Vacina contra gripe: Confira as datas de vacinação para cada público alvo da campanha


Idosa é esfaqueada por assaltantes em Santa Cruz do Capibaribe


Na noite desta segunda-feira, 30 de março de 2020, assaltantes feriram uma mulher com golpes de faca ou objeto similar. O fato aconteceu na Rua Artur Correia de Araújo, popularmente conhecida como Rua 4, no bairro São Cristóvão, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco.

Segundo informações, a vítima, uma idosa de 67 anos de idade, a qual é deficiente visual, estava em sua residência juntamente com outros parentes, quando foi surpreendida por seis elementos que chegaram em uma carroça de burro, invadiram a casa, reviraram os cômodos e levaram alguns objetos, mas antes de irem embora feriram a vítima no ombro e nas costas.

Uma equipe do SAMU foi acionada e a idosa foi levada à UPA do município, onde recebeu atendimento médico e depois foi transferida para o Hospital Regional do Agreste, na cidade de Caruaru.

A Polícia Militar foi acionada, mas os elementos fugiram após o crime e não foram localizados. A Polícia Civil investiga o caso e quem tiver informações sobre os criminosos pode informar através do telefone (81) 99488-7041, que não terá sua identidade divulgada.

Governo do Estado lança campanha Pernambuco Solidário e estimula doações para população carente

Através das doações dos pernambucanos, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude vai repassar ajudas para as 240 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza do Estado.


Com o intuito de promover o fortalecimento das ações de combate ao Coronavírus, o Governo de Pernambuco, além de liberar R$ 1,4 milhão para os municípios, lançou a campanha Pernambuco Solidário. A ideia é convocar os pernambucanos para todos juntos serem uma rede de solidariedade e ajudar os que mais precisam. A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude está incentivando a participação, inclusive de condomínios, grupo de amigos, vizinhos ou familiares, a fazer uma doação única para aumentar o número de alimentos, itens de higiene pessoal e água mineral.

Mais um caso suspeito de infecção por Coronavírus é descartado em Santa Cruz do Capibaribe


A Secretaria Municipal de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe divulgou nesta segunda-feira, 30 de março, mais um boletim diário com os números de notificações de casos suspeitos de infecção por Coronavírus (Covid-19) no município.

Santa Cruz teve até hoje, 39 casos suspeitos notificados, porém 8 destes foram descartados, ou seja não havia contaminação pelo vírus. 31 casos suspeitos estão em investigação. O município não teve nenhum caso confirmado.

Inscrições para cursos de Educação a Distância do SESI-PE abrem em 1º de abril

Comunicação Escrita, Ética e Sustentabilidade, Matemática Básica e Entendendo a CIPA - NR5 são as quatro opções disponíveis.


Em tempos de isolamento social em prol do combate à disseminação do coronavírus, uma boa alternativa para tornar o tempo produtivo é estudar e se capacitar para turbinar o currículo. A partir do dia 1º de abril, o SESI-PE disponibilizará quatro cursos de graça na modalidade de Educação a Distância (EAD) para quem está em busca de aprofundar os conhecimentos nas áreas de comunicação, saúde e segurança no trabalho, ética e matemática.

As inscrições para os cursos de Comunicação Escrita, Ética e Sustentabilidade, Matemática Básica e Entendendo a CIPA - NR5 abrem no dia 1º de abril e vão até o dia 15 do mesmo mês. Os interessados devem possuir e-mail e ter noções básicas de informática. Para realizar a matrícula, é preciso acessar o site da instituição (www.pe.sesi.org.br), clicar na seção de Educação a Distância, depois em “registro” no canto superior direito e seguir o passo a passo indicado pela plataforma.

Todos os conteúdos estarão disponíveis online, 24 horas por dia, sete dias por semana. Caberá ao aluno administrar seu ritmo de estudo e aprendizagem. Após cumprir a carga horária total do curso, o estudante participará de uma avaliação no ambiente virtual e, se alcançar 70 pontos no exame, obtém a Certificação de Conclusão. Outras informações pelo e-mail educacao.distancia@pe.sesi.org.br.

Seplag produz painel sobre Covid-19 com dados de Pernambuco, do Brasil e do mundo

Informações são coletadas de diversas fontes e atualizadas a cada 24 horas.


A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio do Instituto de Gestão Pública de Pernambuco, é responsável pelo abastecimento dos dados disponíveis no site www.pecontracoronavirus.pe.gov.br sobre a Covid-19 em Pernambuco, no Brasil e no Mundo. A coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações confiáveis é um importante aliado no combate à crise que acomete o planeta. Para os dados de Pernambuco, é fundamental a parceria com a Vigilância em Saúde do Estado de Pernambuco (SEVS-SES).

São dez painéis com informações as mais detalhas possíveis sobre o avanço da pandemia em Pernambuco, no Brasil e no Mundo. Todo o material está disponível através do Power BI, conjunto de ferramentas que possibilita a análise e compartilhamento de dados obtidos por meio de diversas fontes. Os MetaDados e a Base de Pernambuco também estão disponíveis no site. 

Nos dados de Pernambuco, por exemplo, pode-se verificar os casos notificados, confirmados, prováveis, o número de óbitos e de curados, entre outras informações. No Brasil e no mundo é possível ver o ranking de casos confirmados e casos fatais por estados ou países, respectivamente. Há também disponível uma base com séries históricas que permitem entender como foi a evolução da doença em todos os países que apresentaram casos. Este material é fundamental para ajudar na construção de cenários que ajudem Pernambuco a enfrentar esta grave crise. 


Alexandre Rebêlo, secretário de Planejamento e Gestão, destaca a importância da qualidade da informação e da transparência na divulgação dos dados. “Produzir e trabalhar com dados confiáveis é fundamental para enfrentarmos esta crise. Produzimos material para ajudar a orientar as ações do governo, mas também disponibilizamos tudo para que a sociedade possa se informar˜, explicou. 

PEcontracoronavírus -O Governo do Estado iniciou a segunda fase da comunicação educativa contra a Covid-19 com o lançamento do site pecontracoronavirus.pe.gov.br, que reúne as principais informações sobre o novo Coronavírus e sobre o enfrentamento da pandemia em Pernambuco. Neste ambiente, a população tem acesso a notícias sobre o vírus, às medidas restritivas instruídas por decretos do governo estadual e a boletins epidemiológicos, além de poder tirar as dúvidas mais frequentes e conhecer as orientações sobre prevenção e cuidados relacionados à Covid-19. 

O site também conta com uma central de combate às fake news e um painel informativo com dados de Pernambuco, do Brasil e do mundo. Esta nova etapa reforça a importância da conscientização das pessoas, para que sigam as orientações sanitárias e fiquem em casa sempre que possível. O Governo também ampliará a veiculação de spots e filmes educativos em rádios e TVs, e colocará em circulação carros de som com mensagens da campanha de prevenção por todo o Estado.

Fonte: Núcleo Integrado de Comunicação.

Mulher de Santa Cruz do Capibaribe apresenta fortes suspeitas de infecção pelo Coronavírus


Uma mulher que reside na Cohab, em Santa Cruz do Capibaribe, a qual tem histórico de viagem a Fortaleza, no Ceará, apresentou sintomas que levantam fortes suspeitas de infecção pelo novo Coronavírus (Covid-19).

De acordo com informações, a mulher de cerca de 40 anos de idade teria tido contato com duas pessoas que apresentaram sintomas de infecção por Coronavírus e pouco tempo depois teve uma gripe leve, mas depois começou sentir dores nas costas e foi submetida a exames em um Hospital particular, em Caruaru, onde foi constatado um quadro de pneumonia. Ela está isolada em sua residência.

A Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe informou que está monitorando o caso e aguarda o resultado de exames que confirmem ou descartem a infecção pelo Coronavírus.

Açude da Manhosa fica perto de sangrar, após chuvas deste domingo, 29 de março, em Santa Cruz


O Açude da Manhosa, localizado na Zona Urbana de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco pode voltar a verter a qualquer momento. O reservatório acumulou uma grande quantidade de água com as chuvas da noite deste domingo, 29 de março de 2020 em toda região.

Açude do sítio Algodão começa a verter, no município de Taquaritinga do Norte


Após as fortes chuvas que caíram na noite deste domingo, 29 de março, na região agreste do estado de Pernambuco, o açude do Sítio Algodão, no município de Taquaritinga do Norte, atingiu sua capacidade máxima de acúmulo de água e começou a transbordar.

Após muitos anos sem acúmulo considerável de água, esta barragem voltou a encher e o ano de 2020 já entra para a história como um dos anos mais chuvosos em todo o Nordeste.

Veja a seguir o vídeo do Açude do Algodão:



Açude do Algodão em 30 de março de 2020.

Risco de infecção por coronavírus (covid – 19) é maior em fumantes, alerta INCA


O Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) emitiu um alerta sobre os riscos do tabagismo e do uso e compartilhamento do Narguilé para infecção pelo Coronavírus (Covid – 19). 

O tabagismo e o aumento do risco de infecções bacterianas e virais

Fumar aumenta o risco de infecções bacterianas e virais. De acordo com a Organização Mundial da Saúde foi documentado que os fumantes têm um risco de duas a quatro vezes maior de contrair doença pulmonar pneumocócica invasiva - uma doença associada à alta mortalidade. O risco de influenza é duas vezes mais alto e mais grave em fumantes, em comparação com não fumantes. No caso da tuberculose, fumantes têm duas vezes mais risco de contrair a infecção e quatro vezes maior para mortalidade por essa enfermidade.

Aumento do risco de infecção por coronavírus (covid – 19) entre fumantes

Ainda não há evidências robustas para sugerir um risco aumentado de infecção entre fumantes. No entanto, a análise das mortes por coronavírus na China mostra que os homens têm maior probabilidade de morrer do que as mulheres, algo que pode estar relacionado ao fato de que os homens chineses fumam mais do que as mulheres. Entre os pacientes chineses diagnosticados com pneumonia associada ao coronavírus (covid – 19), as chances de progressão da doença (inclusive até a morte) foram 14 vezes maiores entre as pessoas com histórico de tabagismo em comparação com as que não fumavam. Esse foi o fator de risco mais forte entre os examinados.

O que é o narguilé

O narguilé, também conhecido como cachimbo d’água, shisha ou hookah, é um dispositivo para fumar no qual uma mistura de tabaco é aquecida e a fumaça gerada passa por um filtro de água antes de ser aspirada pelo fumante, por meio de uma longa mangueira. Por utilizar água no processo como se fosse um tipo de filtro, o consumo de narguilé é visto como menos nocivo à saúde, o que não é verdade, pois é tão ou mais prejudicial que outras formas de uso do tabaco.

O uso do narguilé e o risco de infecções

Fumar narguilé normalmente é uma ação feita em grupos. Cada sessão dura em torno de 45 a 60 minutos. Uma rodada de uma hora produz fumaça que pode equivaler ao consumo de cem cigarros. A mangueira do narguilé é passada de pessoa a pessoa e todas compartilham a mesma piteira (que é a parte colocada na boca). Desta forma, é razoável imaginar que o fumante de narguilé estará exposto a diversos micro-organismos que podem causar doenças, incluindo o coronavírus (covid – 19).

Como o narguilé pode ser contaminado por micro-organismos infecciosos?

O risco de transmissão de agentes infecciosos por meio do fumo do narguilé é alto, pois os micro-organismos podem passar facilmente por meio das piteiras e mangueiras de uma boca para a outra.

Cabe ressaltar ainda que os fumantes costumam tossir nas mangueiras do narguilé e a umidade da fumaça do tabaco promove a sobrevivência de microrganismos dentro dela. O uso de água fria na base ou jarro pode facilitar a sobrevivência de vírus e bactérias. Além disso, a disseminação de doenças infecciosas também pode resultar da preparação manual do narguilé, sobre a qual não se tem controle.

Medidas tomadas por outros países considerando o risco potencial de infecção por coronavírus (covid – 19) por meio do uso de narguilé

Alguns países da região do Mediterrâneo oriental, como Irã, Kuwait, Paquistão, Catar e Arábia Saudita, proibiram o uso do narguilé em locais públicos, como cafés, bares ou restaurantes, para evitar a transmissão do coronavírus (covid – 19).

Recomendações:

Informar o público sobre o aumento do risco de infecção por coronavírus (covid – 19) em fumantes em comparação com não fumantes.
Informar o público sobre o alto risco de infecção por coronavírus (covid – 19) ao usar narguilé.
Orientar todos os estabelecimentos públicos, tais como cafés, bares, restaurantes e outros sem exceções, sobre a sua responsabilidade de proibir o uso do narguilé.
Orientar o fumante que fumar faz mal à saúde e que não compartilhe o narguilé e outros dispositivos para fumar.
Incentivar o fumante a parar de fumar.

Referência
WHO FRAMEWORK CONVENTION ON TOBACCO CONTROL. Increased risk of COVID-19 infection amongst smokers and amongst waterpipe users. Available at: https://untobaccocontrol.org/kh/waterpipes/covid-19/ Access in: 16 mar. 2020

Fonte: INCA

Santa Cruz do Capibaribe registra mais de 62 milímetros de chuva neste domingo (29)


Choveu muito entre o final da tarde e início da noite desta domingo, 29 de março, em Santa Cruz do Capibaribe, no agreste de Pernambuco.

De acordo com dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), o pluviômetro instalado na Compesa, no Loteamento Rio Verde registrou 62,05 milímetros.

Com a chuvas, vários riachos no entorno da cidade transbordaram por sobre as pontes, inclusive o Riacho Tapera, em que a água cobriu a passagem molhada construída para dar acesso ao centro da cidade já que a conhecida "ponte velha" está interditada por problemas na estrutura.


Internet Banda Larga com qualidade em Santa Cruz do Capibaribe é na BestNet


Internet em Banda Larga com qualidade em Santa Cruz do Capibaribe e com diversos planos para você escolher de acordo com sua necessidade é na BestNet.

A REDE BESTNET TELECOM é um provedor de presença e infra-estrutura de Internet e foi fundada com o intuito de oferecer serviços de alta qualidade com eficiência. Pioneira em soluções de Internet Licenciada pela Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel), REDE BESTNET TELECOM possibilita aos seus clientes atingirem com sucesso seus objetivos de negócios em tempo ágil, baseados em qualidade, confiança e sólida aliança.

Para mais informações, ligue 3731-6403 / (81)99486-2404 / (81) 99610-5442.

Vitamina D pode reduzir risco de contágio pelo Coronavírus, sugere estudo


A vitamina D pode ter um papel importante no tratamento e prevenção da covid-19, sugere um estudo da Universidade de Turim divulgado nesta quinta-feira (26/03), que analisou a relação entre a deficiência deste nutriente no corpo e o novo coronavírus.

Coordenado pelo professor Giancarlo Isaia, docente em geriatria e presidente da Academia de Medicina da cidade italiana, e por Enzo Medico, professor de histologia (estudo de tecidos), a pesquisa mostrou que "dados preliminares coletados nos últimos dias em Turim indicam que os pacientes com a covid-19 apresentam uma prevalência muito alta de deficiência de vitamina D".

Os dados apurados na pesquisa, segundo os dois especialistas, mostraram que a vitamina D tem papel ativo na regulação do sistema imunológico. Outras evidências indicam que o composto tem um efeito "na redução do risco de infecções respiratórias de origem viral, inclusive na do coronavírus". O elemento também teria capacidade de combater danos pulmonares causados por inflamações.

Ter vitamina D suficiente no organismo também "pode ser necessário para determinar uma maior resistência às infecções de covid-19, (possibilidade) que, apesar de haver menos evidências científicas, pode ser considerada verossímil", escrevem os pesquisadores.

A falta da molécula no organismo é ainda frequentemente associada a diversas doenças crônicas que podem reduzir a expectativa de vida em idosos, "tanto mais no caso de infecções da covid-19". Na Itália, a falta de vitamina D afeta grande parte dos habitantes, especialmente os mais idosos, cujo país tem a segunda maior população do mundo, depois do Japão. Os mais velhos fazem ainda parte do grupo de risco do novo coronavírus. Fortemente a atingida pela pandemia, a Itália já registrou o maior número de mortes do mundo em decorrência da covid-19, mais de 9,1 mil.

Isaia e Medico já submeteram o documento com dados da pesquisa à Academia de Medicina de Turim. No texto, eles recomendam aos médicos que, associada a outras medidas, eles garantam "níveis adequados" de vitamina D na população, "mas sobretudo em pacientes já contagiados, seus familiares, agentes de saúde, idosos frágeis, no público de residências assistenciais, em pessoas em regime de isolamento e em todos aqueles que, por vários motivos, não se expõe adequadamente à luz solar".

Além disso, os autores dizem que a administração intravenosa da forma ativa da vitamina D, o Calcitriol, também pode ser considerada em pacientes da doença respiratória covid-19, causada pelo coronavírus, com funções respiratórias particularmente comprometidas.

Eles lembram ainda que a carência pode ser compensada, antes de tudo, com exposição das pessoas à luz solar pelo maior tempo possível, "em varandas e terraços, além de ingerir alimentos ricos em vitamina D e tomando preparados farmacêuticos especiais - mas sempre após consulta médica".

Ontem podíamos abraçar, mas não tínhamos tempo...

Por Clécio Dias


Ontem podíamos abraçar, mas não tínhamos tempo. Hoje, na quarentena, temos todo o tempo do mundo, mas não podemos abraçar...

Quando tínhamos as pessoas por perto preferíamos ficar no celular. Agora, distante das pessoas, percebemos a falta que elas fazem...

O coronavírus se espalha sem que qualquer invenção humana seja capaz de contê-lo...

Os países mais ricos foram os primeiros atingidos...

De repente, sob o ângulo do coronavírus, somos todos iguais...

O coronavírus veio revolucionar o modo de vida da humanidade, talvez até dizer que o ser humano não estava vivendo....

Mas, de repente, percebemos o que é prioridade e o que é trivial...

Por mais riqueza e poder que uma pessoa possa ter, se ela parar de respirar, tudo “o que se tem” ou tudo “o que se pensa que é” não vale nada...

Amargamos a disseminação de ideias desumanas de que só morrerão idosos, diabéticos e hipertensos...

Ah, se soubessem o valor dos idosos. Os idosos são a “baraúna” das famílias, quando vão embora deixam um vazio nunca mais preenchido...

Só entende isso quem tem aquele avô preocupado, aquela avó carinhosa, aquele pai dedicado e aquela mãe amorosa, muitas vezes, incondicional...

A diabetes e a hipertensão há muito tempo viraram epidemia e muitos jovens por elas são acometidos e nem por isso devem ser abandonados...

De repente, nos deparamos com a frieza humana, com a supervalorização do dinheiro, do comércio e das mercadorias...

Incrível é notar que os caixões enfileirados sem espaço nos cemitérios e os corpos cremados sem velório não são capazes de sensibilizar a alma “humana” que há séculos se transformou em “entidade capitalista” ...

O vírus segue numa velocidade nunca vista, invadindo continentes, países, tirando vidas, deixando órfãos, esvaziando ruas e roubando o último abraço das pessoas que, na correria da vida moderna, já não sabiam mais o significado de um abraço!!!

Pastor Eurico é confirmado como o primeiro caso de Coronavírus entre deputados federais de Pernambuco


O deputado federal e presidente estadual do PATRIOTA em Pernambuco, Pastor Eurico, confirmou com exclusividade ao Blog do Alberes Xavier, que testou positivo para o COVID-19.

O deputado, que é Pastor da Assembleia de Deus Pernambuco, exerce o seu terceiro mandato na Câmara Federal. O mesmo, tem 57 anos e apresenta sintomas como febre, calafrios e um pouco de tosse. 

Pastor Eurico encontra-se em quarentena, e sua esposa Irmã Lígia, também aguarda resultados de exames para confirmar se foi infectada com o vírus.

Jovem está desaparecido em Santa Cruz do Capibaribe


O jovem Wellington José dos Santos, de 30 anos de idade, o qual reside em Santa Cruz do Capibaribe, está desaparecido desde a sexta-feira, 27 de março.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do mesmo, pode entrar em contato através do telefone (81) 99585-6045.

CDL realiza doação de máscaras descartáveis para profissionais da saúde de Santa Cruz do Capibaribe


A CDL Santa Cruz do Capibaribe-PE entregou na manhã desta quinta-feira (26), uma remessa com pouco mais de duas mil máscaras descartáveis, que serão utilizadas pelos profissionais da saúde que atuam no município. A ação, coordenada pela entidade lojista, conta com o apoio e patrocínio de empresários e indústrias da cidade. Para o presidente da CDL, Bruno Bezerra, é preciso criar uma forma de ajudar aos profissionais que estão na linha de frente, que são os profissionais da saúde.

“As máscaras foram desenvolvidas por profissionais de saúde do município com articulação da CDL e uma confecção local. Quero agradecer também a empresa Porfírio Calçados que através de doação uniu forças com a CDL para viabilizar financeiramente a produção das máscaras. Quem quiser colaborar para viabilizar a produção de mais máscaras descartáveis pode entrar em contato conosco, pois toda estrutura pública, principalmente saúde e segurança, precisa muito desse importante equipamento de proteção individual. Eles estão na linha de frente dessa batalha por todos nós. Temos o compromisso de ficar na retaguarda por eles. Todos juntos vamos vencer”, disse.


O material foi entregue ao Secretário de Saúde do município, Dr. Nanau Marques, onde o mesmo, expressou a sua gratidão por meio do seu perfil no facebook. “Acabamos de receber da CDL de Santa Cruz do Capibaribe-PE, através do seu Presidente Bruno Bezerra, máscaras confeccionadas no nosso município, são atitudes como essa que engrandecem ainda mais essa entidade tão respeitada. Essas máscaras servirão para uso dos nossos profissionais da saúde. Fica aqui o meu muito obrigado a CDL de Santa Cruz do Capibaribe, extensivo a várias empresas do nosso município que estão de alguma forma colaborando e nos ajudando nessa luta”, escreveu o secretário em sua rede social.

Bélgica confirma primeiro caso de coronavírus em animal doméstico transmitido pelo dono

Imagem reprodução / Internet.
A Bélgica confirmou, nesta sexta-feira (27), um caso de transmissão do novo coronavírus de humano para animal doméstico.

Uma mulher do município de Liège diagnosticada com a covid-19 infectou o seu gato de estimação, de acordo com representantes do Serviço Federal de Saúde Pública belga. A análise foi feita por pesquisadores da Faculdade de Medicina Veterinária de Liège. 

O professor Steven Van Gucht disse que o gato vivia em contato próximo com a dona, que começou a apresentar sintomas do vírus uma semana antes do animal.

"O gato teve diarreia, vomitava e tinha problemas respiratórios. Os pesquisadores encontraram o vírus nas fezes do gato", afirmou.

Na coletiva de imprensa, o microbiologista Emmanuel André frisou se tratar de "um caso isolado e que deriva de um contacto próximo com a pessoa doente, nada indicando que os animais sejam um vetor de transmissão".

A transmissão de humano para animal é rara. Até então, apenas três casos foram reportados: dois cachorros em Hong Kong e o felino da Bélgica. Os cães não apresentaram sintomas, e o gato teve "distúrbios respiratórios e digestivos transitórios", segundo a Agência Agência Federal de Segurança na Cadeia Alimentar da Bélgica (Afsca).
Caso é "isolado", segundo especialistas

O vírus pode ser transmitido do homem para o animal, mas "não há razão para pensar que os animais possam ser vetores da epidemia em nossa sociedade", insistiu o médico Emmanuel André, mencionando as análises científicas feitas em todo o mundo sobre o assunto.

Os casos de contaminação dos animais domésticos são raros. Em Hong Kong, as autoridades informaram nas últimas semanas sobre dois cachorros que "testaram positivo para a Covid-19" durante uma campanha de detecção feita com 17 cachorros e oito gatos que vivem em contato com pessoas portadoras do vírus.

"Até agora, nada indica que um animal doméstico possa transmitir o vírus ao homem ou a outros animais domésticos", afirmou a instituição belga.

"O risco de transmissão do vírus dos animais domésticos aos seres humanos é insignificante em comparação ao risco de transmissão por contato direto entre seres humanos", ressaltou a Afsca.

Por precaução é "altamente recomendável" aplicar regras clássicas de higiene com os animais domésticos: "evitar os contatos próximos com eles, lavar as mãos depois de manipulá-los ou deixar que os animais lambam o seu rosto".

Trata-se de medida para impedir a transmissão do vírus ao animal e de evitar que o mesmo se torne um portador do vírus, concluiu a Afsca.
O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

De forma preventiva, Caop Meio Ambiente emite nota técnica sobre segurança de barragens para evitar somatório de situações sensíveis à vida


Devido a notícias de chuvas em algumas regiões com alterações na capacidade dos reservatórios, e com a finalidade de subsidiar a atuação ministerial no acompanhamento das políticas públicas na área de segurança de barragens e defesa civil em Pernambuco, o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Caop Meio Ambiente) emitiu a Nota Técnica n°01/2020, com orientações a todos os promotores de Justiça, visando minimizar riscos de rompimento, manter a integridade estrutural e operacional, bem como preservar a vida, em um período no qual já se vivencia uma emergência de saúde pública de importância internacional.

A segurança de barragens está disciplinada pela Lei Federal n°12.334/2010 (Política Nacional de Segurança de Barragens), e considerando a diversidade de situações verificadas nas 329 pernambucanas cadastradas no Sistema Nacional de Informações sobre Segurança de Barragens (SNISB), algumas encontram-se em colapso hídrico já no volume morto, outras operando com volumes pequenos, e algumas outras já estão na sua capacidade máxima, podendo verter em virtude das chuvas, “fazendo-se necessário esse olhar preventivo, a fim de evitar qualquer risco imediato ou qualquer acidente ocorrido nas barragens, quando já temos situação concreta, como a Barragem Barra, em Sertânia, que já está na capacidade máxima”, destaca o coordenador do Caop Meio Ambiente, promotor de Justiça André Felipe Menezes.

O Sistema Nacional de Informações sobre Segurança de Barragens (SNISB), gerido pela Agência Nacional de Águas (ANA), classifica as barragens de acordo com as faixas de completude de informações. Em março de 2020, Pernambuco apresenta as seguintes classificações das 329 cadastradas: 120 enquadradas na ‘mínima’ (barragens que possuem apenas Nome, Código SNISB, Coordenadas, UF, Município e Uso Principal); 117, na ‘baixa’ (dados da classe Mínima + Altura, Capacidade e Empreendedor); três, na ‘média’ (dados da classe Baixa + autorização); 89, na ‘boa’ (dados da classe Média + Classificação quanto à Classificação de Risco -CRI e Dano Potencial Associado – DPA); e zero, na classificação ‘ótima’ (dados da classe Boa + Inspeção Regular, Revisão Periódica e Plano de Ação de Emergência - PAE).

“Esse resultado classificatório indica a necessidade de se aprimorar o nível de completude de informações dessas barragens, buscando atingir a melhor classificação, já que estamos tratando de prevenção de risco, e informações são fundamentais para o devido acompanhamento”, explicou o coordenador do Caop Meio Ambiente, que acompanha permanentemente o

Sistema de Monitoramento Hidrometeorológico da APAC, visando a repassar informações em tempo real aos promotores de Justiça com atuação na Defesa do Meio Ambiente. Outra norma relevante para a segurança de barragens é a Política Nacional de Proteção de Defesa Civil (Lei Federal n°12.608/2012), que trata do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Para o MPPE, faz-se necessário elucidar caso a caso importantes questões, tais como a identificação do empreendedor, o domínio do corpo hídrico (federal ou estadual), a competência fiscalizatória da barragem, a periodicidade de atualização, a qualificação do responsável técnico, o conteúdo mínimo e o nível de detalhamento do Plano de Segurança da Barragem (PSB) e do Plano de Ação de Emergência (PAE), a qualificação da equipe responsável, o conteúdo mínimo e o nível de detalhamento das Inspeções de Segurança Regular e Especial e da Revisão Periódica de Segurança da Barragem.

Para isso, conforme regulamentação própria do Conselho Nacional do Ministério Público e do Conselho Superior do MPPE, esse acompanhamento deve se dar, por meio da instauração de Procedimento Administrativo, resguardando a independência funcional, com requisições dos documentos elencados na Nota Técnica n°01/2020 para ANA, APAC, e o respectivo município, bem como para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), além do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Atribuições de fiscalização - Em Pernambuco, o órgão fiscalizador da segurança de barragens é a APAC, disciplinada pela Lei Estadual n°14.028/2010, sendo a fiscalização dos usos de recursos hídricos no Estado regulamentado pelo Decreto n°38.752/2012. De acordo com a Nota Técnica n°01/2020 do Caop Meio Ambiente, em Pernambuco não há barragens de rejeitos ou resíduos industriais como as de Mariana e Brumadinho, apenas barragens de água, com métodos de projeto e de construção distintos.

Para as barragens de acumulação de água sem fins de aproveitamento hidrelétrico, a atribuição fiscalizatória é de quem outorgou o direito de uso da água, observado o domínio do corpo hídrico: ANA, para os corpos federais e, APAC, estaduais. No entanto, o Caop Meio Ambiente pontua que as barragens construídas por órgão federal estarão sob a fiscalização da APAC quando as águas forem de domínio do Estado. Em contrapartida, para as barragens de uso hidrelétrico, essa fiscalização compete à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), sem prejuízo da atuação dos órgãos ambientais federal (Ibama) e estadual (CPRH).

A Nota Técnica n°01/2020, com todas as considerações detalhadas e 35 pontos normativos levantados pelo Caop Meio Ambiente, foi distribuída pelas listas de transmissões institucionais e enviada para o e-mail funcional de todos.

Aplicativo lançado pelo Governo do Estado e Prefeitura do Recife permite atendimento de saúde à distância

Ferramenta oferece orientações virtuais sobre a Covid-19, permite a classificação de risco do paciente e o teleatendimento, por médicos e enfermeiros, nos casos mais graves.

Coletiva com André Longo, Jaison Correia e Demetrius Montenegro. Foto: Djair Pedro/SEI.
Com o objetivo de evitar que a população procure as unidades de saúde desnecessariamente, diante do atual cenário causado pela pandemia da Covid-19, o Governo de Pernambuco, em parceria com a Prefeitura do Recife, lançou nesta quinta-feira (26.03) um aplicativo que garante orientações virtuais sobre o novo vírus. Chamada de “Atende em Casa – Covid-19”, a ferramenta possibilita a classificação de risco do paciente e, caso seja necessário, nos casos considerados mais graves, permite uma chamada de vídeo para um teleatendimento feito por enfermeiros ou médicos. O aplicativo pode ser baixado e acessado por meio de smartphone ou computador. Todos os profissionais da rede estadual de saúde que não estejam exercendo atividades hospitalares estarão convocados para atuar nessa importante iniciativa.

Na manhã desta quinta-feira (26.03), foram confirmadas em Pernambuco mais duas mortes pelo novo coronavírus, subindo para três o número de óbitos provocados pela doença – o primeiro deles ocorreu na quarta-feira (25.03). Os pacientes falecidos hoje – ambos internados no Real Hospital Português (RHP) – foram um morador do Recife, de 69 anos, e um turista canadense, com 79, que chegou ao Recife no navio Silver Shadow, no dia 12 de março, e passou mal durante o desembarque. Já o primeiro paciente que faleceu vítima da Covid-19 no Estado tinha 85 anos e também era morador do Recife.

CONFIRMAÇÕES – Nesta quinta-feira (26.03), foram contabilizados em Pernambuco mais dois casos confirmados da Covid-19, passando a 48 casos no total, distribuídos por seis municípios, além de pacientes de outro Estado e outros países. Do total de pacientes, seis já se recuperaram, todas do sexo feminino e com idade entre 16 e 67 anos.

Ouça o Programa Moda Center no Ar desta quinta-feira (26/03)

Ouça o Programa Moda Center no Ar desta quinta-feira (26/03)

PARTICIPANTES: José Gomes Filho (Síndico) e George Pinto (Gerente Geral).
APRESENTAÇÃO: Silvio José (Polo FM)

PAUTA:

01. A diretoria do Moda Center Santa Cruz divulgou ontem uma carta aberta aos condôminos e comerciantes do centro atacadista informando da decisão de conceder um abatimento no valor da taxa de condomínio. A medida valerá para os meses em que o parque permanecer fechado em decorrência do enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

02. Visando cumprir o Decreto do Governo de Pernambuco, nº 48.830 publicado em 18 de março, que tratou também da suspensão das feiras de confecções por tempo indeterminado, o Moda Center definiu medidas para seu funcionamento administrativo e atendimento aos condôminos.

03. A coordenação do Estilo Moda Pernambuco (EMP) e o Moda Center Santa Cruz, promotor do evento, anunciam que o EMP 2020, previsto para acontecer de 23 a 27 de julho, foi cancelado. A medida foi tomada diante do cenário atípico, que impede o andamento da produção e planejamento do evento.

Se preferir, ouça pelo Spotify, clicando no link a seguir: https://spoti.fi/2WNARgT

Comer bem para fortalecer a imunidade; Esta é a dica do Centro Educacional Ludos


Agora é a hora de dar ao organismo tudo aquilo que ele precisa para se manter saudável e disposto, trabalhando para afastar a gripe. Cada família tem uma dieta alimentar que deve ser respeitada e adaptada conforme as atividades do cotidiano e suas próprias escolhas. Mas não custa nada evitar junk food nesse período de esforços coletivos, substituindo o cardápio por uma alimentação mais saudável. Use sua criatividade, inove o cardápio do dia a dia, sem tomar muito tempo.

Governo de Pernambuco abre inscrições para seleção com 670 vagas na área de Saúde

As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 28 deste mês.

Governador Paulo Câmara. Foto: Aluísio Moreira /SEI.

O Governo de Pernambuco abriu, nesta quarta-feira (25.03), inscrições para selecionar 670 profissionais de saúde para atuar no complexo hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE). Os profissionais serão utilizados no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), centro de referência em Pernambuco para o atendimento de casos da Covid-19.

A seleção foi anunciada na última segunda-feira (23), por meio do Decreto N° 48.840, como parte das ações para conter o avanço do novo Coronavírus em Pernambuco. O recrutamento é para a contratação de enfermeiros, nutricionistas, farmacêuticos, biomédicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos intensivistas, clínicos, infectologistas e pediatras, além de técnicos em enfermagem e flebotomistas.

As inscrições gratuitas são feitas, exclusivamente, pelo site www.upenet.com.br. O processo seletivo, realizado em uma única etapa eliminatória e classificatória em avaliação curricular, terá validade de 12 meses, podendo ser prorrogável por igual período. A convocação para as contratações será através de publicação no Diário Oficial do Estado e através de e-mail dirigido ao endereço eletrônico constante na ficha de inscrição do candidato classificado.

O resultado final será divulgado no dia 04 de abril. O certame, executado pela Universidade de Pernambuco - UPE, está regido pela Portaria Conjunta SAD/UPE no 036, de 24 de março.

O Complexo Hospitalar da UPE é composto pelo Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), pelo Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam) e pelo Pronto Socorro Cardiológico Universitário (Procape). O candidato que não atender à convocação para a sua contratação, no prazo máximo de três dias úteis, juntamente com a apresentação dos documentos para a comprovação dos requisitos para a contratação, citados no Edital, será considerado desistente, sendo automaticamente excluído do processo seletivo simplificado e será imediatamente convocado outro candidato, respeitadas a classificação geral dos candidatos aprovados.

São João da Moda 2020 é suspenso pela Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Arena da Moda durante o São João 2018 - crédito @girocriativo.
Em meio à pandemia causada pelo novo Coronavírus, a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe resolveu suspender a realização do São João da Moda 2020. O prefeito do município, Edson Vieira (PSDB), informou sobre a decisão de suspender a realização do evento, nesta quinta-feira, 26 de março, por meio de um vídeo.

Veja a seguir o pronunciamento do prefeito:

Dnocs e Defesa Civil afirmam que barragem de Jucazinho não corre risco de romper; Veja vídeo


A Barragem de Jucazinho, localizada no município de Surubim, Agreste de Pernambuco, ultrapassou os 13º de sua capacidade. Isso significa mais de 26 milhões de metros cúbicos de água.

Na manhã da quarta-feira, 25 de março, representantes da Defesa Civil de Surubim e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) estiveram na barragem e desmentiram vídeos que circularam esta semana em redes sociais e até sites de notícias apontando possível risco de rompimento.

Veja o vídeo a seguir:


Pediatra em Santa Cruz do Capibaribe é Dr. Carlos Queiroz, na Clínica Med&Fisio


O médico pediatra Dr. Carlos Queiroz atende na Clínica Med&Fisio, localizada na Rua Júlia Aragão, Nº 306, Bairro Novo, em Santa Cruz do Capibaribe - PE. Os telefones para contatos são: (81) 3731-3263 e (81) 99122-8422.

Mais dois óbitos por Covid-19 são confirmados em Pernambuco

Um paciente era morador do Recife. O outro, um canadense passageiro do navio de cruzeiro Silver Shadow. Ambos faleceram na madrugada desta quinta-feira.


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, na manhã desta quinta-feira (26/03), mais duas mortes pelo novo coronavírus no Estado, subindo para três o número de óbitos provocados por Covid-19 – o primeiro ocorreu na última quarta (25.03). Tratam-se de dois pacientes, um morador do Recife e um estrangeiro, que estavam internados no Real Hospital Português (RHP). Ambos foram notificados no dia 12 de março.

Entre as mortes, está o canadense de 79 anos, que chegou ao Recife no dia 12 de março, no navio de cruzeiro Silver Shadow. Durante o desembarque, ele passou mal e o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) Metropolitano do Recife foi acionado. Ao chegar ao local, a equipe médica do Samu verificou que o paciente apresentava febre e sintomas respiratórios (tosse e dificuldade de respirar), se encaixando como um caso suspeito para Covid-19. O canadense, ex-tabagista e com problema cardíaco, foi encaminhado ao Real Hospital Português, onde foi entubado e levado à UTI.

O paciente foi mantido em ventilação mecânica e hemodiálise, fazendo também uso de medicamentos como o antiviral oseltamivir (tamiflu), indicado para tratar influenza em pessoas com quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Também foi utilizada a combinação entre azitromicina e hidroxicloroquina. Entretanto, ele faleceu na madrugada desta quinta.

O segundo paciente é um homem de 69 anos, morador do Recife, hipertenso e com histórico de viagem para Portugal e Itália, tendo retornado ao Estado em 10 de março. No dia 12, ele foi atendido em uma unidade de saúde privada, apresentando febre e alteração na ausculta pulmonar. Após receber a assistência e fazer a coleta de material para análise laboratorial, foi liberado para isolamento domiciliar.

No dia 19, o paciente de 69 anos buscou outra emergência, a do Real Hospital Português, com dispneia e insuficiência respiratória. Na ocasião, foi entubado e levado à UTI. No dia 21, iniciou diálise. Dois dias depois, apesar da gravidade, estava sem febre e sem a necessidade do uso de drogas vasoativas. Na última quarta (25.03), teve uma piora da função renal. Durante a internação, utilizou antibiótico e também a combinação entre azitromicina e hidroxicloroquina. Não tinha indicação para uso do oseltamivir. Também veio a óbito na madrugada desta quinta.

PRIMEIRO CASO – O primeiro óbito registrado no Estado foi o de um homem de 85, morador do Recife, que faleceu na manhã da última quarta (25.03). No dia 19 de março, ele havia sido atendido em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com um quadro de febre, tosse seca, dispneia (dificuldade de respirar) e dor toráxica. O paciente recebeu a devida assistência na UPA, foi entubado e, em seguida, transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC). Lá, foi iniciado tratamento medicamentoso, com antibiótico e o antiviral oseltamivir.

Apesar do idoso apresentar melhora no quadro respiratório e infeccioso, pelo seu histórico de comorbidades, teve uma piora na função renal, sendo necessário iniciar a hemodiálise na última terça-feira (24.03), um procedimento considerado de risco para pessoas acima dos 80 anos. Na manhã da última quarta, durante a sessão de diálise, o homem teve uma parada cardiorrespiratória. Apesar das tentativas de reanimação pela equipe médica, o senhor faleceu durante a manhã.

CONFIRMAÇÕES - Até a quarta-feira (25.03), Pernambuco confirmou 46 casos da Covid-19, distribuídos por seis municípios do Estado, além de ocorrência em pacientes de outro Estado e países. Um novo boletim será divulgado na tarde de hoje.

Estilo Moda Pernambuco 2020 é cancelado


A coordenação do Estilo Moda Pernambuco (EMP) e o Moda Center Santa Cruz, promotor do evento, anunciam que o EMP 2020, previsto para acontecer de 23 a 27 de julho, foi cancelado. A medida foi tomada diante do cenário atípico, que impede o andamento da produção e planejamento do evento.

Todos os confeccionistas, fornecedores, apoiadores e patrocinadores envolvidos na produção dessa 5ª edição estão sendo comunicados sobre a decisão. Pedimos a compreensão de todos e que continuemos unidos em prol das ações para prevenir a Covid-19 e frear a disseminação do novo coronavírus.

Centro Educacional Ludos ensina receita de massa de modelar para alunos fazerem em casa


A receita de massa de modelar é muito fácil e legal de fazer. Em uma vasilha grande misture a farinha e o sal em seguida adicione a água e o óleo. Misture até que todo o conteúdo forme uma massa homogênea. Se ficar muito mole você pode adicionar mais farinha, e se ainda estiver seca e quebradiça adicione mais água.

O último ingrediente é o corante, você pode usar um corante natural como o colorau. A quantidade de colorau que você colocar é que vai dar o tom mais avermelhado ou mais alaranjado da massinha. Você pode fazer uma massinha branca sem adicionar nenhum corante. Você também pode fazer massinhas roxas e vermelhas utilizando sucos em pó de uva e frutas vermelhas.

O bom é que todas essas receitas são comestíveis, então você não precisa se preocupar se seu filho colocar a massinha na boca ou até mesmo engolir uns pedacinhos. Se você usar suco em pó ou corantes alimentícios de outras cores certifique-se de que o seu filho não tem alergia a alguns destes corantes.

Depois de feita, a massa de modelar pode ser conservada na geladeira em um pote fechado durante muito tempo. Outra vantagem da massa de modelar caseira é que ela não adere à mão e tem um cheiro agradável. Caso seu filho já seja maiorzinho e já tenha passado da fase de colocar todos os objetos na boca, vocês podem explorar juntos a composição da massa de modelar adicionando novos ingredientes a receita que farão uma massinha toda especial. Você pode colocar glitter na mistura, essências para dar um novo cheirinho, e até mesmo cremes corporais que são cheirosos e darão uma nova textura para a mistura.

Pernambuco registra primeira morte de paciente com coronavírus e chega a 46 o número de casos confirmados

Homem de 85 anos morreu nesta quarta (25). Também houve, desde a terça (24), quatro novos casos da doença causada pelo novo vírus.

Hospital Universitário Oswaldo Cruz, localizado no bairro de Santo Amaro, na região central do Recife — Foto: Pedro Alves/G1.
Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (25), a primeira morte de paciente diagnosticado com o novo coronavírus (Sars-Cov-2). De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), a vítima é um idoso de 85 anos, que estava internado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no Centro do Recife. Ele tinha apresentado os primeiros sintomas da Covid-19 no dia 18 de março e foi internado no dia 20. Com esse caso, sobe para 48 o número de óbitos no país.

Também nesta quarta-feira, a SES registrou mais quatro confirmações para o novo vírus, contabilizando 46. De acordo com a pasta, o paciente que morreu tinha histórico de diabetes, hipertensão, além de cardiopatia isquêmica. Foi a primeira morte por coronavírus na região Nordeste.

Inicialmente, o homem foi atendido em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na quinta-feira (19), com febre, tosse seca, dispneia (dificuldade de respirar) e dor toráxica. Na unidade, ele foi entubado e, em seguida, transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Huoc.

No Huoc, o homem foi medicado com antibiótico e antiviral indicado para tratar influenza em pessoas com quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), como diz o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS).

O idoso, segundo o governo, apresentou melhora no quadro respiratório e infeccioso, mas, como tinha outras doenças, houve uma piora no funcionamento dos rins e precisou, na terça-feira (24), passar por hemodiálise. Esse procedimento, a partir dos 80 anos de idade, é considerado de risco.

Na manhã desta quarta, durante a sessão, o homem teve uma parada cardiorrespiratória e, apesar das tentativas de reanimação pela equipe médica, ele morreu.

Boletim

O total de 46 casos está distribuído em seis municípios de Pernambuco. Há, também, um paciente de outro estado e outros três de outros países, todos com passagem por Pernambuco. A morte ocorreu um dia depois de a SES anunciar que não houve novas confirmações, na terça-feira.

Do total de casos confirmados, dez estão internados em hospitais, sendo sete na rede privada e um na rede pública. Trinta pacientes cumprem isolamento domiciliar e cinco pacientes tiveram cura clínica comprovada.

Moda Center Santa Cruz concederá desconto na taxa de condomínio


A diretoria do Moda Center Santa Cruz divulga hoje (25) uma carta aberta aos condôminos e comerciantes do centro atacadista informando da decisão de conceder um abatimento no valor da taxa de condomínio. A medida será adotada a partir de abril (boletos com vencimento para 15/4) e valerá para os meses em que o parque permanecer fechado em decorrência do enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

“Nosso empreendimento tem muitas despesas fixas como folha de pagamento, impostos e encargos sociais, entre outras. A energia e a água são fornecidas, respectivamente, pela Celpe e Compesa, mas existe um valor fixo sob demanda que temos que pagar, usemos ou não. Vamos calcular o percentual de economia que teremos a cada mês nas despesas variáveis e descontar proporcionalmente entre boxes, lojas, dormitórios e hotéis a partir do próximo pagamento", explicou José Gomes Filho, síndico do Moda Center.

É com o valor da taxa de condomínio que a administração paga todas as despesas com infraestrutura e pessoal para manutenção das atividades e feiras realizadas no Moda Center. O desconto é baseado na redução dos gastos do condomínio ocasionada pela suspensão das feiras, a exemplo do consumo de energia elétrica, água, material de limpeza, parte da segurança, entre outros. 


"Pedimos a compreensão dos condôminos e comerciantes nesse momento tão difícil para todos nós. Essa foi a forma mais justa que encontramos, pois não há condições de isentar totalmente a taxa condominial devido às despesas citadas", complementou.

O boleto com o abatimento já está sendo providenciado para que esteja disponível no início de abril. Quaisquer dúvidas a respeito podem ser tiradas pelos telefones (81) 3759-1014 | 3759-1007 no horário comercial, de segunda a sexta-feira, ou pelos e-mails sac@modacentersantacruz.com.br e financeiro@modacentersantacruz.com.br.

Confira abaixo a carta aberta aos condôminos e comerciantes:

Santa Cruz registra fortes chuvas na tarde desta quarta-feira (25)

Foto: Reprodução/Whatsapp.
A tarde desta quarta-feira, 25 de março de 2020, foi chuvosa em Santa Cruz do Capibaribe. Vários trovões começaram a ser ouvidos antes das 14 horas e pouco tempo depois começou chover.

De acordo com dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), nas últimas 24 horas foram registrados 23,47mm.

Açude Machado chega a sua capacidade máxima e pode verter a qualquer momento


O Açude Machado, localizado no Sítio Bandeira, no município de Brejo da Madre de Deus, região Agreste do estado de Pernambuco, aumentou seu nível de água acumulada com as chuvas dos últimos dias na região.

Na manhã quarta-feira, 25 de março, a água estava com um nível praticamente igual ao nível do vertedouro da barragem, de forma que já considera-se que a barragem está com 100% de sua capacidade e falta apenas começar a verter. A expectativa é que a barragem transborde ainda hoje, já que as chuvas deverão continuar.

O Açude Machado é um dos principais mananciais do município do Brejo da Madre de Deus com capacidade total de acúmulo de água de 1.228.340 m³ (Um milhão, duzentos e vinte e oito mil, trezentos e quarenta metros cúbicos).

Exames não constatam novos casos da Covid-19 em Pernambuco nas últimas 24 horas

Fotos: Hélia Scheppa/SEI.
Secretaria Estadual de Saúde testou 108 casos suspeitos e nenhum foi positivo para o novo coronavírus. Especialistas destacam, porém, que resultado não pode abrandar as medidas de isolamento social

Os testes realizados pela Secretaria Estadual de Saúde em casos suspeitos da Covid-19 deram todos negativos nas últimas 24 horas. O Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco – Lacen/PE, analisou amostras biológicas de 108 pessoas internadas em estado grave, ou que tenham vindo a óbito com sintomas de Síndrome Respiratória Aguda (SRAG), mas nenhuma testou positivo para o coronavírus.

Vale destacar que diante de uma epidemia da proporção desta da Covid-19, o resultado de apenas um dia de análise não é estatisticamente relevante, uma vez que existe a previsão de que a crise se estenda por meses. Os cuidados com a higiene pessoal e o isolamento social devem permanecer como principais estratégias de cada pessoa para reduzir ao máximo a disseminação da doença.

O Governo Federal sinalizou, na tarde da segunda-feira (23.03), para uma ampliação do número de testes a serem disponibilizados aos Estados. Somente com a definição do volume que virá para Pernambuco será possível definir se haverá mudanças de critérios no perfil das pessoas a serem analisadas, ou se permanecerá a atual política do Ministério da Saúde, de testar apenas os casos mais graves.

Como o coronavírus é transmitido e por quanto tempo ele resiste por aí

Investigamos com especialistas como se transmite o coronavírus, qual o risco de uma pessoa passar para outras e que medidas ajudam a evitar a disseminação.

A cada tosse, o vírus se espalha pelo ar. (Foto: Omar Paixão/SAÚDE é Vital).
Gotículas de saliva, espirros, acessos de tosse, contato próximo e superfícies contaminadas… Dá para resumir assim as principais vias de transmissão do novo coronavírus, causador da Covid-19.

Um estudo americano recém-publicado no respeitado periódico médico The New England Journal of Medicine descobriu que o vírus sobrevive por algumas horas em suspensão no ar ou até dias em certas superfícies.

“O que mais chama atenção nesse trabalho é que se observou que o coronavírus resiste por até três horas na forma de aerossol, isto é, se eu estou infectado e espirro numa sala, ele consegue ficar espalhado pelo ar e infectar outra pessoa em quase três horas”, diz o virologista Paulo Eduardo Brandão, professor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (USP).

A investigação também desvendou que o vírus chega a ficar até três dias sobre estruturas ou objetos de plástico ou aço inoxidável. São achados que, segundo Brandão, reforçam a necessidade de duas medidas: isolamento social e higiene das mãos.

Os dados da pandemia estão sendo colhidos, processados e alterados a cada dia, mas tudo leva a crer, por ora, que uma pessoa infectada pelo SARS-Cov-2 (o nome científico do novo coronavírus) pode transmitir o agente infeccioso para outras duas ou três — algumas projeções falam em até seis. “É um número um pouco maior do que o do vírus da gripe“, compara Brandão.

Mas não dá para dizer que o causador da Covid-19 é a maior peste em matéria de transmissão. “No sarampo, uma pessoa chega a transmitir o vírus para outras 16″, aponta o professor da USP. Felizmente, para sarampo e gripe já contamos com vacinas.

Mas o novo coronavírus tem seus trunfos para nos preocupar. O infectologista Celso Granato, do Fleury Medicina em Saúde, lembra que um fenômeno favorável à sua disseminação é que a maioria dos infectados não tem sintomas ou apresenta apenas manifestações mais leves. “É como se fosse um iceberg. No pico ficam os casos graves e na base temos muita gente infectada mas sem apresentar sinais ou necessitar de tratamento”, ilustra.

Outro ponto gera apreensão: o vírus vem se mostrando habilidoso em invadir o corpo humano. “Ele tem grande afinidade por receptores que ficam nas células respiratórias humanas”, diz Brandão. Granato explica que vírus têm espécies de chaves para usar em fechaduras que estão na superfície das nossas células. Pois o coronavírus tem uma proteína (chamada spike) que se conecta num receptor celular conhecido pela sigla ACE-2. É assim que ele entra na casa.

Se a imunidade estiver comprometida, algo mais corriqueiro entre idosos e portadores de doenças crônicas, seu trabalho é evidentemente facilitado. E aí o vírus consegue infectar a célula, se reproduzir ali e dispersar suas cópias para dominar outras células.

“Uma diferença entre o vírus da Covid-19 e os coronavírus da Sars e da Mers é que, enquanto esses dois infectavam mais os pulmões, esse consegue se espalhar melhor no trato respiratório superior [nariz, garganta…]“, conta Granato, que também é professor da Universidade Federal de São Paulo. Esse seria mais um fator que ajuda a entender por que ele tem maior potencial de transmissão.

Já existem evidências de que o novo coronavírus ainda pode ser propagado pelas fezes. “Sabemos, porém, que ele já é bem-sucedido na forma mais fácil de transmissão, a via respiratória”, avalia Granato.
O tempo mais quente reduz o contágio por coronavírus?

Eis uma pergunta que ainda não tem resposta categórica. Os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) demonstram que a pandemia cursa tanto em países com clima mais frio (caso da Itália e da China) como em locais mais quentes, a exemplo de regiões brasileiras e australianas.

O que se sabe, pela experiência de epidemias de infecções respiratórias anteriores, caso da própria gripe, é que, na temporada de temperatura baixa, o vírus se aproveita de duas situações: queda na imunidade e aglomeração de pessoas.

Análises iniciais da pandemia de Covid-19, feitas por cientistas americanos, europeus e chineses, sugerem que locais de clima frio e seco sofrem mais com a transmissão do que territórios quentes e úmidos.

“O vírus não gosta nem de frio nem de calor. Ele gosta de hospedeiros”, afirma Brandão. Ou seja, não há nada mais propício a ele do que muita gente por perto. Por isso, no cenário atual, as medidas intensivas de higiene e restrição de circulação e contato social são os pilares mais efetivos para estancar o avanço da doença. “A hora de agir é agora”, reforça Granato.

Fonte: Saúde.abril.com.br