da aula espetáculo sobre estética durante a programação do Bancarte.

Nada escapa ao "olhar" do criador de Chicó e João Grilo e um dos maiores pensadores contemporâneos que tem se debruçado sobre a estética e suas implicações cotidianas e a relação com a indústria cultural. "As pessoas pensam que eu sou contra a cultura universal e eu seria um ingrato porque devo muito a Cervantes, Tostoi e Dostoievski. O que eu bato é contra a uniformização da cultura do gosto médio, da ditadura do consumo e do gosto que nos quer impor como modelo", frisou.

Ariano Suassuna retoma a discussão sobre o gosto médio e estética quando é provocado a discutir a posição do secretário de Cultura, Chico César, em não firmar contratos com bandas do segmento "forró de plástico" e duplas sertanejas por dois motivos: as letras que propagam a pornografia e incitam a violência e por outro lado a falta de identidade com a cultura nordestina. "Eu, além de admirador de Chico César gosto muito dele e se não fosse por algum desses motivos gostaria pelo fato de ser de Catolé do Rocha, terra do meu pai. Sou um sujeito passional e, por isso, estou do lado de Chico César. É preciso lembrar que como secretário ele tem razão em criar condições para os verdadeiros artistas exercerem sua função. Ao não apoiar essas bandas, o Estado investe nos gruposque o povo não tem acesso", reforçou.

Ao sair na defesa de Chico César, Ariano Suassuna faz uma distinção entre êxito e sucesso e mergulho na cultura paraibana para encontrar os exemplos do abismo existente entre as duas nomenclaturas que nas redes sociais ganharam o tom de "presta" ou "não presta". "Qualquer banda dessas que exista tem mais sucesso do que um Augusto dos Anjos, Sivuca, Zé Ramalho e Chico César que conquistam êxito pela qualidade e verdade de suas obras. Inclusive, Chico obteve prestígio e sucesso quando se lançou lá fora. Mas, a Paraíba é um estado muito misterioso. De repente surge um poeta como Augusto dos Anjos, um romancista como José Lins do Rêgo ou um músico como Sivuca. Acho que a Paraíba nunca deu a importância a Sivuca. A Paraíba precisa soltar o nome de Sivuca no Brasil e reforçar o compositor Zé Ramalho e a grande intérprete que Elba Ramalho é", critica.

"O Nordeste é o coração do brasil"

A paixão pela cultura do Nordeste também soa passional na fala de Ariano. "O Nordeste é o coração do Brasil, mas o coração do Nordeste é formado por três estados: Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. E na Paraíba é sempre muito bom estar na minha terra. De uns dez anos para cá tenho recebido muito carinho que me deixa profundamente emocionado", disse.

Para explicar como esse carinho se mostra recíproco retoma em carinhos comentários sobre Zé Ramalho ao citar a complexidade e o que ele nomeia como "não diz coisa com coisa, mas é bonito demais" e recita os versos "Quantos aqui ouvem os olhos eram de fé, quantos elementos amam aquela mulher, quantos homens eram inverno outros verão, outonos caindo secos no solo da minha mão" e reforça: Não gosto de poesia com muita lógica. Frevo Mulher tem uma lógica superior. A letra do frevo não tem lógica, mas é uma beleza".

Fonte: O Norte

Decisão do STF favorável aos suplentes da coligação muda composição da Alepe

Decisão do STF favorável aos suplentes da coligação muda composição da Alepe

Os deputados Augusto César, José Maurício, José Humberto foram beneficiados pela decisão; última vaga ficará com Esmeraldo Santos ou Ossésio Silva

Fonte: pe360graus.com

Reprodução / TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo
A decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre quem deve ocupar as vagas dos parlamentares licenciados vai mudar a composição da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nos próximos dias. É que, em votação realizada na noite da última quarta-feira (27), o STF definiu que são os suplentes das coligações, e não os dos partidos, que devem assumir no lugar dos parlamentares que se afastaram do cargo.

Com isso, deixam a Assembleia os deputados estaduais Manoel Ferreira (PR), Ciro Coelho (PSB), Sebastião Rufino (PSB) e Oscar Barreto (PT). As vagas desses parlamentares serão ocupadas por Augusto César (PTB), José Maurício (PP), José Humberto (PTB). O último posto ficará com Esmeraldo Santos (PR) ou Ossésio Silva (PRB).

“A conversa que nós tivemos com o presidente Guilherme Uchoa foi no sentido de que ele entendeu também que o direito passa a ser, a partir desse momento, dos deputados da coligação. Então, certamente, os outros deputados que assumiram deverão sair e aí, eu tenho a convicção que vou assumir na terça-feira”, explicou Augusto César, primeiro suplente da coligação Frente Popular/PE.

Esmeraldo Santos, que foi impugnado por causa da Lei da Ficha Limpa, pode assumir a vaga se seus votos forem validados. É que o STF anulou os efeitos da Ficha Limpa para as eleições de 2010. 

O presidente da Alepe, Guilherme Uchôa, disse que não vai se pronunciar antes de se reunir com os integrantes da Mesa Diretora. A reunião está marcada para as 10h da próxima segunda-feira (2). Nesse encontro, será definido a partir de quando a decisão do STF começa a valer. 

“Não tem mais para onde recorrer porque foi o Supremo Tribunal Federal que deu a decisão. Então, não adianta recorrer para passar dez ou 15 dias na Assembleia Legislativa para haver um desgaste da própria casa como também da mesa diretora, que poderá ser desgastada. Quem entra na política já está propenso a estes tropeços”, destacou o deputado estadual Manoel Ferreira (PR).

Pernambuco tem um milhão de habitantes a mais, constata Censo 2010

Pernambuco tem um milhão de habitantes a mais, constata Censo 2010

Número de habitantes no estado passou de quase oito milhões para cerca de nove milhões; outros dados oficiais serão divulgados a partir das 10h desta sexta-feira

Fonte: pe360graus.com
Reprodução / TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo

O Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou que há quase um milhão de habitantes a mais em Pernambuco. Outros dados oficiais serão divulgados a partir das 10h desta sexta-feira (29). O levantamento é realizado a cada dez anos.


A população urbana de Pernambuco passou de 76,5% para 80,2%, enquanto o número de moradores, na Zona Rural, diminuiu de 23,5%, em 2000, para 19,8% em 2010. O número de habitantes no Estado passou de quase oito milhões para cerca de nove milhões. Segundo a pesquisa, a quantidade de homens e mulheres aumentou, mas as mulheres continuam sendo a maioria.

Durante três meses, quase três milhões de domicílios pernambucanos foram visitados pelos recenseadores. Alguns dados se mantiveram iguais, nos últimos dez anos, como a quantidade de municípios do estado, que continua sendo de 185 cidades. 

O coordenador operacional do Censo em Pernambuco, Otacílio Pereira (foto), adiantou que os novos números mostram um retrato detalhado do Estado. “Será feito um lançamento da primeira sinopse do Censo, onde serão diluídos os primeiros dados de novembro de 2010. Com dados mais diluídos, você tem mais facilidade em entender o perfil da população brasileira”, explica Otacílio.

Brasil tem maior taxa de empreendedorismo do G-20

Brasil tem maior taxa de empreendedorismo do G-20

Fonte: JC Online

O Brasil registrou em 2010 a mais alta taxa de empreendedorismo entre os países do G-20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), de acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgada nesta terça-feira (26) pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O País também aparece na frente entre as nações emergentes que compõem o chamado Bric (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia e China).

Os 60 países que participaram do levantamento foram divididos em três grupos. O Brasil ficou no quarto lugar no grupo da eficiência - que reúne as economias norteadas para a eficiência e a produção industrial em escala -, atrás de Peru, Equador e Colômbia.

O Brasil registrou em 2010 o melhor desempenho nos 11 anos em que participou da pesquisa. A Taxa de Empreendedores em Estágio Inicial (TEA) foi de 17,5% da população adulta, o que significa que, de cada 100 brasileiros de 18 a 64 anos, mais de 17 são empreendedores em negócios com até três anos e seis meses de atividade. São 21,1 milhões de pessoas. Em relação a 2009, a TEA do País subiu 2,2 pontos porcentuais.

O levantamento mostra também que 22,2% dos empreendedores têm entre 25 e 34 anos de idade. Os homens voltaram a superar as mulheres, respondendo por 51% do total. Além disso, 17,5% têm mais de 11 anos de estudo.

De cada três empreendedores, 2,1 abriram o negócio porque vislumbraram uma oportunidade, enquanto 1 foi por necessidade. Essa taxa está em linha com a média mundial, que é de 2,2 por 1. A principal razão apontada pelos entrevistados para empreender foi independência profissional (43%), seguida de aumento da renda pessoal (35%). O estudo considera a atividade empreendedora formal e informal.

Brasil deve gerar 1,7 milhão de vagas em 2011, diz Ipea

Brasil deve gerar 1,7 milhão de vagas em 2011, diz Ipea

Texto de Beth Matias
Da Agência SEBRAE


Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgado nesta quinta-feira (28), em São Paulo, estima que a economia brasileira gerará 1,7 milhão de empregos em 2011. Já o número total de profissionais contratados deve chegar a 21 milhões, levando em conta as 19,3 milhões de vagas que devem ser preenchidas em razão da rotatividade no mercado de trabalho.

Segundo o Ipea, porém, o número de contratações não será suficiente para empregar todos os profissionais qualificados, já que o país chegará ao fim do ao com 22 milhões de trabalhadores com qualificação profissional. Nesta conta, entram os que estão desempregados por conta da rotatividade (19,3 milhões), os cerca de 2 milhões de desempregados qualificados, mais os 762 mil trabalhadores que entram no mercado já com qualificação e experiência profissional.

O levantamento considera a expectativa de crescimento da ordem de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano e utiliza informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego; e a Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O estudo mostra ainda que um milhão de trabalhadores com experiência e qualificação profissional ficará desempregado. Isso porque, segundo o presidente do Ipea, Marcio Pochmann, há desigualdades de oportunidades em setores e nos estados."Não temos do ponto de vista global escassez de mão-de-obra, mas quando o recorte é feito por setores e estados não há vagas ou as vagas existentes não são preenchidas por falta de qualificação".

O problema está concentrado principalmente nas grandes empresas. Segundo o economista, as micro e pequenas empresas, que empregam 80% dos trabalhadores no país, não terão problemas em relação à mão-de-obra. "Os pequenos negócios absorvem mais pessoas e são mais flexíveis em relação à qualificação".

Para ele, o gargalo da mão-de-obra na pequena empresa está na dificuldade de seleção para a vaga e na questão salarial. "A maior rotatividade de mão-de-obra acontece nas pequenas empresas. No Brasil, aliás, a rotatividade é muito grande, em torno de 40% das pessoas empregadas".

Possibilidades

O economista defende a criação de um organismo nacional de intermediação de mão-de-obra que possa recolocar trabalhadores de uma determinada região em outra onde há escassez de pessoas. "Eu acredito que se esse organismo for criado teremos um avanço na queda do desemprego no país. O que está acontecendo agora é um grande desequilíbrio em alguns setores e estados brasileiros".

Segundo ele, a intermediação de mão-de-obra ajudaria principalmente as micro e pequenas empresas do interior do país que têm grandes dificuldades de recrutar trabalhadores em suas localidades.

Inovação e tecnologia para a sua empresa




Por meio do Sebraetec, o Sebrae subsidia os custos de serviços tecnológicos prestados por empresas especializadas em tecnologia e inovação, as quais irão buscar soluções para otimizar os resultados da gestão, aperfeiçoar processos ou produtos da pequena empresa, tornando-a mais competitiva e melhor preparada para o mercado.

Todas as prestadoras de serviços do Programa Sebraetec são empresas de base tecnológica, previamente selecionadas, cadastradas e qualificadas a prestar esses serviços. Essa seleção é feita através de editais públicos de cadastramento de prestadoras de serviços em inovação e tecnologia – é o Sebrae buscando a excelência na qualidade dos serviços prestados à pequena empresa.

Além de serviços tecnológicos, o Sebraetec também apoia projetos de inovação elaborados por pequenas empresas que tenham sido aprovados e selecionados nos editais públicos de inovação lançados pelo Sebrae. Fique atento aos editais e envie o seu projeto!

Copa Cariri, Congo x Gurjão

Foto: Blog Merece Destaque
No sábado 23/04 estivemos no Congo - PB, acompanhando a partida entre Congo e Gurjão pela Copa Cariri de Futebol de Salão. A partida aconteceu na quadra poli-esportiva do clube O Povão.

Antes do início houve muita reclamação por parte da torcida do Congo que não pode acompanhar o jogo, pois, por decisão da comissão organizadora do evento, o jogo teria que acontecer com portões fechados devido a um tumulto que ocorreu em outra partida, onde um árbitro foi agredido por um torcedor.

O jogo foi bastante movimentado, com várias oportunidades desperdiçadas pelas duas equipes. a equipe do Congo saiu na frente, porém a equipe de Gurjão levou a melhor vencendo de virada por 4 x 1.

Confira os melhores momentos da partida, inclusive o gol da equipe do congo:
Veja vídeo, clique aqui

Do Blog - Merece Destaque

Brasil tem maior taxa de empreendedorismo do G-20

Brasil tem maior taxa de empreendedorismo do G-20
Fonte: JC Online

O Brasil registrou em 2010 a mais alta taxa de empreendedorismo entre os países do G-20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), de acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgada nesta terça-feira (26) pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O País também aparece na frente entre as nações emergentes que compõem o chamado Bric (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia e China).

Os 60 países que participaram do levantamento foram divididos em três grupos. O Brasil ficou no quarto lugar no grupo da eficiência - que reúne as economias norteadas para a eficiência e a produção industrial em escala -, atrás de Peru, Equador e Colômbia.

O Brasil registrou em 2010 o melhor desempenho nos 11 anos em que participou da pesquisa. A Taxa de Empreendedores em Estágio Inicial (TEA) foi de 17,5% da população adulta, o que significa que, de cada 100 brasileiros de 18 a 64 anos, mais de 17 são empreendedores em negócios com até três anos e seis meses de atividade. São 21,1 milhões de pessoas. Em relação a 2009, a TEA do País subiu 2,2 pontos porcentuais.

O levantamento mostra também que 22,2% dos empreendedores têm entre 25 e 34 anos de idade. Os homens voltaram a superar as mulheres, respondendo por 51% do total. Além disso, 17,5% têm mais de 11 anos de estudo.

De cada três empreendedores, 2,1 abriram o negócio porque vislumbraram uma oportunidade, enquanto 1 foi por necessidade. Essa taxa está em linha com a média mundial, que é de 2,2 por 1. A principal razão apontada pelos entrevistados para empreender foi independência profissional (43%), seguida de aumento da renda pessoal (35%). O estudo considera a atividade empreendedora formal e informal.

ASCAP promoverá palestra sobre redução de energia elétrica

A Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap) convida a todos os associados e empresários em geral da cidade para participarem de uma palestra sobre como reduzir energia elétrica nas empresas. A palestra vai acontecer no dia 28, próxima quinta-feira, na sede da Ascap.


fonte: Assessoria de comunicação

Congo PB: Abertas Inscrições para o III Festival de Cinema na Cidade das Águas


Estão abertas as inscrições para o III Festival de Cinema do Congo. Nessa terceira edição, o CineCongo homenageará o ator paraibano Luiz Carlos Vasconcelos, que receberá o troféu Ricardo Duarte em reconhecimento a sua obra e pela contribuição que tem dado ao cinema no Estado. Já foram congratulados com o troféu o cineasta Torquato Joel e a Atriz Marcélia Cartaxo. 
As inscrições vão até o dia 25 de julho de 2011, e a direção do CineCongo espera inscrições de filmes de todas as regiões da Paraíba, haja vista, que o Festival vem contribuindo para a produção, exibição e difusão do cinema produzido no Estado.
Para escrever os filmes deverá ser solicitado através do e-mail cinecongo@yahoo.com.br a Ficha de Inscrição.
O Festival de Cinema do Congo constitui sua mostra nas seguintes categorias:
Panorama Congo
(Para filmes produzidos da Cidade)
Panorama Interior
(Para cidades paraibanas com até 150 mil habitantes (Censo IBGE: 2009)
Panorama Cidades Grandes
(Para cidades paraibanas com mais de 151 mil habitantes (Censo IBGE: 2009)
Panorama Brasil
(Para todos os Estados Brasileiros, exceto Paraíba)
O Festival de Cinema do Congo acontece de 22 a 25 de setembro, no Auditório Municipal na Cidade do Congo, no Cariri Paraibano.
Para mais Informações, consulte o blog do Festival:
Fonte: Associação Cultural do Congo

Luta de Maria da Penha vai virar rotreiro de filme no próximo ano

Luta de Maria da Penha vai virar rotreiro de filme no próximo ano
Em 2006, o governo federal sancionou a lei nº 11.340, que pune com severidade praticantes de violência doméstica contra a mulher. De pronto, o texto foi batizado, informalmente, de "Lei Maria da Penha".

Maria da Penha Maia Fernandes é a biofarmacêutica que, durante duas décadas, lutou, na Justiça, pela condenação do ex-marido, o colombiano Marco Antonio Heredia Vivero.

Acusado de tê-la atingido com um tiro nas costas, em 1983 --que acabaria por deixá-la paraplégica--, Vivero só foi preso em 2002, seis meses antes da prescrição do crime. Dos dez anos que deveria passar em cárcere, cumpriu dois.

A luta de Maria da Penha Fernandes para prendê-lo --que resultou, posteriormente, na criação da lei-- vai virar filme, a ser rodado no próximo ano, com direção de Cininha de Paula.

O projeto é da atriz Naura Schneider, que além de interpretar Maria da Penha, assina a produção. "Comprei os direitos [autorais] no ano passado", ela disse. "A história é interessante do ponto de vista cinematográfico."

Schneider explica: "A Maria da Penha tomou o tiro de bruços, enquanto dormia. Como ela não morreu, o marido foi à cozinha, cortou o ombro e forjou um assalto. Só que nada foi revirado na casa, ele não foi baleado."

A produtora diz que Maria da Penha Maia Fernandes ainda viveu mais dois anos ao lado de Vivero, até duvidar da versão dele.

O filme, autorizado a captar R$ 4,5 milhões por meio das leis de incentivo, deve ser lançado em 2012. A primeira versão do texto, escrito pelo americano Harold Apter (roteirista de "Jornada nas Estrelas"), já está pronta.

Também está confirmada no filme a atuação de José de Abreu. Schneider ainda está procurando um ator de origem hispânica para viver Marco Antonio Heredia Viveros. A produtora diz que não pretende mudar o nome do ex-marido da vítima: "No livro escrito por ela, ele é citado e nunca processou".

Será a segunda produção de Naura Schneider sobre o tema. Em 2010 ela lançou "Silêncio das Inocentes", um documentário sobre a história de Maria da Penha.

"Todos conhecem a Lei Maria da Penha, mas a história da vida dela é pouco conhecida", argumenta.

Campanha de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira

Campanha de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira
Começa nesta segunda-feira (25) a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, que acontecerá até o dia 13 de maio em todo o país.

“Este ano, a novidade é que uma única dose da vacina vai imunizar contra dois tipos de influenza, a gripe comum e a gripe H1N1. Ano passado, foram oferecidas duas vacinas, uma para cada tipo de gripe. As crianças menores de dois anos vão tomar duas doses da vacina, sendo a segunda dose 30 dias após a aplicação da primeira.

Vacinação em crianças – Os pais devem levar as crianças duas vezes aos postos de vacinação, quando será aplicada meia dose de cada vez. É essencial que a criança retorne ao posto de saúde 30 dias após receber a primeira dose da vacina para que seja aplicada a segunda.

Complicações – A H1N1 é uma doença respiratória causada pelo vírus H1N1. A transmissão ocorre, principalmente, por meio de tosse, espirro ou de secreções respiratórias de pessoas infectadas. A doença é causada por diferentes subtipos do vírus influenza. Os sintomas são: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Em qualquer um desses sintomas o ideal é procurar um médico para fazer o acompanhamento.

A Influenza, de uma forma geral, pode evoluir e trazer complicações como pneumonias bacterianas ou agravamento de doenças crônicas já existentes, como diabetes e hipertensão, que são mais comuns nos grupos de idosos e crianças com idade entre seis meses e dois anos, além das gestantes, que também são muito vulneráveis.

25 de Abril, dia do Contabilista

25 de Abril, dia do Contabilista

.
Nós, do Blog Merece Destaque dedicamos uma mensagem a você:

PARABÉNS, CONTABILISTA!
O seu dia é especial, porque você é especial!
Pois você contribui de várias maneiras à vida econômica e social do país:
- pelo seu admirável empenho em várias frentes de trabalho;
- pela sua participação imprescindível na obtenção de recursos para os Conselhos Tutelares da Criança e ao Adolescente, mediante dedução do IR;
- pela sua força moral, ao apoiar movimentos contra o aumento de tributos, como a MP 232 e a extinção da CPMF;
- pela sua capacidade e inteligência, facilitando o caminho das organizações;
- pela sua busca contínua de informações vitais ao equilíbrio das empresas e instituições;
- pelo seu trabalho na composição de dados para fundamentar as grandes decisões dos dirigentes;
- pelo seu papel insubstituível na nova fase de transparência das administrações públicas, como pede a Lei de Responsabilidade Fiscal;
- pela sua integridade moral e disposição de lutar contra a fraude e a corrupção;
- pelo seu amor ao Brasil;
- pela sua capacidade de renovação e adaptação aos novos tempos, assimilando conceitos e técnicas, entendendo a importância da educação e atualização permanentes;
- pela sua coragem de mudar e vontade de continuar crescendo!
Parabéns pela sua participação na construção de um mundo melhor!

Morre José Mendonça

Faleceu na manhã de ontem, domingo, dia 24 de abril, aos 75 anos, vítima de câncer no intestino, o ex-deputado federal José Mendonça. Ele passou por cirurgia no Recife e estava em São Paulo se tratando da doença, quando faleceu.
José Mendonça era pai do ex-governador do Estado, Mendonça Filho. Ele exerceu oito mandatos de deputado federal e três de deputado estadual. Em 44 anos de vida pública, José Mendonça Bezerra só não realizou o sonho de terminar a carreira política  na Prefeitura de Belo Jardim, sua cidade natal, no Agreste. Pela primeira vez na planície desde 1967, o ex-deputado pelo DEM preparava-se para ser o candidato à sucessão de Marco Coca-Cola, companheiro de partido, quando a doença o venceu, neste domingo (24).
Mendonção, como era conhecido entre os políticos, foi um dos articuladores da aliança que levou o então PFL (hoje DEM), o PMDB e, mais tarde, o PSDB, ao comando do Palácio do Campo das Princesas por oito anos.
Foi um dos deputados constituintes em 1988, já integrando o PFL. Em 2007, com a mudança de nome para DEM, permaneceu na sigla em que ficaria até os últimos dias. Na caminhada, protagonizou polêmicas devido ao temperamento forte. Atacou Sérgio Guerra (PSDB) em 2009, quando o correligionário afirmou que a União por Pernambuco estava “ultrapassada”.
O discurso de despedida da trajetória no Congresso aconteceu ano passado, o qual dedicou à família. E lembrou que o filho mais velho e o genro Augusto Coutinho, também do DEM, o sucederiam já a partir da legislatura seguinte.
José Mendonça Bezerra era filho de João Bezerra Filho e Tereza Bezerra de Mendonça. Nascido em 18 de janeiro de 1936, formou-se advogado e avicultor. Casou-se em 1963 com Estefânia Mendonça, mãe de seus seis filhos: Mendonça Filho, Andréa, Isabela, Carla, Danilo e Pedro.

Brasileiros que vivem no Japão pedem mais apoio do governo

Brasileiros que vivem no Japão pedem mais apoio do governo
Representantes dos cerca de 254 mil brasileiros que vivem no Japão querem que o governo brasileiro negocie a criação de escolas bilíngues no país (em japonês e em português), acelere a tramitação do Acordo da Previdência, que aguarda aprovação nos parlamentos dos dois países, e busque meios para permitir que eles atuem como autônomos nas cidades japonesas.

A comunidade brasileira fez os pedidos neste sábado ao ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, que está em Tóquio. Na reunião com o chanceler, os brasileiros afirmaram que muitos dos que estavam no Japão se viram obrigados a retornar ao Brasil por causa da crise que o país enfrenta. Um dos principais motivos de preocupação dos brasileiros é com a Previdência Social.

Pelo acordo negociado no ano passado, todos os residentes no Japão, japoneses ou estrangeiros que estiverem inscritos nos sistemas de Seguro e Previdência do país, contribuindo regularmente, terão direito a receber a pensão básica, no futuro, se permanecerem no Japão.O texto estabelece que a contribuição deve ser paga até o contribuinte completar 65 anos de idade. No caso de doença ou acidente que o deixe inválido pelo resto da vida, o contribuinte tem direito de receber a pensão básica enquanto estiver no Japão.

O assunto foi tema também da reunião de Patriota com o ministro das Relações Exteriores do Japão, Takeaki Matsumoto. No encontro, o chanceler lembrou a Matsumoto que os brasileiros representam o terceiro maior grupo estrangeiro no Japão - atrás apenas dos chineses e coreanos.

Solidariedade por tragédia japonesa

Patriota foi ao Japão para levar a mensagem de solidariedade da presidente Dilma Rousseff ao povo e ao governo japoneses devido à tragédia ocorrida em março no país, provocada pelo terremoto seguido por tsunami. Tanto com o chanceler japonês quanto com os brasileiros, ele se disse orgulhoso "pela maneira desprendida e solidária" com que a comunidade do Brasil ajudou nesta tragédia.

Não há registro de brasileiros entre as vítimas, mas pelo menos 777 viviam nas áreas consideradas de risco. O último levantamento, divulgado pela Agência Nacional de Polícia do Japão, informou que a tragédia provocou 13.456 mortos e 14.867 desaparecidos. Segundo a agência, aproximadamente 139 mil pessoas ainda estão em abrigos provisórios nas regiões de Miyagi, Iwate e Fukushima.

Na conversa com Matsumoto, Patriota relembrou a história das relações entre os dois países, que se tornaram mais intensas em 1908, com o início da imigração japonesa no Brasil. Nas cidades brasileiras está a maior comunidade japonesa no exterior, com cerca de 1,5 milhão de pessoas. A maior parte dos imigrantes chegou ao Brasil depois da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

Agência Brasil

Pesquisa mostra que cirurgia pode curar câncer reincidente de próstata

Pesquisa mostra que cirurgia pode curar câncer reincidente de próstata
Uma pesquisa feita nos Estados Unidos, na Europa e no Brasil mostrou que o câncer recorrente de próstata pode ser curado. Até agora, a doença, quando aparecia pela segunda vez, após o tratamento com radioterapia, era considera incurável.

Os pacientes com o diagnóstico de tumor maligno na próstata têm duas opções de tratamento: a cirurgia para a retirada da glândula – que pode trazer complicações, como a impotência em 50% dos casos, e a incontinência urinária – ou o tratamento com radioterapia, que também pode deixar sequelas, mas em menores proporções.

Nos casos em que a opção pela radioterapia, após o tratamento, o tumor voltava, a doença era considerada sem cura, e o único tratamento disponível é o da hormonoterapia, que consiste em bloquear a produção do hormônio masculino no organismo. Isso retarda o desenvolvimento do câncer, mas não o cura, e dá sobrevida, em média, de mais dois anos ao paciente.

De acordo com um dos coordenadores da pesquisa, o médico do Instituto do Câncer de São Paulo, Daher Chade, a operação de retirada da próstata, depois da reincidência do câncer, não era feita em razão de, geralmente, a radioterapia produzir aderências na região da glândula, o que prejudicava a cirurgia.

“O que foi descoberto com essa pesquisa é que nessa situação, os pacientes que fizeram radioterapia, e o tumor voltou, a cirurgia pode ser feita com segurança. Com a radioterapia mais moderna, a radiação ocorre mais no interior da próstata para eliminar o tumor, e causa menos aderência ao redor da glândula”, afirmou.

O estudo publicado na última semana, que começou a ser feito nos Estados Unidos há cerca de 25 anos, apresentou resultados surpreendentes para os pesquisadores. Cerca de 77% dos pacientes que fizeram a cirurgia após o reaparecimento do tumor estavam, dez anos após a cirurgia, sem nenhum sinal de disseminação da doença.

Outro dado importante obtido, foi a constatação de que 83% dos pacientes estavam vivos uma década após a cirurgia. “Esse é um tempo muito longo para um tumor que se achava incurável, e que era instituído um tratamento de hormônio, para que o paciente vivesse só mais dois ou três anos”.

O médico ainda destacou que os médicos não precisam aprender uma técnica nova para fazer cirurgia, já que o procedimento é o mesmo já utilizado nos casos em que o tumor aparece pela primeira vez. "Os urologistas já sabem fazer essa cirurgia. O que é preciso é adquirir experiência, porque, até agora, poucos cirurgiões faziam essa cirurgia porque não se sabia que ela era benéfica para o paciente”.

A pesquisa analisou 404 pacientes de todo mundo, que tinham, em média, 65 anos de idade.

Agência Brasil

Projeto do governo prevê mínimo de R$ 616,34 em janeiro de 2012

Projeto do governo prevê mínimo de R$ 616,34 em janeiro de 2012

O governo federal enviou nesta sexta-feira ao Congresso o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2012, com previsão do salário mínimo de R$ 616,34. No projeto, estão previstas também as metas fiscais para o triênio 2012-2014.
Segundo o Ministério do Planejamento, o cálculo do novo mínimo manteve a política adotada pelo governo nos últimos anos, que leva em conta a inflação do período e a variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes.

O governo também estima crescimento do PIB em 2012 de 5%, após expansão estimada de 4,5% em 2011.
Para o ano seguinte, a estimativa da LDO é de crescimento do PIB de 5,5%, mesma expansão esperada para 2014.
De acordo com o governo, a inflação medida pelo IPCA deve ser de 4,5% em 2012, sendo que a mesma taxa é esperada para 2013 e 2014.

SUPERAVIT

A meta de superavit, poupança pública usada para abater juros e dívida, será de 3,1% do PIB, mas foi fixado, como no ano passado, em valores nominais: R$ 139,8 bilhões.
"Essa é a nossa aposta, nossa previsão", disse a ministra Miriam Belchior (Planejamento), ponderando que o valor do mínimo será reavaliado no final do ano e vai precisar ser arredondado para facilitar a retirada em caixas eletrônicos.
O governo decidiu excluir do projeto a obrigatoriedade de empenho das despesas classificadas como "ressalvadas", que somaram no ano passado R$ 10,3 bilhões. Tratam-se de ações em áreas como Ciência e Tecnologia e Segurança Alimentar que não podiam ser contigenciadas.

SELIC

A proposta prevê taxa de juro de 10,75% no final de 2012, de 10% em 2013 e de 8,5% em dezembro de 2014.
Já para a taxa de câmbio média, a estimativa é de que o dólar encerre o ano de 2012 a R$ 1,76, devendo subir para R$ 1,82 no final de 2013 e R$ 1,86 no fim de 2014.

COPA 2014

O projeto não traz qualquer menção às obras para a Copa-2014 e Olimpíada-2016, nem ao pagamento dos chamados restos a pagar, que são as despesas acumuladas do governo.
No Congresso, o projeto será debatido, pode ser alterado e deverá ser votado até o final de junho, antes do recesso parlamentar.

Da Folha.com

Prazo para regularização de título de eleitor termina hoje

Prazo para regularização de título de eleitor termina hoje
Termina nesta quinta-feira (14) o prazo de regularização do título de eleitor para os eleitores que não compareceram às urnas nem justificaram a ausência nas três últimas eleições. Segundo levantamento realizado no início de 2011 pela Justiça Eleitoral, em todo o Brasil 1.473.128 pessoas não votaram e não justificaram por três eleições seguidas. Desse total, apenas 3% (46.282) quitaram a situação com a Justiça Eleitoral, ou seja, 97% (1.426.846) ainda correm o risco de ter o título cancelado.

Os eleitores que estão em débito com a Justiça Eleitoral devem comparecer ao cartório mais próximo de casa. Caso tenha o título eleitoral cancelado, o eleitor fica impedido de tirar carteira de identidade e passaporte, receber salários de função ou emprego público, obter alguns tipos de empréstimos e renovar matrícula em instituição de ensino pública.

Para verificar a situação do título, o eleitor pode acessar a página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet (www.tse.jus.br) onde está disponível uma opção para essas informações.

Agência Brasil

Coxixola terá corrida de motocross

Coxixola terá corrida de motocross


Competidores de todo o Brasil, praticantes do Moto cross, estarão presentes no 2º Moto Cross que será realizado na cidade de Coxixola, Cariri Paraibano, nos dias 30 de abril (sábado) e 01 de maio (domingo). O evento faz parte das comemorações de aniversário de 17 anos de emancipação política do município.

Com competições em 10 categorias, divididas em Categoria Local, CRF 230, F.L.Nacional, 125/150 cc, 180/200 cc, MX3, Mirin 15, MX4, Intermediária e F Importada, os pilotos classificados nos 10 primeiros lugares de cada modalidade, receberão premiação em dinheiro.

A inscrição custa apenas R$ 40,00 mais um 1KG de alimento não perecível, que serão doados às instituições de assistência social do município.

Na noite do sábado (30), à partir das 21 horas, haverá shows na avenida principal da cidade, com as bandas Edson Lima e Gatinha Manhosa e a banda Forrozão Red Bull.

O prefeito Nelson Honorato, afirmou que, mesmo estando em sua 2ª edição, os organizadores já classificam a pista como uma das melhores da Paraíba, atendendo aos requisitos de competitividade e segurança para os pilotos participantes.

Fonte: Vitrine do Cariri

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 59 milhões

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 59 milhões
166 bilhetes acertaram cinco números e vão receber R$ 19.039,00. Outras 11.088 apostas acertaram a quadra e vão receber R$ 407,19.

Nenhum apostador acertou as seis dezenas sorteadas pela Caixa Econômica Federal (CEF), nesta quarta-feira (13), pelo concurso 1.274 da Mega-Sena.

Confira os números sorteados: 13 – 17 – 21 – 39 – 40 – 59

Segundo a Caixa, 166 apostas acertaram cinco números e cada uma vai receber R$ 19.039,00. Outras 11.088 apostas acertaram quatro números e cada uma receberá R$ 407,19.

De acordo com a Caixa, o prêmio acumulado para o próximo concurso é de R$ 59 milhões.

ATÉ A PRESIDENTA CHOROU!

ATÉ A PRESIDENTA CHOROU!
O Brasil é mesmo um país que procura se diferenciar dos demais. Em qualquer outro país, quando ocorre uma tragédia inusitada ou natural, uma série de medidas é tomada de imediato, seja no âmbito local ou nacional, conforme os aspectos causadores sejam localizados ou abrangentes. Após o massacre no Rio de Janeiro, a medida da escola foi suspender as aulas por tempo indeterminado e em âmbito estadual e federal, foi o estudo genealógico da personalidade do suicida-assassino.

É fato que para o ocorrido não tenha mais jeito, mas a discussão deve se ater a evitar ou amenizar tragédias semelhantes. Em defesa própria, e prévia, o prefeito do Rio de Janeiro disse logo que não. Surgiu informação de que uma das armas fora roubada há mais de dezoito anos. A compra e porte de arma são controlados pelo governo. Uma arma roubada não deveria ficar nas ruas, alguma instituição do Estado teria, e tem a responsabilidade de recuperá-la. Os governos estaduais e o federal têm por dever evitar os roubos. No caso concreto, em primeiro lugar tiveram dezoito anos para retomada e não o fizeram. Também coube ao prefeito afirmar que as portas das escolas devem continuar escancaradas a todos, com armas ou não, mesmo nestes tempos de altíssimo índice de violência em todo o país.

Nenhum especialista em violência, que aparecem a comentar tragédia como comentarista de futebol, mencionou o que um guarda poderia ter feito. Primeiro, poderia ter abordado um estranho, segundo, após o início dos tiros, acionado a polícia com mais rapidez, devido ao presumido preparo. Talvez nenhuma escola utilize mesmo um detector de metal, mas alguma vistoria deveria ser feita sempre que um indivíduo portasse alguma mochila, sacola ou maleta. Precisa-se dar um basta à argumentação antecipada de que toda tragédia no Brasil é inevitável.

Outra medida defendida quase pela unanimidade das autoridades e especialistas seria estudar se o suicida-assassino tinha antecedentes familiares de loucura, psicopatia e outros problemas mentais. Essa preocupação deveria ter sido antes. E se esse rapaz tivesse precisando mesmo de tratamento, com certeza, não teria em lugar público nenhum deste país. Ora, toda hora aparecem pessoas toda quebradas, morrendo de dor, há vários dias ou semanas nos hospitais sem nenhum atendimento. Não seria um pobre da periferia que receberia atendimento psicológico. Diriam a ele que se tocasse. O Estado teria coisas mais relevantes para cuidar.

O pior é que ninguém cobra antes, nem fala isso abertamente com as autoridades no momento das tragédias. Se um repórter perguntasse ao governador ou ao prefeito onde alguém levaria um parente, com vida, para tratamento de possíveis distúrbios mentais, perceberia que eles só falam por falar, para se isentarem de responsabilidade de não dar segurança em lugar nenhum, nem tratamento de saúde para ninguém. Foi trágico, mas o suicida-assassino já não traz mais nenhum risco à sociedade. Não há relevância saber sobre se é genética a psicopatia de um falecido. Isso deveria ter sido feito, e não foi. Para quem deve ser feito, nada vai ser feito; nem cobrado por ninguém. O brasileiro não tem solidariedade para exigir, apenas para levar flores aos mortos e para chorar suas vítimas. Às vezes, vítimas da nossa própria inércia.

Hoje, ontem, anteontem; até no mesmo dia da tragédia, foram assassinadas centenas de pessoas neste país. Cada uma de forma injusta, covarde e indefesa, como é qualquer assassinato. Nenhuma autoridade nem sequer disponibiliza o número de quantos assassinatos são cometidos por dia no Brasil. No fim do ano, no mínimo, quarenta mil. Sem alarde, sem manchete, sem choro de prefeito, de governador nem de presidente. Uma vez que cada brasileirinho e brasileirinha perca a vida isoladamente, podem morrer aos milhares naturalmente, que não receberão nem um número num banco de dados dos governos. O brasileiro deve chorar e não aceitar o assassinato coletivo de 12 crianças, da mesma forma que não deve se calar diante desse massacre isolado, maior do que em qualquer guerra recente.

O choro diante de uma tragédia demonstra nobreza de sentimento. É muito louvável. O choro de autoridades somente após as tragédias soa mais como defesa ou ressentimento pelo que não fizeram. Após, segue o silêncio, a inoperância, sem nenhuma medida real, passivamente assistindo a desordem e a violência tomarem conta do país.

Ao fim do ano, nem o prefeito do Rio de Janeiro vai dizer uma vírgula sobre quantos foram assassinados no município, nem o governador sobre o seu Estado, nem a presidenta sobre o Brasil. E pelos índices atuais, terão sido baleados, esfaqueados, afogados, trucidados mais de quarenta mil brasileirinhos e brasileirinhas. Exatamente como as 12 indefesas crianças, sem culpa, sem dar causa; sem ninguém ter feito nada antes para defendê-las, sem ninguém na porta para chamar a polícia. Por morrerem coletivamente, as do Rio tiveram a condolência de todos, sobre os outros milhares ninguém tomará conhecimento. Nenhuma lágrima oficial será derramada por elas.

Por: Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP

Diretores do Moda Center Santa Cruz terão Audiência com Eduardo Campos

Diretores do Moda Center Santa Cruz terão Audiência com Eduardo Campos

Exiba aurea no ...jpg na apresentação de slides

Santa Cruz do Capibaribe teve um fim de semana bastante movimentado para os empresários locais e toda sociedade. O programa Todos por Pernambuco, do governo do estado aterrissou na Capital da Moda para ouvir os anseios dos empreendedores do segundo maior Polo de Confecções do Brasil.

Terra mãe da confecção, Santa Cruz do Capibaribe hoje possui a maior vitrine do empreendedorismo regional, o Moda Center Santa Cruz. O governador Eduardo Campos, chegou logo no início da tarde desta sexta-feira (08), à cidade, onde pousou de helicóptero no estacionamento frontal do Moda Center.
O governador foi recebido pelos diretores do Moda Center, onde na oportunidade, pediu para seus assessores marcar uma audiência com a diretoria do Moda Center. Alguns dos diretores entregaram alguns brindes a Eduardo Campos, expressando as boas vindas ao governador.
Em breve, os diretores do Moda Center serão recebidos no Palácio do Campo das Princesas. A diretora, Áurea Xavier vibrou com o convite de Campos. “Nós fomos muito bem atendidos pelo governador, e iremos, além dessas reivindicações, mostrar a importância desse polo para o Estado e para o Brasil, além de cobrar para que sejamos atendido. Eu vejo isso como de grande importância, o governo mostrar-se aberto a sugestões e nos receber em seu gabinete”, destacou Áurea.

Chuva e frio na Capital da Moda



Baixar a poeira, amenizar o calor e com aquele friozinho que faz retardar a hora de levantar. É assim que Santa Cruz do Capibaribe acorda na manhã desta terça-feira (12). A cidade amanhece sob uma chuva fina, mesmo assim não intimida o povo empreendedor da Capital da Moda. Logo cedo, o movimento da cidade já estava visível com os comerciantes indo a maior vitrine empreendedora do Brasil, o Moda Center Santa Cruz.

Senadores ganharão carros novos e iphones



O Senado vai substituir a frota de carros oficiais da Casa, disponível para todos os 81 senadores. Com gasto anual de R$ 17 milhões com os veículos, o comando da instituição vai leiloar os carros antigos para substituí-los por novos, que serão comprados ou alugados, de acordo com estudo a ser executado pela primeira-secretaria do Senado, informa a Folha Online.

O senador Cícero Lucena (PSDB-PB), primeiro-secretário, disse que a frota está sucateada após oito anos de uso. "Eles estão consumindo mais combustível, estão gastando mais peças, estão tendo custo elevado de mão de obra para a manutenção. Quando você tem carro novo, tem vários modelos que dão quatro, cinco anos de garantia, dão manutenção. Eu não acredito que seja papel do Senado ter uma grande oficina", afirmou.

Também serão substituidos os telefones celulares dos 81 senadores por Iphones. Lucena justificou a troca ao afirmar que os modelos antigos não permitem aos senadores usar a internet nem enviar mensagens, o que elevaria os gastos com ligações da Casa. "Entendemos que isso é um mecanismo de redução de custo porque muitos assuntos podem ser tratados por mensagem, o que é mais barato que uma ligação", afirmou.

Do Blog do Magno